Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

domingo, 24 de julho de 2011

Uma breve história sobre o entretenimento (vício do entretenimento x Palavra de Deus).

http://clamordesalvacao.blogspot.com/2011/07/uma-breve-historia-sobre-o.html


Entretenimento é o conjunto de atividades que o ser humano pratica sem outra utilidade senão o prazer. É o desvio do espírito para coisas diferentes das que preocupam. Pode ser uma distração, um passatempo ou um desporto. (fonte: Wikipédia)

Eu poderia começar esse texto de uma maneira arbitrária: dizendo que nos "tempos da Bíblia" nenhum servo de Deus se divertia, só trabalhava, trabalhava, falava de coisas sérias, pregava, e trabalhava de novo... Então eu poderia fazer como muitas empresas eclesiásticas de costumes rígidos e terminar o texto escrevendo que todo divertimento é pecado! Assim eu não faria diferente dos peregrinos puritanos que penalizavam com castigos brutais e até com a morte os jovenzinhos que fossem encontrados brincando por aí. 
 
Sim, sei que na Antiguidade, nos tempos remotos em que nossos primeiros irmãos cristãos viveram, realmente, entretenimento era algo inteiramente ligado ao pecado. É só olhar para a lista de possíveis entretenimentos da época, em lugares de cultura grega e, posteriormente a cultura romana:
  • Ir a saunas (que funcionavam também como casas de orgias);
  • Assistir os "shows" nas arenas (ver gladiadores se enfrentarem até a morte ou cristãos serem entregues a leões! Ou os entregavam aos gladiadores mesmo, o importante era ter morte);
  • ir a casas de prostituição;
  • frequentar os teatros, que eram profundamente ligados às estórias dos deuses pagãos;
  • ver reuniões políticas (na democracia grega era comum, como era comum se julgar eloquente o mais cheio de falácias e enganador, ou aplicar o ostracismo a um cidadão só por ter inveja dele).
Podemos ver nessa lista que eu omiti todos os entretenimentos que tinham cunho religioso, como bacanais, sacrifícios, festas de colheita, festas de solstícios e equinócios; mas estes também eram "entretenimento" sim. Vemos que todos os entretenimentos, da mesma forma que também a mesa farta, a segurança financeira, as vestes belas: eram correspondentes somente a classe rica! Ao pobre era correspondente: trabalho, muito trabalho...
 
Então o rico da Antiguidade era mais feliz que o pobre? Claro que não, ele pecava muito mais! E pior, a sociedade aceitava e promovia todo o tipo de pecado! 
 
Jesus sempre soube disso, por isso falou da dificuldade de um rico entrar no céu (Mateus 19:16 ao 26). O problema não é só o dinheiro, mas todo o estilo de vida que o acompanha. 
 
E afinal, o que é ser rico? No "tempo da Bíblia" era assim: rico era todo aquele que tinha mais que a maioria contada de: pequenos agricultores, pescadores, artesãos, escravos... Ou seja, ontem e hoje, o termômetro para saber quem é rico é o pobre, é só olhar para o pobre: Hoje, mais de mil milhões passam fome! E você? Que está na sua casa agora, ou numa lan, ou na casa de um amigo e parente lendo isso, não importa, tenho que te dizer: se você está lendo isso agora (alfabetizado, com mais de uma refeição diária, vestido, toma banho todo dia, tem um teto sobre sua cabeça) você é rico! Não estou falando que você é bilionário... Mas rico você é, e eu também. Por isso estou falando de entretenimento com você, porque se fôssemos pobres estaríamos conversando não na internet, mas conversando sobre como sobreviver, nos alimentar... Na verdade, hoje em dia, o entretenimento continua sendo coisa de rico e, infelizmente, a ligação dele com o pecado ainda é, quase sempre, uma constante... 
 
Hoje temos acesso a muita tecnologia, levamos tv, computador, jogos no bolso! Nossas crianças brincam com games que pareceriam coisa de outro mundo à décadas atrás! Temos cinema 3D, shoppings, tv à cabo, viagens, passeios! E o pecado? Sim, também se modernizou: tem rede social do sexo, rede social de adultério, boates cheias da mais alta tecnologia de som e imagem para tudo quanto é lado! Hoje tem prostituta que aceita cartão de crédito ou delivery! Creio que os habitantes de Sodoma e Gomorra ficariam corados com muita desgraça que é praticada hoje em dia.
 
E então, se você começa a conversar sério com um jovem sobre Jesus, depois de meia hora (ou bem antes disso) ele vai te dizer: "Tá tia, mas onde que entra a diversão nisso?" ou, em outras palavras: "Agora a gente pode fazer algo mais divertido?" Então chegamos a conclusão de que estamos criando uma geração totalmente viciada em entretenimento... Começa desde a tenra idade, está intrínseco ao ser humano: aprendemos melhor se nos ensinarem de forma "lúdica" ou "divertida". Aí, crescemos, nos convertemos, vamos para uma denominação e desejamos dela entretenimento...

Aí está o ponto que queria chegar nesse texto, ou melhor, os pontos, usei o texto de Rm 12:2 para isso: "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."
  1. O cristão "nascido de novo" deve deixar as coisas velhas para trás, ou seja, a qualidade do entretenimento dele deve mudar radicalmente, ele não deverá aceitar nenhuma diversão que tenha ligação com o pecado: prostituição, sensualidade (seriam as novelas?) , embriaguez, violência (games também, entendeu?), festinhas de origem pagã, reuniões de fofocas, etc...
  2. "Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!" Sim, mas se eles se encontram para se divertir pecando, qual seria a natureza dessa união? Divina ou diabólica? Hoje em dia é comum ver "irmãos" se reunindo para ir a shows (cultos disfarçados à ídolos, não importa se é um "ídolo gospel", ídolo é sempre ídolo), festinhas juninas, assistir novelinhas teen (ou as senhoras que não passam sem as novelas adultas), ou simplesmente fofocar sobre famosos ou sobre conhecidos mesmo... Deveríamos nos reunir para edificação do Corpo de Cristo: estudar a Palavra, orar, conversar, trocar experiências, ou seja, abençoar uns aos outros. Diversão? Depende da qualidade... 
  3. "Esse meu entretenimento... Qual é a importância disso em minha vida? Quanto tempo disponho nisso?" Não estamos deixando coisas importantes de lado para nos dedicarmos a passatempos que se tornaram verdadeiros vícios?
  4. "Proibido para menores..." Não conheço nenhuma diversão sadia que seja proibida para crianças! Você já parou para pensar que se você não entrasse em lugares que para seus filhos seriam proibidos, você estaria bem menos propenso a desagradar a Deus? Isso também vale para filmes, programas de tv, games, sites...
  5. "Somos os ricos desse tempo". Devemos nos examinar sempre para cuidar de que Jesus nunca deixe de ser o alvo de nossas vidas. O dinheiro e tudo o que vem com ele é "Dele, por Ele e para Ele"! Se somos ricos, é para a glória de Deus! Como você tem glorificado ao Senhor com o que Ele te deu? Indo ao shopping com as amigas(os), pedindo comida cara e jogando a maior parte no lixo? Comprando o centésimo sapato de grife que, provavelmente, você vai parar de usar depois de poucas vezes porque "enjoou" dele ou saiu de moda? Comprando a maior televisão do mercado só para "mostrar" para o seu vizinho? Guardemos de não sermos reprovados assim como o jovem rico que encontrou Jesus, usemos o que ele nos deu para socorrer a viúva, o órfão e o que nada tem...  
  6. Os cultos a deuses pagãos eram sempre muito divertidos. Hoje em dia há um grande movimento, chamado "gospel", que pretende mundanizar o culto a Deus! Os cultos pagãos eram para agradar aos deuses pagãos mas, principalmente, ao ser humano. O diabo aparece realmente como anjo de luz, mas sua luz é falsa, então ele vem com toda sua "pirotecnia", "melodias lindas e intermináveis", uma "farta refeição", "elogios ao homem", "fala eloquente", enfim: um verdadeiro "show"! Se, onde você congrega, o culto anda muito divertido: Cuidado! O culto é a Deus ou a você? Se você pergunta para um jovem "gospel" como foi o último culto de jovens, provavelmente ele vai te responder: "Muito loco!", "Legal", "Da hora!" Aí você pode até achar que foi porque Deus o deu um arrependimento maravilhoso, porque Deus falou com ele sobre mudança de vida no culto, ou porque ele aprendeu mais da Bíblia, ou porque alguém que estava perdido se reconciliou com Deus, ou por ele simplesmente ter a oportunidade de adorar a Deus, mas, na maioria das vezes ele vai dizer somente que se "divertiu muito"...  
Conclusão: Paulo disse: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma." (I Coríntios 6:12) Jesus morreu para te dar liberdade! Contra o pecado e contra todos os vícios (vício de se divertir também)! Jesus nos chama à santidade, inclusive santidade nos nossos passatempos! Temos que aprender cada vez mais a ter prazer nas coisas de Deus! O prazer em obedecer não é algo instantâneo! Vem com o tempo, já diz o velho ditado: "O ato gera o hábito e os hábitos geram o caráter". Deus vai se mostrar muito mais a você quanto mais você o buscar. Porque você não experimenta seguir o conselho de Paulo para o jovem Timóteo: "Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, com um coração puro, invocam ao Senhor" (II Timóteo 2:22). Jovem, talvez você entenda o que estou escrevendo vendo esse teatro:
 

Espero que este post tenha servido para edificação de alguém. Se a resposta for positiva, comente, gostaria muito de receber críticas, se estas forem educadas e respaldadas na Bíblia.

Que Deus continue os abençoando muitissimamente!

Irmã Denise Di Fonseca

3 comentários:

  1. Sempre acompanho seu blog, gost muito dos posts... só que tem uma coisa que gostaria que soubesse; está abrindo uma página de intiulada "Gabriela vidente" sempre que clicamos sobre os links.
    Achei que gostaria de saber disso...

    ResponderExcluir
  2. Oh irmão querido, eu sinto muito, vou ver se consigo ajuda para me livrar disso, mas sinceramente não sei como acontece, mas é coisa do Google, anúncios pagos, certamente, porque no meu notebook não abre essa página, mas vi isso já no computador do meu filho, e foi simplesmente quando ele entrou na página do blog, nem precisou clicar em nada, mas não é vírus. Eu já não aceito os anúncios do Google, porque isto aqui não é um negócio, é apenas para divulgar a Palavra de Deus, e agora me acontece isso, ainda de vidente, que pena. Vou tentar ver se tem como ficar livre disto irmão, aguarde. Estranho que quando percebi isso no computador do meu filho, vim no meu e liberei as popups e no meu não abre essa página nunca. Perguntei para uma outra irmã e ela disse que no dela também não abre. Vou tentar tirar isso, mas fique tranquilo irmão, porque não é virus, é apenas uma obra do inimigo, já que a página é vinda de coisas que Deus abomina, infelizmente. Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do artigo. Mas faltou mencionar o vício dos esportes, do culto ao corpo, das academias onde além da atenção desmesurada ao físico, as músicas, o ambiente e as oportunidades para pecar também são frequentes.

    ResponderExcluir