Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

domingo, 26 de dezembro de 2010

A REDENÇÃO ESTÁ PRÓXIMA!!! (arquivo 7)


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: cesar

O dia da redenção está chegando.

O significado profético do maior incêndio em Israel, desde seu renascimento em 1948.

A primeira semana de dezembro de 2010 trouxe terror a Israel, mas não da maneira tradicional. Desta vez, um incêndio de proporções apocalípticas, que durou mais de 24 horas, deixou o país em estado de alerta máximo. Como se sabe, num país pequeno como Israel (menor que Sergipe, o menor Estado do Brasil), um incêndio do tipo que ocorreu poderia ter acabado com tudo. E isso é inquietante.

Israel é um país diferente de qualquer outro, pois é um país profético. Isso significa que, qualquer coisa que aconteça por lá (qualquer coisa mesmo!), nos leva para dentro das páginas da Bíblia.

Se Israel não existisse, a credibilidade da Bíblia seria abaixo de zero. Mas, pelo fato de Israel continuar existindo temos A PROVA das afirmações bíblicas, A PROVA da Existência de Deus (mais detalhes sobre essa afirmação, veja o estudo em slide, ISRAEL – O RELÓGIO DE DEUS, em 3 partes, disponível na seção de downloads do site Arquivo7).

Um incêndio em qualquer outro país do mundo só seria profeticamente significativo pelo fato de estar relacionado, de forma geral, com a destruição do meio ambiente, e, conseqüentemente, com o Apocalipse. Mas, em Israel é outra coisa. Em Israel, é ALTAMENTE significativo, do ponto de vista bíblico-profético.

Pra começar, em que parte do país aconteceu mesmo? No Monte Carmelo. Sim, na mesma região onde, nos tempos bíblicos, o profeta Elias desafiou os profetas de Baal e Aserá, e o desafio envolveu FOGO DO CÉU (1 Reis 18). Falando no profeta Elias...

No capítulo 19 de 1 Reis, o profeta sofre de um repentino medo e se esconde numa caverna. Ficou tão depressivo que pediu a morte. O homem forte, que desafiou 850 profetas falsos, de repente sentiu-se acuado, devido a voz ameaçadora de uma mulher, Jezabel. Alguns eventos interessantes ocorreram quando o profeta se escondeu na caverna em Horebe.

"Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a força desse alimento caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus.
Ali entrou numa caverna, onde passou a noite. E eis que lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Que fazes aqui, Elias?
Respondeu ele: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos exércitos; porque os filhos de Israel deixaram o teu pacto, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada; e eu, somente eu, fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem.
Ao que Deus lhe disse: Vem cá fora, e põe-te no monte perante o Senhor: E eis que o Senhor passou; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento;
E depois do vento um terremoto, porém o Senhor não estava no terremoto;
E depois do terremoto um fogo, porém o Senhor não estava no fogo; e ainda depois do fogo uma voz mansa e delicada.
E ao ouvi-la, Elias cobriu o rosto com a capa e, saindo, pôs-se à entrada da caverna. E eis que lhe veio uma voz, que dizia: Que fazes aqui, Elias?"
(1 Reis 19.8-13).

Antes da manifestação do Senhor, três eventos da natureza ocorreram – e cada um nos lembra dos futuros acontecimentos apocalípticos que abalarão não somente Israel, mas o mundo todo. Em outras palavras: ANTES DO RETORNO DE JESUS PARA ISRAEL, acontecerá o seguinte:

1 – UM GRANDE E FORTE VENTO – "E eis que o Senhor passou; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento;"

"... e as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira, sacudida por um vento forte, deixa cair os seus figos verdes." (Apocalipse 6.13). Nos tempos finais, fortes tempestades irão abalar o mundo. Apocalipse 7.1 fala de quatro ventos destruidores (tornados?) que soprarão sobre toda a terra. Uma das consequências desse tipo de fenômeno são os tsunamis, que estão cada vez mais familiares em nossos dias. Exatamente como Jesus falou:

"... e sobre a terra haverá angústia das nações em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas." (Lucas 21.25).

2 – TERREMOTO – "E depois do vento um terremoto, porém o Senhor não estava no terremoto;"

Grandes terremotos estão na agenda de Deus para os tempos finais. O profeta Isaias diz que terra irá "cambalear como um bêbado e balançar como uma rede de dormir" (Isaias 24.19-20). Apocalipse 16, no derramar da última das 7 taças da ira de Deus, apresenta o maior terremoto da história.

3 - FOGO – "E depois do terremoto um fogo, porém o Senhor não estava no fogo;"
O último evento citado, o fogo, tem relação exata com a chegada de Jesus para salvar Israel. Lemos no profeta Joel aquilo que é realidade hoje em Israel, mas, por outro lado, é apenas uma sombra do que ainda virá.

"A ti clamo, ó Senhor; porque o fogo consumiu os pastos do deserto, e a chama abrasou todas as árvores do campo. Até os animais do campo suspiram por ti; porque as correntes d'água se secaram, e o fogo consumiu os pastos do deserto." (Joel 1.19-20).

"E mostrarei prodígios no céu e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor." (Joel 2.30-31)

Em quais circunstâncias O SENHOR salvará Israel?

"E a luz da lua será como a luz do sol, e a luz do sol sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o Senhor atar a contusão do seu povo, e curar a chaga da sua ferida." (Isaias 30.26).

Portanto, o Dia da Redenção de Israel será muito quente. Israel estará cercado por todas as nações, à beira da aniquilação. Mas O SENHOR virá na hora certa (Zacarias 14).

Certamente o recente incêndio em Israel (o maior na história recente do país) fez muita gente pensar nas profecias.

"... e ainda depois do fogo uma voz mansa e delicada." (1 Reis 19.12).

Depois do FORTE VENTO, TERREMOTO E FOGO, O SENHOR se manifesta para Elias, por meio de uma voz mansa e suave. Às vezes podemos até pensar que Deus está na tempestade, terremoto ou fogo (e muitas vezes Ele realmente está). Porém, em muitas ocasiões Ele se manifesta somente depois da tempestade, na calmaria, no silêncio absoluto. Nas profecias, o mar agitado significa GUERRA (Isaias 57.20, Daniel 7.1,2), e as águas paradas (mar de vidro) representa a PAZ (Apocalipse 4.6).

UM INCÊNDIO COM MUITOS DETALHES PROFÉTICOS

Em Isaias 29, Deus alerta que visitará Jerusalém com:

"... trovões, e com terremotos, e grande ruído, como tufão, e tempestade, e labareda de fogo consumidor." (Isaias 29.6).

Alguns detalhes chamam a atenção:

- O incêndio aconteceu justamente na região do Carmelo, o que nos leva imediatamente a pensar no profeta Elias, que esteve intimamente relacionado com esse monte. Exatamente Elias, conhecido como "o profeta do fogo", e cuja experiência na caverna também envolveu fogo.

- 24 horas após o início do incêndio e todas as estatísticas divulgadas pela imprensa mundial falavam em "mais de 40 mortos" ou "42 mortos".

As palavras "ISRAELI", "FIRE" e "42 DEAD", respectivamente, ISRAEL, FOGO E 42 MORTOS, apareceram (no dia 06/12/2010) em 57.600 páginas no Google. Em português, as palavras ISRAEL, INCÊNDIO E 42 MORTOS aparecem juntas em 13.900 páginas no Google.


Mesmo que subam o número de vítimas, o número 42, relacionado à tragédia, já foi citado na imprensa de forma exaustiva. Por que estou dando tanto destaque a esse número?

Bem, os números 40 e 42 fazem parte do grupo dos números proféticos e estão relacionados a grandes eventos bíblicos, passados e futuros.

O número 40 está relacionado, na Bíblia, com provação ou teste divino.

- Em relação ao Dilúvio, choveu 40 dias e 40 noites (Gn 7.4,12 e 17).

- O povo de Israel passou 40 anos no deserto, conforme o número de 40 dias em que os enviados espiaram a terra (Nm 14.34).

- Quem era culpado de promover contenda recebia 40 açoites (Dt 25.3).

- Moisés passou 40 dias no monte falando com Deus, e em jejum (Êx 24.18).

- Também Elias e Jesus Cristo passaram 40 dias sem comer (1 Rs 19.8; Mt 4.2).

- A vida de Moisés teve três períodos de 40 anos (At 7.23,30 e36).


- Saul, Davi e Salomão reinaram 40 anos cada um.

- Nínive teve um prazo de 40 dias para se arrepender com a pregação de Jonas (Jn 3.4).

- Jesus, depois de ressuscitado, apresentou-se aos discípulos durante 40 dias (At 1.3).

Quanto ao número 42...

Está biblicamente relacionado com: CONFLITO, PERSEGUIÇÃO, TEMPO DE ESPERA ANTES DA BÊNÇÃO.

O número 42 é citado 8 vezes na Bíblia, quase sempre relacionado a coisas negativas, e uma dessas citações tem relação com o profeta Elias. Em 2 Reis 2.24, após o Arrebatamento de Elias, seu sucessor Eliseu, é ridicularizado por alguns jovens.


Eliseu amaldiçoou os irreverentes e, repentinamente, duas ursas surgiram dos bosques e mataram 42 daqueles jovens.

Após sair do Egito e antes de entrar em Canaã, o povo de Israel acampou 42 vezes, em 42 lugares diferentes.

Na verdade, a viagem do povo israelita até à Terra Prometida era para durar somente 11 dias, mas acabou durando 40 longos anos. Por quê?

Esses 42 estágios de Israel não foram acidentais, mas planejados. O povo teve que peregrinar 40 anos pelo grande deserto até chegar ao descanso na terra de Canaã. É claro que esses 40 anos não foram somente de sofrimentos. Houve muitos momentos de alegria e festas.

Todo esse sofrimento e lutas fazia parte do programa educativo de Deus, a fim de que o povo aprendesse algumas lições positivas. Não há aprendizagem sem disciplina. Isso é uma lei bíblica. Israel pode ter visto esses anos de provação como um fracasso, mas Deus via diferente. Ele mesmo revela em Deuteronômio 1.31: "Como também no deserto, onde vistes que o Senhor vosso Deus nele VOS LEVOU, COMO UM HOMEM LEVA A SEU FILHO, por todo o caminho que andastes".

Deuteronômio 8.2-5: "E te lembrarás de todo o caminho pelo qual o Senhor teu Deus tem te conduzido durante estes 40 anos no deserto, a fim de te humilhar e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos. Sim, ele te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que nem tu nem teus pais conhecíeis; para te dar a entender que o homem não vive só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Senhor, disso vive o homem. Não se envelheceram as tuas vestes sobre ti, nem se inchou o teu pé, nestes 40 anos. Saberás, pois, no teu coração que, como um homem corrige a seu filho, assim te corrige o Senhor teu Deus."

As jornadas começaram após a Páscoa (que aconteceu no dia 14, do primeiro mês); 14 vezes no deserto o povo murmurou contra Deus. As primeiras 14 estações aconteceram antes do dia em que Deus ordenou que Israel perambulasse pelo deserto 40 anos, por causa da incredulidade deles, quando tiveram medo de entrar em Canaã (Números 13.26; Deuteronômio 1.46 e 2.1).

TEMPO DE ESPERA E LUTAS

- 42 estações até à Terra Prometida
- 42 gerações até a chegada do Messias (Mateus 1.º)
- 42 meses de tribulação até Jesus voltar (Apocalipse 13).

Atualmente, Israel está em tempo de espera. O Messias está chegando. Mas antes que Israel possa ouvir a VOZ MANSA E SUAVE do Salvador, enfrentará tempos de crises, VENTOS, TERREMOTOS E FOGO!

"E o Senhor brama de Sião, e de Jerusalém faz ouvir a sua voz; os céus e a terra tremem, mas o Senhor é o refúgio do seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel." (Joel 3.16).

"Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus." (Amós 4.12)




--
Postado por O Final de Tudo no O Final de Tudo em 12/26/2010 05:32:00 PM



--
http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://ofinaldetudovem.blogspot.com/


http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".