Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

domingo, 31 de outubro de 2010

Você sabe quem foi Sophie Schooll? Pense bem e saia de cima do muro, seja como Sophie, porque no futuro você terá um encontro com Deus.

Amados, resolvi postar esta mensagem porque tocou fundo em mim, principalmente o parágrafo que colei a seguir. Sim, nada que façamos vai alterar o que está por vir, o mal virá e não mais tardará. Eu hoje durmo tranquila, porque não fiquei do lado do "mal", se bem que estávamos numa cilada, era - se correr o bicho pega e se ficar o bicho come - porque nossos governantes estão contra a Palavra de Deus, e estão cumprindo o plano dos Illuminatis, o mundo não tem mais saída. Nossa única saída é DEUS, é recorrer a Ele, porque aqui tudo ficará cada dia pior. Como disse o Roberto na frase abaixo: "... um dia, no futuro, você terá um encontro com a História."

Esse encontro, meus queridos, será com DEUS, Dele ninguém fugirá, e vocês não fazem idéia do quanto este encontro está perto; primeiro porque qualquer um de nós pode deixar este mundo a qualquer momento através da morte, e segundo porque JESUS ESTÁ VOLTANDO, e tudo aqui vai se findar. Vale a pena ler a mensagem abaixo, já circulou muito pela internet, mas o Roberto postou de uma forma muito especial. Para mim, mais uma homenagem ao povo Judeu, o povo formado por Deus.

"Sua postura nas eleições que se aproxima pode não alterar a ordem das coisas. Independentemente do seu voto, as coisas acontecerão de uma forma ou de outra. Entretanto um dia, no futuro, você terá um encontro com a História. Nesse momento, poderá olhar para trás e, mesmo que derrotado, saber que agiu como uma Sophie Schooll. Ou, envergonhado, baixar a cabeça e lamentar: "Eu poderia ter feito alguma coisa!"

Nada posso fazer, o mal virá, mas o que posso é alertar, não se unam ao MAL, não se voltem contra a Palavra de Deus, assistam o último vídeo desta postagem e vejam o que estão propondo, não se calem, o que Deus espera de nós é que divulguemos Sua Palavra, prostituição, promiscuidade, aborto, etc..., isto tudo é contra as Escrituras Sagradas, e Deus cobrará de cada um sua posição, suas obras. Que Deus tenha misericórdia e interfira em breve neste mundo, porque quando Jesus voltar não achará fé na terra. Os próprios cristãos estão se prestando ao mal se unindo aos ímpios.



Assunto: Você sabe quem foi Sophie Schooll?


Na sua curta vida, Sophie Schooll nos legou um exemplo inesquecível! Se você nunca ouviu falar desta jovem que, aos 21 anos enfrentou Hitler, as SS e a Gestapo, leia o último artigo do blog NOTÍCIAS DE SIÃO. A História de Sophie Schooll deveria servir de inspiração para os dias sombrios que estamos vivendo.
Fraterno abraço, Roberto Kedoshim

Publicado por: noticiasdesiao | 25 25Asia/Jerusalem outubro 25Asia/Jerusalem 2010

SOPHIE SCHOOLL


Sophie Schooll e Traudl Junge. Uma falou, a outra se calou. E você?
VOCÊ PODE FAZER ALGUMA COISA
Quem vai ganhar o segundo turno das eleições brasileiras? Não importa. Do ponto de vista dos "resultados tangíveis", ou seja, do número de votos que cada candidato ou candidata receberá, alguns eleitores se sentirão vitoriosos e outros experimentarão a sensação de derrota. Entretanto, o que conta aqui não é a vitória ou a derrota de um partido, mas sim a postura dos eleitores, sejam eles vencidos ou vencedores. A pergunta que deveria ser feita por cada um é: Agi da forma correta? Esta é a questão.
UMA HISTÓRIA EXEMPLAR PARA NOS INSPIRAR
Quem assistiu ao impactante filme A Queda, de Oliver Hirschbiegel, jamais esquecerá o depoimento de Traudl Junge, ex-secretária de Adolf Hitler. Numa participação especial no filme, a verdadeira secretária, agora uma octogenária senhora, abaixa os olhos envergonhada e lamenta: "Eu poderia ter feito alguma coisa".
Durante décadas, Traudl Junge escondeu-se debaixo da desculpa "Eu não podia fazer nada". Como secretária particular de Hitler, Junge testemunhou seu chefe comandar as maiores atrocidades da história da humanidade. E ela não fez nada. Nem pró, nem contra. Alguns dos documentos responsáveis pela autorização da morte de milhões de judeus foram datilografados por ela. Mas, como mera secretária, era esse seu papel: datilografar. Ela não era soldado, conselheira, nem tão pouco confidente de Hitler. Limitou-se a datilografar. Uma mera expectadora. E isso lhe serviu de desculpa ao longo da vida.
Um dia, entretanto, Traudl Junge passava pelo corredor de uma Universidade quando se deparou com um busto em homenagem à Sophie Schooll. Neste momento, todas as suas desculpas caíram por terra. E foi justamente relembrando este episódio que ela fez o famoso depoimento registrado no filme A queda: "Eu poderia ter feito alguma coisa".

Homenagem a Sophie Schooll na Universidade de Munique
QUEM FOI SOPHIE SCHOOLL?
Sophie Magdalena Scholl nasceu na cidade alemã de Forchtenberg no dia 9 de maio de 1921. Como cristã, fez parte do grupo estudantil Rosa Branca, um movimento de resistência antinazista. Ou seja, Sophie Schooll vivia na Alemanha de Hitler e fez parte de um movimento contra Hitler! Dá para imaginar a grandeza desta alemãzinha que tinha na época apenas 21 anos!?
Não é preciso entrar em detalhes sobre o clima político e social que cercava o mundo de Sophie, pois todos conhecem os horrores em que estava mergulhada a Alemanha sob domínio Nazista. As tropas das SS e da Gestapo policiavam os mínimos detalhes da vida dos cidadãos alemães e ao medo de se posicionar juntava-se a alienação dos que não estavam informados do que acontecia nos bastidores da política alemã. Ou seja, alienação de uns e receio de outros.
Foi neste contexto que, no verão de 1942, Sophie Schooll ajudou a produzir e passou a distribuir panfletos alertando os universitários sobre os perigos da política nazista.
Além de mostrar os desmandos do Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, o Partido dos Trabalhadores alemão, os folhetos distribuídos por Sophie Schooll traziam textos do Brit Hadashá (Novo Testamento), principalmente trechos do Apocalipse de João. Os folhetos eram distribuídos de mão em mão ou colocados nas caixas de correio das casas de grandes cidades da Baviera, o berço do movimento nazista.

Carteira de Adolf Hitler. Como líder do Partido dos Trabalhadores, Hitler foi um verdadeiro Petista. Alemão é claro.
No dia 18 de fevereiro de 1943, Sophie foi flagrada na Universidade de Munique distribuindo o 6º panfleto produzido por seu grupo. Foi denunciada pelo Reitor que passou a monitorar seus passos. Quatro dias depois, em 22 de fevereiro de 1943, foi presa no pátio da Universidade, depois que o Reitor chamou a Gestapo enquanto ela distribuía mais folhetos entre os alunos. Juntamente com Sophie foram presos seu irmão, Hans Scholl e outro universitário chamado Christoph Probst. Levados para a sede da Gestapo passaram por um julgamento que durou apenas 4 horas. Foram decapitados no mesmo dia.

Os irmãos Hans e Sophie Schooll conversando com Christoph Probst numa foto histórica tirada poucos dias antes da detenção e execução dos três.
Nos meses que se seguiram, entre fevereiro e outubro de 1943, mais de 50 integrantes do movimento Rosa Branca foram executados por ordem de Hitler.
Passados quase 70 anos do episódio, Sophie School e seus amigos são hoje heróis nacionais na Alemanha. Além do busto e de diversas homenagens que recebe a cada ano por todo o país, há na Universidade de Munique uma singela homenagem aos estudantes mortos: No pátio da Universidade, incrustado no chão, está uma porção de folhetos, esparramados no mesmo lugar onde caíram das mãos de Sophie quando esta foi presa pela Gestapo.

No pátio da Universidade de Munique, réplica dos panfletos escritos por Sophie Schooll relembram o local e o momento em que ela foi presa.
O LEGADO DE SOPHIE
A história de Sophie Schooll – e mais ainda, o lamento de Traudl Junge – deveriam servir de exemplo para os brasileiros sensatos nos dias de hoje. Diante do rolo compressor empreendido pelas forças de um embrionário Estado Totalitário, os brasileiros não deveriam se intimidar! O quem vencerá não importa no momento. O importante é o de que lado eu estou!
Para efeito de "resultados", Sophie Schooll "perdeu" quando foi calada, presa e decapitada. E Hitler foi comunicado da "derrota" imposta à Sophie. Quem sabe se quem comunicou esta "vitória" nazista à Hitler não tenha sido a própria Traudl Junge.
O tempo passou, a derrotada Sophie Schooll é hoje reverenciada em livros e filmes e o vitorioso Adolf Hitler não é nome de nenhuma praça, rua, beco ou viela em toda Alemanha.

Na foto maior, cena do filme Sophie Schooll - Os últimos dias. No canto superior esquerdo, cartaz do filme. No canto inferior, capa do livro A Curta Vida de Sophie Schooll. Uma jovem inesquecível!
Sua postura nas eleições que se aproxima pode não alterar a ordem das coisas. Independentemente do seu voto, as coisas acontecerão de uma forma ou de outra. Entretanto um dia, no futuro, você terá um encontro com a História. Nesse momento, poderá olhar para trás e, mesmo que derrotado, saber que agiu como uma Sophie Schooll. Ou, envergonhado, baixar a cabeça e lamentar: "Eu poderia ter feito alguma coisa!"
TRAILER DO FILME SOPHIE SCHOOLL: THE LAST DAYS
http://www.youtube.com/watch?v=E6HI9CgCavA&feature=player_embedded





O QUE VOCÊ ACHA QUE SOPHIE SCHOOL FARIA SE ASSISTISSE AO DEPOIMENTO ABAIXO

http://www.youtube.com/watch?v=TvxzdfYx-Zk&feature=player_embedded






Segue o link correto para baixar o filme completo "Uma Mulher Contra Hitler 2005 (Sophie Scholl)" Legendado http://www.imovierj.com/2010/11/uma-mulher-contra-hitler-2005-sophie_11.html

No mesmo blog www.imovierj.com encontrei alguns documentários muito interessantes:

Zeitgeist Refutado: O Espírito do Tempo - Legendado
Ocupação 101 – A Voz da Maioria Silenciada 2006 - Legendado
Por Dentro da Maçonaria – Legendado
Anjos e Demônios: Segredos Revelados (Angels & Demons Revealed) - Legendado
Os Illuminati: A Nova Ordem Mundial (The Illuminati) – Legendado
Armas, Germes e Aço (Guns, Germs and Steel – 2005) Legendado
Os Illuminati 2 – [A Conspiração Anticristo] The Illuminati 2-The Antichrist Conspiracy Legendado
Decifrando o Passado – The History Channel - Profecias Nazistas - Dublado

domingo, 24 de outubro de 2010

E se o tempo voltasse... 28 dC. O Consolador nos faz sentir saudades de Jesus e nos faz querer estar junto Dele o mais rápido possível!!!

Se o tempo voltasse... 28dC

Imagine você vivendo no ano 28 d.C., morando nas proximidades de uma cidade chamada Jerusalém, e conhecesse alguém capaz de fazer uma tempestade parar em segundos, alguém capaz de amar seus inimigos, alguém lindo, meigo, amigo, fiel companheiro mesmo nas horas difíceis, alguém que, em um casamento em uma cidade vizinha, ficou conhecido por ter transformado água em vinho!

Alguém que conhecia a lei como ninguém, e tinha em seus lábios a Palavra de seu Pai. E, embora fizesse o bem, era muitíssimo perseguido só porque se dizia Filho de Deus.

Alguém que, embora tenha demorado a ir quando foi chamado para curar seu melhor amigo, chorou por vê-lo morto, já em estado de decomposição. Mas não se desesperou; apenas chamou para fora o que jazia morto, trazendo-o de novo à vida .

Passaram-se cinco anos que você conhecera esse alguém. Foram momentos maravilhosos que você passou junto a Ele. Muitos milagres foram presenciados por você, muitas famílias abençoadas por esse alguém. Quantos aleijados você viu largando as muletas, quantos cegos viu pulando e dando glória a Deus por agora enxergar? São tantos milagres vistos "por você que não caberiam em um livro. De repente você é transformado, envolvido por esse alguém e tanto é o amor Dele por você que você não consegue mais viver sem Ele. Você já faz parte de Sua família. De tão juntos que ficavam, já o chamam de discípulo. E, de repente, você fica sabendo que Ele foi traído por um dos que faziam parte com você dos que o seguiam. Você teve a pior notícia de toda sua vida: Irão julgar o Seu Mestre. O que fazer para mudar essa situação?

Você está com a multidão que grita o nome de um certo ladrão chamado de Barrabás. Quase ninguém escuta você, pois todos tentam condenar seu amigo gritando: "Crucifica-o, crucifica-o, crucifica-o." Como você desejava estar no lugar Daquele que tinha nas mãos o poder de condená-lo ou absolvê-lo, mas nada pode ser feito, pois esse alguém tem de ser morto para que todos tenham vida; Seu sangue tem de jorrar para que muitos sejam salvos através desse sacrifício.

Momentos difíceis você passaria, com certeza choraria muito por vê-Lo naquela situação, mas sua tristeza logo se transformaria em alegria, em vê-Lo ressuscitado. Nasceria em você um desejo de proclamá-lo diante de todos, de dizer o que viu e dar continuidade à obra deixada por Ele. Esse é o papel da Igreja aqui na terra: proclamar Alguém ressurreto, alguém que está em nosso meio. Esse alguém chamado Jesus Cristo é o Filho de Deus, que viveu e sofreu, foi morto, mas ressuscitou. E, ao partir para os céus, conforme nos prometeu enviou o Consolador que hoje habita em nós, fazendo-nos sentir tantas saudades Dele, que, mesmo não O tendo nós conhecido pessoalmente, sentimos, a cada instante saudades e vontade de estar junto a Ele.

Amado, se você sentiu tocado por essa história e se você se identificou com esta ilustração a ponto de sentir a presença deste alguém chamado Jesus, mesmo você não O tendo conhecido fisicamente, tenha certeza de que, em breve, O verá, face a face, e viverá para toda eternidade juntamente com Ele.

Você já parou para refletir o que faremos na eternidade?

Quando aceitamos Jesus, saímos deste mundo temporal para fazer parte de um mundo espiritual. Passamos a viver na eternidade com Jesus. Isso significa que daqui a cinquenta anos estaremos com Jesus; daqui a setenta e cinco anos estaremos com Jesus, daqui a oitenta e cinco anos, se ainda estivermos vivos - possibilidade muito remota -, estaremos com Ele. Mas também daqui a duzentos anos estaremos com Jesus, daqui a dois mil anos estaremos com Jesus, daqui a um bilhão de anos estaremos com Jesus, daqui a dez bilhões de anos estaremos com o Senhor e parecerá, apenas, alguns segundos, pois na eternidade não se contará o tempo. Porém, para nossa mente finita, é difícil de entender o que faremos com todo esse tempo aparente, além de louvar ao Senhor, que é digno de toda a honra. Seremos como os anjos; assim nos ensinou o Senhor Jesus. Mas como, na realidade, será? É... teremos de esperar um pouco. E então conheceremos como também somos conhecidos (1 Co 13.12).

É... teremos todo esse tempo para expressar quanto O amamos e quanto O queremos bem, agradecendo a Ele por ter morrido por nós, pois se não tivesse acontecido a Sua morte... hoje estaríamos perdidos.

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele" (João 14:21).
Amém!

Por Josiel Dias

sábado, 16 de outubro de 2010

Israel - A Resposta de Deus aos Céticos.


Israel - A Resposta de Deus aos Céticos
Mark Robinson
O plano de Deus para este mundo gira ao redor de um povo: o povo judeu.

A nação de Israel e o povo judeu são um enigma para este mundo. Sua existência desafia a lógica humana; sua preservação contradiz todas as tendências históricas. Sua singularidade como povo estarreceu até mesmo o escritor americano Mark Twain, que escreveu para a "Harper's Magazine" em 1897:
Se as estatísticas estiverem corretas, os judeus constituem menos de um quarto de 1% da raça humana. Isto sugere um minúsculo e obscuro pontinho perdido em meio à Via Láctea. Na verdade, nem se deveria ouvir falar acerca dos judeus; mas eles são citados, sempre falou-se deles. O povo judeu tem tanto destaque no planeta quanto qualquer outro povo, e sua importância é exageradamente desproporcional à pequenez de seu tamanho.
Suas contribuições à lista mundial de grandes nomes na literatura, ciência, arte, música, finanças, medicina e erudição profunda são igualmente desproporcionais ao seu número reduzido... Os egípcios, os babilônios e os persas surgiram, encheram o planeta de barulho e esplendor, e então murcharam e desapareceram. Os gregos e os romanos vieram logo após, provocaram um alarido imenso, e se foram... Os judeus presenciaram a passagem de cada um desses povos, sobreviveram a todos eles e são hoje o que sempre foram... Todas as coisas são mortais, menos os judeus. Todas as outras forças passam, mas os judeus permanecem. Qual o segredo de sua imortalidade?
A resposta à pergunta de Mark Twain encontra-se em Isaías 41.
O povo escolhido
"Mas tu, ó Israel, servo meu, tu, Jacó, a quem elegi, descendente de Abraão, meu amigo, tu, a quem tomei das extremidades da terra, e chamei dos seus cantos mais remotos, e a quem disse: Tu és o meu servo, eu te escolhi e não te rejeitei" (Is 41.8-9).
O plano de Deus para este mundo gira ao redor de um povo. Deus não escolheu o povo judeu por causa de seu número, do seu poder, da sua grandeza, ou de qualquer outra coisa dessa natureza. Simplesmente, Deus é soberano e escolheu Israel para ser o veículo de Seu plano para o mundo.
O propósito desse plano tem, pelo menos, três aspectos. Primeiro, Deus desejava alguém que levasse a Sua palavra ao mundo. De acordo com Deuteronômio 4.1-2 e Romanos 3.1-2, Deus usou o povo judeu para produzir a Bíblia. O Antigo e o Novo Testamentos foram, ambos, escritos por pessoas do povo judeu. Em segundo lugar, Deus queria que a nação de Israel servisse ao mundo como testemunha do único Deus verdadeiro. Em Isaías 43.21 lemos a afirmação: "...povo que formei para mim, para celebrar o meu louvor". Finalmente, em terceiro lugar, Deus planejou usar a nação de Israel como veículo para trazer o Messias ao mundo. A passagem de Miquéias 5.2 claramente afirma que o Rei de Israel, o Messias, viria de entre os judeus e nasceria em Belém. Dessa maneira, a redenção para o mundo emanaria do ventre de uma mãe judia.
O início da história singular de Israel se deu com Abraão, de maneira que Deus pudesse executar Seu plano para este mundo. Se não levarmos em consideração a ação de Deus, não encontraremos qualquer explicação razoável para Israel e o povo judeu.
A preservação do povo de Israel
A preservação do povo judeu é, no mínimo, assombrosa. Nações e povos muito mais numerosos, mais ricos e que ocupavam territórios bem maiores, surgiram e desapareceram. Os povos que formaram os grandes impérios da história, tais como os babilônios, os persas, os gregos e os romanos, todos saíram do palco da história mundial, mas a nação judaica continua seguindo seu caminho. A explicação para esse fenômeno se encontra, parcialmente, em Isaías 41.10,13-14: "não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel... Porque eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: Não temas, que eu te ajudo. Não temas, ó vermezinho de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu Redentor é o Santo de Israel".
O onipotente Deus do Universo protege e guarda Seu povo escolhido da destruição. A Bíblia está tão certa da presença contínua do povo judeu sobre a terra, que chega a afirmar em Jeremias 31.35-37: se alguém quisesse destruí-lo, antes teria de acabar com o Universo inteiro. O plano e o propósito de Deus para com a humanidade estão centrados nesse povo. Dessa forma, os judeus existirão para sempre porque se encontram no centro da vontade de Deus para com este mundo.
O conflito do povo de Israel
A paz nunca chegou à nação cuja capital recebe o nome de "cidade da paz" – Jerusalém.

A história do povo judeu tem sido um constante conflito. Uma nação após a outra tem tentado apagá-lo das páginas da história mundial. Desde os Faraós até os "pogroms" (movimentos populares de violência contra os judeus), desde Hamã até Hitler, de Antíoco Epifânio até o vindouro Anticristo, todos procuraram (procuram ou ainda procurarão) aniquilar os judeus. Na verdade, a maior parte da história de Israel tem se constituído de conflitos com os países vizinhos. A paz nunca chegou à nação cuja capital recebe o nome de "cidade da paz" – Jerusalém. Não obstante, o fim prometido a todos os que se levantam contra essa nação – os que a odeiam, que a perseguem, os que lhe fazem guerra – será a destruição. Com tais nações acontecerá o que elas pretendiam fazer a Israel. Deus manterá a promessa que fez por ocasião da aliança com Abraão: "... amaldiçoarei os que te [ao judeu] amaldiçoarem" (Gn 12.3).
O conflito e a preservação do povo judeu foram expressos muito bem pelo escritor russo Leon Tolstoi em um ensaio intitulado "O que é um judeu?":
Esta pergunta não é tão estranha quanto parece. Reparemos que tipo peculiar de criatura é um judeu, que tem sido abusado e molestado, oprimido e perseguido, maltratado e massacrado, queimado e enforcado por governadores e nações – em conjunto ou separadamente – e, apesar de tudo isso, ainda vive. ...Ele, a quem nem a matança, nem a tortura ao longo de anos puderam destruir; a quem nem o fogo, nem a inquisição foram capazes de varrer da face da terra; ...tal nação não pode ser destruída. O judeu dura para sempre, como a própria eternidade.
A consumação do povo de Israel
O final desta época, como bem sabemos, terá seu clímax quando todas as nações do mundo vierem contra Israel na batalha do Armagedom (Jl 1.15; 3.9-17; Sf 3.8-9; Zc 12-14).
Naquele dia, Deus se valerá da nação de Israel para ajudá-lO a destruir as nações do mundo. Em Zacarias 12.8 lemos que o Senhor defenderá Israel, e que o mais fraco entre o povo judeu "será como Davi, e a casa de Davi será como Deus". Todas as nações do mundo serão derrotadas (Zc 14.3,9) e todos que odeiam os judeus serão julgados (Mt 25.41-46).
Após essa grande batalha e a libertação efetuada pelo Messias, o tão esperado reino messiânico será instaurado. As grandes promessas de Isaías – de que "o lobo habitará com o cordeiro" (Is 11.6) e que "nunca mais se ouvirá nela [em Jerusalém] nem voz de choro nem de clamor" (Is 65.19) – finalmente serão realizadas. Por fim, a verdadeira paz virá para Israel e para o mundo.
O propósito do povo de Israel
"Para que todos vejam e saibam, considerem e juntamente entendam que a mão do Senhor fez isso, e o Santo de Israel o criou" (Is 41.20).
De acordo com esse versículo, o povo judeu existe por pelo menos quatro razões:
Para que todos vejam o povo judeu e sua história e percebam que é um povo singular neste mundo. Quando Frederico, o Grande, imperador da Prússia, desafiou um crente de sua corte a lhe dar uma prova de que a Bíblia e o seu Deus eram verdadeiros, esse crente retrucou sabiamente: "Os judeus!"
Para que todos saibam que a existência do povo judeu só pode ser explicada sobrenaturalmente. Sua existência contínua não se explica por meio de sorte, coincidência, ou qualquer outra casualidade da natureza.
Para que todos considerem que foi o Deus da Bíblia que realizou essa obra miraculosa e procurem um relacionamento com o soberano Senhor do Universo. Se o Deus de Israel é suficientemente poderoso para realizar tudo isso e julgar, não somente indivíduos, mas também nações que se opõem à Sua vontade, então Ele merece nossa atenção e adoração. O que acontecerá a você, diante desse Deus santo?
Para que todos juntamente entendam que o Deus de Israel é o verdadeiro Deus deste Universo. Ele é Aquele a quem precisamos ouvir e obedecer.
A história de Israel é relevante para todos os povos do mundo, tanto judeus como gentios, e os prepara a fim de que respondam pela fé ao Santo de Israel. Em Isaías 41.21-23, Deus lança um desafio ao mundo: "Apresentai a vossa demanda, diz o Senhor; alegai as vossas razões, diz o Rei de Jacó. Trazei e anunciai-nos as coisas que hão de acontecer; relatai-nos as profecias anteriores, para que atentemos para elas e saibamos se se cumpriram; ou fazei-nos ouvir as coisas futuras. Anunciai-nos as coisas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses; fazei bem ou fazei mal, para que nos assombremos, e juntamente o veremos".
A história do povo judeu confirma que o Deus da Bíblia é o único que atendeu a esse desafio com perfeição. Nenhuma outra entidade adorada pelo homem, incluindo Alá, Buda, ou quem quer que seja, foi capaz de realizar essas coisas. O Deus de Israel e da Bíblia é, inquestionavelmente, o único Deus verdadeiro do Universo.
A Bíblia é a Palavra desse único e verdadeiro Deus. Ele, e unicamente Ele, deve ser buscado e obedecido. Foi Ele que prometeu trazer um Redentor; Ele é que nos ensinou em Sua palavra como reconhecer esse Redentor; e é Ele que tem o poder de agir como prometeu. Exatamente como afirmou, Ele enviou o Messias de Israel, Jesus de Nazaré, que cumpriu centenas de profecias escritas sobre a Sua pessoa. Jesus resumiu o ensino do Antigo Testamento e o Seu desafio para as pessoas em todos os lugares: "Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim" (Jo 5.39). (Mark Robinson - Israel My Glory - http://www.beth-shalom.com.br)
Mark Robinson é diretor-regional de "The Friends of Israel".
Publicado anteriormente na revista Notícias de Israel, julho de 2002.

Dia dos mortos? Estou fora!

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Púlpito Cristão


Infelizmente em nosso país, milhões de brasileiros, das classes sociais mais distintas, de todos os estados da federação, cultivam o danoso hábito de visitarem os cemitérios na expectativa de rezar ou interceder pelos seus entes falecidos.

A prática de orar pelos defuntos iniciou-se por volta do 5º século (d.c), quando a igreja passou a dedicar um dia especifico do ano para rezar pelos seus mortos. No entanto, o culto de finados somente seria instituído na França, no século X, através de um abade beneditino de nome Cluny. Um século depois, os papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigaram aos fiéis a dedicarem um dia inteiro aos mortos. Já no século XIII o dia de rezar pelos finados finalmente começou a ser celebrado em 2 de novembro. Essa data foi definida por ser um dia depois da comemoração da Festa de Todos os Santos, onde se celebrava a morte de todos que faleceram em estado de graça e que por algum motivo não foram canonizados.

Caro leitor, a Bíblia é absolutamente clara ao afirmar que após a morte só nos resta o juízo. Ensina também, que o fato de toda e qualquer decisão por Cristo só pode ser tomada em vida, o que, por conseguinte, nos leva a entender de que não existe fundamento teológico para interceder a favor dos mortos.

Para os católicos romanos a referência bíblica que fundamenta esta prática encontra-se em 2 Macabeus 12.44. Entretanto, nós protestantes, não reconhecemos a canonicidade deste livro e nem tampouco a legitimidade desta doutrina, uma vez que o Protestantismo não se submete às tradições católicas e sim as doutrinas das Sagradas Escrituras.

Segundo a interpretação protestante, a Bíblia nos diz que a salvação de uma pessoa depende única e exclusivamente da sua fé na graça salvadora que há em Cristo Jesus e que esta fé seja declarada durante sua vida na terra (Hebreus 7.24-27; Atos 4.12; 1 João 1.7-10) e que, após sua morte, a pessoa passa diretamente pelo juízo (Hebreus 9.27) e que vivos e mortos não podem comunicar-se de maneira alguma (Lucas 16.10-31).

Ora, do ponto de vista bíblico é inaceitável acreditar que os mortos estejam no purgatório ou no limbo aguardando uma segunda oportunidade para a salvação. Em hipótese alguma nós como cristãos devemos celebrar ou participar de culto aos mortos, antes pelo contrário, fomos e somos chamados a anunciar aos vivos a vida que somente podemos experimentar em Cristo Jesus.

Soli Deo gloria

***
Renato Vargens é escritor, conferencista e blogueiro no Púlpito Cristão

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Congregar não é ajuntamento, mas, é estar em Cristo!

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: James, o crente

Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, amados em Cristo.

Apresentamos atualização em nosso humilde espaço - Jesus, o maior Amor –, para tanto, gostaríamos de receber a honra de vossas ricas visitas, examinem, suas participações são muito bem vindas, suas críticas, sugestões e colaborações, para que, a cada dia mais, possamos falar e testemunhar do Amor Fraternal de Deus, por nós, imagem e semelhança do Criador.

Deus seja louvado, somente a Ele, toda honra, toda glória, e todo louvor, para hoje e sempre. Amém!

Congregar não é ajuntamento, mas, é estar em Cristo!

.
A humanidade, desde os primórdios, sempre, através de homens que se intitulam "líderes", formou-se como massa de manobra, seguindo ambiciosos, quer políticos, quer religiosos;

E, infelizmente, muitos são os grupos, que independente de causas, e sem fundamento nas motivações, vivem em torno deste ou daquele...

A história bíblica, nos mostra que, houve homens que ambicionavam coisas além daquilo que propriamente seriam merecedores, um destes casos, é Corá [Números 16], que mesmo o Deus de Israel o tenha separado da congregação de Israel, para o fazer chegar a Si, e administrar o ministério do tabernáculo do SENHOR e estar perante a congregação para ministrar-lhe, mesmo assim, ainda procurava o sacerdócio...

... e, não bastando Corá assim pensar, levantou com duzentos e cinquenta homens e congregaram contra Moisés e Arão (mas, o fim destes, é trágico, pois, Deus não se deixa escarnecer).

Esta é a índole da humanidade, seguir este ou aquele homem, por razões muitas das vezes, nada ortodoxas, porém, como seguidores cegos, tendo suas mentes cauterizadas por qualquer tipo de ensinamento, em especial, os religiosos, bastam palavras jogadas ao vento mostrando alguma intelectualidade mesclada com versos bíblicos, pronto, e o orador já se tornou o pregador das multidões...

Alguns têm deturpado a Palavra de Deus, e apoderando-se sobre o rebanho do Senhor, com palavras de ordem, chamando a si e dizendo ter recebido de Deus uma "autoridade eclesiástica", introduzem no meio do povo, a obrigatoriedade de que a reunião entre os irmãos em comunhão, ou o congregar em comunhão, sempre será feita dentro de uma instituição religiosa com nome de igreja, porém, a Palavra de Deus pelo ensinamento de Cristo, nunca foi neste sentido, portanto, quem assim afirma, não diz a verdade...

Pois que, a verdade acerca da Palavra de Deus, quanto ao "congregar", está relacionada ao convívio de irmãos em torno do Senhor Jesus;

Estaremos congregando, tão somente se, estivermos reunidos em Cristo, independente de outorga de quem quer que seja, com ou sem um pregador famoso, com ou sem um pastor, em qualquer lugar, na rua, na praça, no templo, no lar;

E, por certo, e em verdade, somente estaremos congregando, estando Jesus Cristo presente, pois, estas são Suas palavras: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles" [Mateus 18.20].

Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.

Fraternalmente,

irmão James.

Jesus, o maior Amor
Comunidade "Adoradores em Casas"
Blog "Adoradores em Casas"
Comunidade Orkut "Adoradores em Casas"

Eu só acredito vendo.

Eu só acredito vendo.

"Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia".
(I Coríntios 3:19)

Conta-se que um ateu questionador discutia com um certo "pastor paraquedista" que Deus, inferno e céu é história para boi dormir e que nunca ninguém viu Deus nem o céu, muito menos verá o inferno, pois estas coisas são utopia.

O pastor para diante daquele homem e faz a seguinte pergunta: Você pularia de um avião há 3 mil pés de altura, sem paraquedas?

O homem para, como já prevendo a réplica do pastor e diz: Claro que não pastor!, pois eu morreria espatifado no chão.

O pastor então, faz sua réplica: E se alguém falasse para você que a gravidade não existe, você pularia mesmo assim, levando em conta que ninguém nunca viu nem gravidade, nem vento não é mesmo? Você pularia acreditando neles?

O homem então pensou e falou: Não pastor, não pularia, pois eles continuariam afirmando que não existe a gravidade, e quem morreria seria eu que pulei.

O Pastor então conclui: Você arriscaria a vida eterna só porque alguns especulam que Deus não existe, só porque ninguém viu e questionam Sua existência? Meu querido amigo - continuou o pastor - sou pastor mais também pela profissão sou paraquedista, todas as vezes que me preparo para saltar do avião eu certifico-me que carrego nas costas o meu paraquedas e no meu peito o reserva, mesmo sabendo que nunca verei a gravidade nem o vento, eu os sinto quando salto.

Creio que o amigo não deva arriscar sua eternidade, só porque alguns garantem que não existem céu, Deus e inferno.

O questionador parou e refletiu no perigo que ele estava correndo e agradeceu ao pastor por mostra-lhe a verdade. Aquele homem falou para o pastor: Deixa eu por o meu paraquedas e certificar-me que tudo esta certinho. Então saltarei.

Muitas pessoas ironizam a questão da vida eterna, céu e inferno, só porque nunca viram tais lugares com os seus olhos carnais. Não é uma boa escolha arriscar suas vidas saltando para o abismo às escuras e ainda sem paraquedas. Jesus é vida eterna, Jesus é o paraquedas do homem, sem Ele morremos eternamente.

Há coisas invisíveis que nunca veremos, com os nossos olhos carnais, mas sempre existem pessoas como esse pastor para abrir os olhos espirituais e dizer: Não esqueça seu paraquedas, não salte sem ele.

A bíblia nos diz que quem crer em Jesus tem vida eterna, mas quem não crer já está condenado por não crer no filho de Deus. Marcos 16:16 - Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.

As coisas espirituais são loucura para o homem natural.
Deus te abençoe ricamente.  Por Josiel Dias.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Protelar a salvação por quê? Lembre-se que você não sabe o dia de sua morte.

Fabio Lima:

"Vivo informa: evite que a sua salvação seja bloqueada, faça já uma recarga de 20 minutos de oração e ganhe bônus de vitórias e intimidade com Deus! E mais! Fale com Ele de graça o tempo que quiser, discando sempre Jeremias 33:3 em todas as suas ligações. Esta promoção é válida até a volta de JESUS".





PROTELAR POR QUÊ ?
Nós seres humanos temos uma tendência estranha para procrastinar as coisas mais urgentes e essenciais de nossas vidas. Noutras palavras - gostamos sempre de deixar para amanhã o que podemos fazer agora mesmo.
Brasileiro, então, que o diga - esse já tem a fama que transpõe fronteiras - sempre deixa para a última hora suas obrigações mais lógicas.
Todavia não queremos falar aqui de Imposto de Renda, mas de uma das decisões mais importantes na vida do ser humano, que jamais deveria ser adiada para amanhã - a salvação. Esta, sim, é uma decisão séria e inadiável, e que não deve ser prorrogada.
Lamentavelmente, as ocupações mundanas do dia-a-dia e ânsia de ganhar mais dinheiro nos fazem ficar "sem tempo" para este assunto de vital importância, e nos enchem de preocupações desnecessárias.
Sempre que ouvimos alguém falar que é necessário o arrependimento e receber Jesus como Senhor e Salvador, vem uma coceira nos ouvidos, e os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a palavra ouvida, e sempre vem uma desculpa qualquer. Também as preocupações familiares, os afazeres, os parentes (o que vão pensar?), as dificuldades, sempre são "boas" desculpas que se arranja para não se pensar de imediato em seguir seriamente os ensinamentos de Jesus, e assim permanece o vazio da alma.
"Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me primeiro despedir-me dos que estão em minha casa" (Lucas 9.61). "Senhor, permite-me ir primeiro sepultar meu pai" (Mateus 8.21).
Todas são desculpas esfarrapadas. Como se pequenas coisas fossem mais importantes do que uma eternidade ao lado de Jesus.
O deboche juntamente com a incredulidade levam à ruína final. Ouve-se a palavra de Deus, fica-se sabendo que somente Jesus salva e leva para o céu, mas vem um sorriso amarelo e fala-se que isto é loucura de crente, pura fantasia, fanatismo, e então vem a desculpa: "A respeito disso te ouviremos noutra ocasião" (Atos 17.32).
Há também a "boa" desculpa de conveniência pessoal. "A Bíblia é um livro cheio de mistérios, de histórias fictícias, uma invenção de homens". Esse negócio de salvador é uma história mal contada. Se Deus é amor, ele vai salvar todo mundo". "Sou muito novo ainda, depois vou pensar nesse assunto". "Há muitos hipócritas dentro da igreja". "Não podemos deixar nossos vícios e nossos velhos amigos". "O que vão falar de mim?"
Enfim, são estas e algumas outras "boas" desculpas, e as mais absurdas alegações para não se tomar a decisão de seguir Jesus logo hoje.
Ora, amigo, "não presumas do dia de amanhã, pois não sabes o que irá acontecer" (Prov. 27.1). Quem é que sabe se amanhã vai estar vivo? "Eis agora o tempo sobremodo oportuno, eis agora o dia da salvação" (2Cor. 6.2). O tempo de buscar Deus é HOJE. "Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto" (Isaías 55.6). Qualquer um pode "papocar" de uma hora para outra. "Louco! esta noite te pedirão a tua alma. Então, o que tens preparado, para quem será?" (Lucas 12.20). Quem lê a Bíblia sabe que quando Jesus voltar não haverá mais salvação para ninguém, sem que passe por um sofrimento terrível, o tempo da graça é apenas agora, por isto "...estai vós também apercebidos, porque o Filho do Homem (Jesus) virá à hora em que não penseis" (Mateus 24.44).
Agora, concluindo, exortamos: não faça como o Faraó do Egito, no tempo em que Deus enviou seu servo Moisés para livrar seu povo Israel que lá estava escravizado. Todos sabem das famosas dez pragas enviadas sobre o Egito. Pois bem, na praga das rãs que invadiram todo o Egito inclusive o palacete do Faraó, ele pediu a Moisés para interceder por ele e acabar com aquilo e Moisés lhe perguntou quando, e ele disse: AMANHÃ. Pois bem, ele poderia ter livrado logo se dissesse: AGORA. Mas ainda foi dormir com sua cama cheia de rãs. Pois bem, você pode clamar a Deus AGORA e Ele vai livrar você também de todas as rãs, digo, de todos seus pecados: "Clama a mim e responder-te-ei" (Jer. 33.3).
"E agora, por que te demoras?" (Atos 22.16).

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

A volta de Jesus - mais perto do que nunca. Maranata, ora vem Senhor Jesus!

VÍDEO SIMPLESMENTE MARAVILHOSO, PALAVRAS SÁBIAS:

"Se prepara para a viagem, nós estamos fazendo os últimos avisos, nós estamos fazendo uma das últimas chamadas: JESUS CRISTO ESTÁ VOLTANDO!!!"



EH INTERESSANTE PARA QUEM SE PREOCUPA COM A VIDA ESPIRITUAL, CASO CONTRÁRIO...

BOM ESSE VÍDEO! Thais Romana

Fuja da apostasia.


sábado, 2 de outubro de 2010

Jesus está voltando!!! Aviso Sério!


Adail Campelo de Abreu


Povo de Deus, levanta-te!
Conserva-te de pé, e olha a beira do precipício e vê as negras núvens que se acumulam. Eis que há morte e destruição, trevas e sombras espessas, e ressoa o clamor dos que se perdem, mas não há quem os escute. Não há nenhuma resposta.
Está escrito: "Hoje é o dia da salvação" (2Coríntios 6.2). E também: "Buscai o Senhor enquanto se pode achar" (Isaías 55.6), porque a noite vem.
Sim, a ira de Deus será derramada sobre os ímpios, aqueles que são mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, tendo a aparência de piedade mas negando o poder de Deus, que aprendem sempre e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E não haverá mais a mão estendida para salvá-los, como também está escrito: "Vindo como tempestade o vosso temor, e vindo a vossa perdição como tormenta, sobrevindo-vos aperto e angústia, então a mim clamarão, mas eu não responderei, me buscarão, mas não me acharão. Visto que aborreceram o conhecimento, e não preferiram o temor do Senhor, visto que não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão, comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos. Porque o desvio dos tolos os matará, e a prosperidade dos loucos os destruirá" (Prov. 1.27-32).
O Senhor Jesus tem clamado com misericórdia, e pacientemente estendido o seu braço, todos os dias, a fim de atrair um povo ingrato e rebelde.
Sim, Jesus tem falado desde os céus, e as Suas palavras não têm tido nenhuma acolhida. Jesus tem falado também através de seus servos, usando todos os meios de comunicações modernos existentes, e os corações duros e rebeldes têm permanecido como pedras derretidas. As suas vozes escarnecedoras têm-se levantado em desafio a Deus, mas não haverá ninguém que os livre. Não há salvação para eles (porque eles mesmos não querem essa salvação), e assim todos descem juntos ao abismo. Perecem na sua loucura.
O dia da misericórdia de Deus está chegando ao seu fim, e o dia do julgamento se aproxima. Os céus estão cheios da glória de Deus. Sim, Jesus está voltando.
Os servos de Deus devem abrir o coração e não temer as coisas que irão acontecer sobre a terra, porque o Senhor Jesus ajuntará o seu povo a Ele, e na hora da destruição seus escolhidos já não estarão aqui nesta terra manchada pelo pecado. O fogo destruidor não atingirá o povo de Deus.
O amor de Deus é profundo e permanente, constante e terno. Ele nunca muda.
Nação se lavantará contra nação, e a guerra se desencadeará numa devastação mundial; não adianta a humanidade se debater contra as muralhas do inevitável.
Amigo, o coração do Senhor Jesus ainda é manso e humilde, e os Seus pensamentos a respeito do seu povo ainda são pensamentos de ternas misericórdias. Embora se erga o terror de cada lado, os servos de Deus contemplarão e verão com os seus olhos a recompensa de todos aqueles que não querem um compromisso sério com Deus.
"Quem é sábio, que entenda estas coisas; quem é prudente, que as saiba, porque os caminhos do Senhor são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão" (Oséias 14.9).

JOVENS - acordem!!!

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Elias Costa Filho Costa

Carta aos jovens

Meus amigos, acordem! Vocês estão sendo enganados

Foi dito a vocês: “Satisfaçam seus instintos e vocês serão felizes!”

A Palavra de Deus diz: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” (Mateus 5.8). “Deus julgará os impuros e adúlteros” (Hebreus 13.4).

Foi dito a vocês: “Ouçam música em alto volume e vocês se sentirão bem!”

A Palavra de Deus diz: “Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranqüilidade e na confiança, a vossa força...” (Isaías 30.15). “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração...” (Colossenses 3.15). “instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração” (Colossenses 3.16).

Foi dito a vocês: “Desliguem seu raciocínio, relaxem e não sejam críticos! Pensem positivamente e expandam sua consciência através da meditação, das drogas e de técnicas psíquicas”.

A Palavra de Deus diz: “sede, portanto, criteriosos e sóbrios a bem das vossas orações” (1 Pedro 4.7). “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé...” (1 Pedro 5.8-9).

Foi dito a vocês: “Pratiquem o ocultismo – magia, bruxaria – e vocês obterão conhecimentos sobrenaturais e poderes especiais”.

A Palavra de Deus diz: “Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor” (Deuteronômio 18.10-12). “Fora (da cidade celestial) ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira” (Apocalipse 22.15). Seu lugar “será no lago que arde com fogo e enxofre” (Apocalipse 21.8).

“Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” (Mateus 5.8)

Foi dito a vocês: “Procurem quem faz grandes sinais e prodígios, quem tem grandiosas visões e revelações, para que vocês tenham experiências especiais”.

A Palavra de Deus diz: “Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora” (1 João 4.1). “...porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos” (Mateus 24.24).

Foi dito a vocês: “Unam-se, pois todas as religiões adoram o mesmo Deus”.

A Palavra de Deus diz: “Eu sou o Senhor, teu Deus... Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20.2-3, o Primeiro Mandamento). “Não aprendais o caminho dos gentios... Porque os costumes dos povos são vaidade” (Jeremias 10.2-3). “Os ídolos são como um espantalho em pepinal...” (Jeremias 10.5).

Jesus Cristo, o Filho de Deus, diz: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14.6).

Foi dito a vocês: “Todo ser humano é filho de Deus, pois em cada um habita o espírito divino”.

A Palavra de Deus diz: “Mas, a todos quantos o receberam (a Jesus Cristo), deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais... nasceram... de Deus” (João 1.12-13). “e, tendo (Cristo) sido aperfeiçoado, tornou-se o Autor da salvação eterna para todos os que lhe obedecem” (Hebreus 5.9).

Foi dito a vocês: “Não falem de pecado, apenas de falhas, deslizes, lapsos! O bem e o mal têm a mesma origem”.

A Palavra de Deus diz: “o pecado é o opróbrio dos povos” (Provérbios 14.34). “Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!” (Isaías 5.20).

“Eu sou o Senhor, teu Deus... Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20.2-3)

Foi dito a vocês: “Ouçam o seu interior. Se meditarem bastante, encontrarão a verdade dentro de si mesmos”.

A Palavra de Deus diz: “do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias. São estas as coisas que contaminam o homem” (Mateus 15.19-20). “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum...” (Romanos 7.18).

Foi dito a vocês: “Aceitem as crenças e o modo de ser de todos. Sejam tolerantes com as diferentes culturas e estilos de vida”.

A Palavra de Deus diz: “Exortamo-vos... a que admoesteis os insubmissos” (1 Ts 5.14). “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus. Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus” (1 Coríntios 6.9-11).

Por isso:

Resistam aos maus exemplos em revistas, no rádio, na TV e na internet, que falam de “amor” mas praticam imoralidades e querem arrastá-los para a destruição.

Mantenham-se firmes tendo por modelo ao Filho de Deus, Jesus Cristo, que é puro e santo. Ele mostrou, através da Sua vida e do Seu ensino, como age o verdadeiro amor!

Resistam à mistura religiosa antibíblica e ao ecumenismo.

Mantenham-se firmes nas quatro exclusividades das Sagradas Escrituras: somente a Bíblia, somente Cristo, somente pela graça, somente pela fé.

Resistam à busca antibíblica por sinais e milagres.

Mantenham-se firmes no maior milagre: as chagas de Jesus Cristo, que entregou na cruz Sua vida pela nossa redenção e ressuscitou milagrosamente dentre os mortos ao terceiro dia.

Resistam ao domínio de uma cultura de “entretenimento” – que, infelizmente, se espalha cada vez mais no meio cristão. Essa tendência transforma até a cruz de Cristo em objeto de distração e blasfema contra a santidade de Deus.

Mantenham-se firmes tendo por modelo ao Filho de Deus, Jesus Cristo, que é puro e santo. Ele mostrou, através da Sua vida e do Seu ensino, como age o verdadeiro amor!

Mantenham-se firmes no Deus triuno, que é ao mesmo tempo santo e justo, amoroso e misericordioso.

Resistam à confusão mística e às afirmações de que em todos habita uma “centelha divina”.

Mantenham-se firmes na consciência da completa corrupção e perdição do coração humano, que depende da redenção exclusivamente pela graça.

Resistam à “cultura musical” que imagina poder atrair pessoas à fé cristã através de elementos pagãos (por exemplo, ritmos alucinantes e que levam ao êxtase, repetições de palavras como mantras ou melodias extremamente lentas que estimulam o transe).

Mantenham-se firmes ouvindo hinos espirituais agradáveis, procedentes de corações tranqüilos e brandos.

Resistam às tendências desta época, atrás das quais se esconde o espírito do inimigo.

Mantenham-se firmes no Espírito de Deus que os separará deste mundo passageiro e os guiará a toda verdade.

“Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade” (Salmo 145.18). (Dr. Lothar Gassmann - http://www.chamada.com.br)

Publicado anteriormente na revista Chamada da Meia-Noite, Fevereiro de 2007.

SE VOCÊ ESTÁ EM CIMA DO MURO, SAIBA QUE NÃO É FRIO NEM QUENTE E PESSOAS ASSIM DEUS REJEITA.


O MURO TEM DONO, E QUEM ESTÁ EM CIMA DELE JÁ ESTÁ DO LADO QUE NÃO AGRADA À DEUS.

Se você achava que era seguro ficar em cima do muro sai dessa amigo! O muro tem dono e não é o lado bom.











VOCÊ TEM SUA CHANCE AGORA, SE VOLTE PARA DEUS ENQUANTO PODE ACHA-LO, EM BREVE SERÁ TARDE DEMAIS.

PULE AGORA DE CIMA DO MURO E VÁ PARA O LADO DE DEUS, PORQUE SE VOCÊ PERMANECER NO MEIO TERMO SERÁ REJEITADO POR DEUS.