Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

A Palavra de Deus já está se cumprindo no Oriente Médio diante dos nossos olhos.

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Antonio Calil <acaliln@globo.com>



Querida irmã e demais irmãos,

A Paz do Senhor Jesus,

 

Em razão dos últimos acontecimentos, uma pergunta está pairando no ar: Já terá começado a guerra no Oriente Médio profetizada em Ez 38 e 39, entre Israel e seus inimigos, e a humanidade ainda não percebeu? A resposta pode ser encontrada nas próximas linhas.

 

I – ISRAEL X TURQUIA

 

Sabemos que um dos grandes confrontos dessa guerra se dará entre Turquia e Israel, conforme profetizado em Ez 38:6, onde a Turquia é tratada como a Casa de Togarma.  

 

A crise entre os dois países se intensificou desde em 02 de setembro de 2011 quando a Turquia expulsou de sua capital o embaixador de Israel. Veja a notícia no link abaixo:

 

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/09/turquia-expulsa-embaixador-de-israel-em-ancara.html 

 

Dias depois, a Turquia já havia se preparado para iniciar a guerra no Oriente Médio tentando abrir uma brecha no Iraque com um ataque aos curdos. Observe a notícia abaixo de 15 de setembro de 2011 do Jornal americano World Tribune:

 

"Tensão no Oriente: Turquia pronta para o Front no Iraque

 

 

Enquanto as peças são movidas em todo o Leste Mediterrâneo, a Turquia pode estar se preparando para uma invasão iminente do Iraque contra o PKK (Partido dos Trabalhadores Curdos).

 

 

Autoridades turcas disseram que os militares e o governo têm trabalhado em planos para um ataque terrestre contra alvos rebeldes curdos no norte do Iraque.

 

 

A Turquia teria enviado forças especiais nas montanhas em Kandil, no Iraque, para procurar alvos do PKK. Eles disseram que as forças do PKK estavam sendo auxiliadas por veículos aéreos não tripulados fornecidos por Israel [...].

 

Autoridades disseram que o governo do primeiro-ministro turco Recep Erdogan foi informado de que uma invasão turca deve ser lançada durante o próximo mês antes que as condições de inverno severo comecem em Kandil. O governo tem autorização do parlamento para uma invasão, até 17 de outubro.

 

Fonte: World Tribune"

 

Irmãos leitores, como vimos acima, a Turquia planejou a guerra contra o PKK, mas não contava que Israel fosse se opor aos seus planos de ataque ao PKK. Na verdade, o Estado de Israel protege o PKK, razão pela qual considera que a Turquia não deveria abrir uma guerra no Oriente Médio contra o "indefeso PKK". Assim sendo, Israel se dispôs a ajudar o PKK na guerra contra a Turquia. Veja a notícia abaixo também de 15 de setembro de 2011 extraída do canal Press TV: 

 

"Israel ameaça ajudar o PKK

 

A recente deterioração nas relações entre Turquia e Israel, levou o Ministro dos Negócios Estrangeiros israelense, Avigdor Lieberman, a reuniões na Europa com os líderes do PKK, a fim de discutir formas de cooperação contra a Turquia.

 

 

O PKK, que representa os Trabalhadores do Curdistão, é um grupo que se dedica ao conflito armado contra o Estado turco para a autonomia do país a sudeste. 

 

O PKK está concentrado nas montanhas da região semi-autônoma do Curdistão do Iraque. Muitos na Turquia, há muito tempo, acusaram Israel de apoiar o grupo, mas esta é a primeira vez que um político israelense tem falado publicamente em tal maneira. 

 

A mídia curda-iraquiana apontam relatórios alegando reuniões de alto nível entre israelenses e líderes do PKK. O conflito de interesses entre a Turquia, Israel, as nações árabes e os curdos que vivem em todos esses países, tem causado muita hostilidade entre todas as partes envolvidas.

 

Fonte: PressTV"

 

Ocorre, irmãos leitores, que, em 19 de outubro de 2011, unidades turcas iniciaram a guerra contra o "frágil" PKK que, por sua vez, já no primeiro combate, derrotou os turcos, matando 26 soldados turcos sem sofrer nenhuma baixa. Parece que a parceria entre PKK e Israel já estaria funcionando. Confira a notícia da Revista Exame no link abaixo:

 

http://exame.abril.com.br/economia/mundo/noticias/rebeldes-curdos-matam-26-soldados-turcos

 

Irmãos, com esta primeira derrota em 19 de outubro, os turcos certamente ficaram muito enfurecidos e iniciaram uma forte represália contra o PKK, desencadeada nos dias que se seguiram a 19 de outubro.

Na verdade, a batalha já não seria entre a Turquia e o PKK somente, pois Israel já se encontrava envolvido desde o início deste conflito. Ocorre que o Senhor Deus já mudou a sorte de Israel e, em sua Palavra, garante que Israel não seria mais afrontado pelas nações, nem mais levaria o opróbrio dos povos:      

 

15 Não te permitirei, [Israel], ouvir mais a afronta das nações; e não levaras mais sobre ti o opróbrio dos povos, nem farás tropeçar mais a tua nação, diz o Senhor Deus. (Ez 36:15)

 

Logo, o Senhor interferindo pela primeira vez realizou algo inesperado, vocês se lembram? Sim, um forte terremoto na Turquia de 7,3 pontos na escala Richter, em 23 de outubro, apenas 04 dias depois do início dos confrontos. Observe o vídeo do site da Revista Veja no link abaixo. 

 

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/quase-mil-mortos-em-terremoto-na-turquia

 

Amados, agora pasmem: Logo após o terremoto, a Turquia voltou atrás e diante da tragédia suplicou ajuda a Israel para os trabalhos de resgate. Novamente o Senhor faz cumprir a sua Palavra sobre Israel:

 

14 Assim diz o Senhor [a Israel]: A riqueza do Egito, e as mercadorias da Etiópia, e os sabeus, homens de alta estatura, passarão para ti, e serão teus; irão atrás de ti; em grilhões virão; e, prostrando-se diante de ti, far-te-ão as suas súplicas...(Is 45:14).

 

Desta forma, o Senhor mais uma vez exaltou o seu povo, fazendo que o seu inimigo, em pleno período de combate suplicasse o seu favor.  Observe o link abaixo:

 

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2011/10/25/turquia-volta-atras-e-pede-ajuda-a-israel-para-trabalhos-de-resgate.jhtm

 

No entanto, a Turquia, de repente, encerrou os trabalhos de resgate em 01 de novembro de 2011, dispensando, portanto, a ajuda de Israel. Confira a notícia no link abaixo:

 

http://noticias.r7.com/internacional/noticias/turquia-encerra-trabalhos-de-busca-e-resgate-na-regiao-atingida-pelo-terremoto-20111101.html

 

Tudo indicava que as hostilidades, interrompidas pelo terremoto de 23 de outubro, voltariam contra o PKK e Israel. No entanto, o Senhor manda avisar a todas as nações que Ele, agora, guardará o seu povo de Israel:

 

10 Ouvi a palavra do SENHOR, ó nações, e anunciai-a nas ilhas longínquas, e dizei: Aquele que espalhou a Israel o congregará e o guardará, como o pastor ao seu rebanho. (Jr 31:10)

 

O Senhor não deu tempo para a Turquia se reorganizar - mesmo tendo cessado os trabalhos de resgate – pois uma semana depois, logo em 09 de novembro de 2011, o Senhor interferiu pela segunda vez, agora, com um novo terremoto de 5,6 graus na escala Richter, agravando ainda mais a situação na Turquia, acabando por destruir diversos imóveis e vilarejos com número incerto de mortos, mobilizando o país para novas ações de resgate diante da nova desgraça. Confira a notícia sobre o novo terremoto no link abaixo:

 

http://acritica.uol.com.br/noticias/Equipes-socorro-trabalham-terremoto-Turquia_0_588541232.html

 

Sim, o mesmo Senhor declara em Sua Palavra que ouvirá Israel (Judá + José), revelando, assim que chegou o tempo de Deus para Israel:

 

6 E fortalecerei a casa de Judá, e salvarei a casa de José, e fá-los-ei voltar, porque me compadeci deles; e serão como se eu não os tivera rejeitado, porque eu sou o SENHOR seu Deus, e os ouvirei. (Zc 10:6)

 

E foi o que aconteceu, pois tendo a Turquia já milhares de pessoas desabrigadas, em função dos dois terremotos, as quais passaram a habitar em tendas, o Senhor interferiu pela terceira vez, enviando a neve intermitente um dia após o segundo terremoto, em 10 de novembro de 2011, chegando as temperaturas a 8 graus negativos, congelando qualquer capacidade de reação da  Turquia, impondo-lhe uma contundente derrota, conforme notícia no link abaixo:

 

http://br.noticias.yahoo.com/sobe-32-n%C3%BAmero-mortos-%C3%BAltimo-terremoto-turquia-100804352.html

 
Como a obra do Senhor é completa, vale ressaltar que os dois terremotos na Turquia se deram praticamente na fronteira com o Irã, outro inimigo, contra o qual Israel lutará na guerra profetizada por Ezequiel (O Irã são os persas de Ez 38:5). Assim sendo, o Senhor Jesus transmitiu um verdadeiro aviso aos dois futuros adversários de Israel na guerra de Ez 38 e 39, bem como aos demais (Rússia, Líbia, Etiópia), para que saibam de antemão que o Leão da Tribo de Judá pelejará com grande e estrondoso poderio pelo seu povo nessa guerra que está às portas.

 

II – AS ARMAS  A SEREM UTILIZADAS NA GUERRA DE EZEQUIEL CAPS. 38 e 39

 

As armas do Senhor nesta guerra se encontram reveladas em Ez 38:18-23, a saber, um grande terremoto (verso 19) que deitará abaixo os montes, desfazendo os precipícios, assim como uma chuva inundante (verso 22), além de outros instrumentos do Senhor Jesus como peste,  sangue e grandes pedras de saraiva (verso 22). Observe:

 

"18 Naquele dia, porém, quando vier Gogue contra a terra de Israel, diz o Senhor Deus, a minha indignação subirá às minhas narinas.

 

19 Pois no meu zelo, no ardor da minha ira falei: Certamente naquele dia haverá um grande tremor na terra de Israel;

 

20 de tal sorte que tremerão diante da minha face os peixes do mar, as aves do céu, os animais do campo, e todos os répteis que se arrastam sobre a terra, bem como todos os homens que estão sobre a face da terra; e os montes serão deitados abaixo, e os precipícios se desfarão, e todos os muros desabarão por terra.

 

21 E chamarei contra ele a espada sobre todos os meus montes, diz o Senhor Deus; a espada de cada um se voltará contra seu irmão.

 

22 Contenderei com ele também por meio da peste e do sangue; farei chover sobre ele e as suas tropas, e sobre os muitos povos que estão com ele, uma chuva inundante, grandes pedras de saraiva, fogo e enxofre.

 

23 Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor." (Ez 38:18-23)

 

Vale ressaltar que terremotos e chuvas inundantes, como consta na profecia acima, tendem a não deixar radiação no ambiente, ao contrário das armas nucleares. No cenário do pós-guerra, a radiação nuclear poderia contaminar as pessoas que permanecerem nas áreas atingidas, dizimando-as através de gravíssimas e mortais enfermidades.

 

As Escrituras revelam que o conflito se dará prioritariamente na terra de Israel (versos 18 e 19), mais precisamente nos montes de Israel (verso 21), apesar de sua repercussão mundial.  No entanto, vale ressaltar que, no pós-guerra do conflito de Ez 38 e 39, o povo de Israel irá frequentar bastante as áreas onde se deu a guerra, seja recolhendo as armas de seus inimigos para usá-las como combustível pelos sete anos de grande tribulação (Ez 39:9-10), seja sepultando os cadáveres dos seus inimigos, estendidos nos montes de Israel, após o conflito (Ez 39:11-13). Ora, se a guerra fosse essencialmente nuclear, como poderiam os habitantes de Israel transitar pelas áreas de combate após a guerra? Certamente seriam contaminados gravemente. Logo, a guerra será decidida pelos instrumentos do Senhor, previstos na profecia: fenômenos climáticos e não nucleares. O que ocorreu em menos de 20 dias, de 23 de outubro a 10 de novembro de 2011, com três interferências do Santo de Israel, Jesus Cristo, é apenas uma amostra do que se dará contra os inimigos de Israel na guerra profetizada.

 

III – ISRAEL X IRÃ

 

Irmãos, sabemos que esta guerra de Ez 38 e 39 é muito importante para o desencadeamento dos eventos finais, haja vista que, na assinatura do respectivo acordo de paz, a ser patrocinado pelo Anticristo, conforme Dn 9:27, se dará o início da grande tribulação, o que, em suma, significa que o arrebatamento está às portas.

 

E realmente está. Além das hostilidades declaradas entre Israel e a Casa de Togarma (Turquia) de Ez 38:6 observadas no item I deste estudo, também estão ocorrendo declarações diárias de guerra entre Israel e os persas (Irã) de Ez 38:5.

 

Ocorre que os fatos indicam que o tempo está se esgotando e a guerra poderá se iniciar dentro de algumas semanas, provavelmente até o início de 2012. Vejam que Israel, a partir deste início de novembro de 2011, já fala abertamente em atacar o Irã, e assim dar início à Terceira Guerra Mundial, pois já havíamos comentado em outro estudo que, de acordo com Ez 39:6, Deus também envolveria "os que habitam seguros nas ilhas" no conflito, dando-lhe um caráter mundial, já que estas "ilhas" a que se refere o Senhor representam os demais continentes do planeta envolvidos pelos oceanos na visão dAquele que do alto tudo contempla.  Confira as declarações de Israel sobre atacar o Irã dando início a este conflito profetizado há mais de 2.500 anos:          

 

02/11/2011:

 
Israel testou míssil de longo alcance para ser utilizado na guerra contra o Irã, aumentando as especulações sobre um ataque iminente de Israel contra o Irã. Confira no link abaixo:

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/11/israel-testa-missil-de-longo-alcance.html

 

03/11/2011:

 

Irã eleva o tom e diz estar preparado para eventual ataque de Israel. Em pesquisa realizada em Israel, maioria da população aprova o início da guerra contra o Irã. Confira no link abaixo:

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/11/ira-diz-que-esta-preparado-para-eventual-ataque-de-israel.html

 

04/11/2011

 
Presidente de Israel sugere que Israel está perto de ação militar contra o Irã. Observe no link abaixo:

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/11/peres-sugere-que-israel-esta-perto-de-acao-militar-contra-o-ira.html

 

05/11/2011

 
Aumenta a possibilidade de um ataque de Israel ao Irã. Verifique abaixo:

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1686448-7823-AMEACA+DE+UM+ATAQUE+ISRAELENSE+AO+IRA+GANHA+FORCA,00.html

 

06/11/2011

 
Novamente o presidente de Israel prevê que o ataque contra o Irã é mais provável que uma ação diplomática.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/11/peres-ataque-contra-ira-e-mais-provavel-que-acao-diplomatica.html

 

E os ataques verbais de parte a parte não param. No entanto, o que tem intrigado as pessoas, inclusive a mídia, é que os líderes de Israel, apesar de fazerem referência a  outros países que o poderiam apoiar, têm reconhecido publicamente que, nesta guerra contra vários países, Israel deverá lutar sozinho sem ajuda de nenhum país, nem sequer dos EUA. Confira a declaração do Ministro da Defesa de Israel dada em 03 de novembro de 2011 no link abaixo:

 

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/11/possibilidade-de-ataque-ao-ira-e-debatida-em-israel.html    

 

Como os irmãos puderam verificar, o ministro da Defesa de Israel afirma perante o Parlamento que: "Pode ser criada uma situação no Oriente Médio na qual Israel tenha de defender seus interesses vitais de forma independente, sem ter que se apoiar necessariamente em forças regionais ou extrarregionais", dando a entender que, nesta guerra, Israel terá de lutar sozinho contra todos os seus inimigos, cumprindo a Palavra de Deus em Ez 38:23.

 

23 Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor.

 

Na verdade, o Senhor quer pelejar junto com Israel, sem nenhuma ou com mínima interferência de outro país. Foi assim em toda a Bíblia. Em Juízes 7:2, depois de Israel ter se apresentado com 32.000 homens para lutar contra os midianitas, o Senhor assim disse a Gideão:

 

2 Disse o Senhor a Gideão: O povo que está contigo é demais para eu entregar os midianitas em sua mão; não seja caso que Israel se glorie contra mim, dizendo: Foi a minha própria mão que me livrou. (Jz 7:2)

 

O Senhor não queria que Israel pensasse que venceu com suas próprias forças, de tal modo que escolheu apenas 300 homens (menos que 1% do total inicial de 32.000 homens) para batalhar contra todo o exército dos midianitas conforme  Jz 7:7: 

 

7 Disse ainda o Senhor a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam a água vos livrarei, e entregarei os midianitas na tua mão; mas, quanto ao resto do povo, volte cada um ao seu lugar. (Jz 7:7)

 

E não faltam exemplos nas Escrituras, Davi com uma funda e cinco pedras derrotou o gigante todo equipado e, em seguida, os filisteus; Moisés e o povo de Israel escravo, sem armas, saíram do Egito e atravessaram o Mar Vermelho, ao passo que Faraó com seu exército foi sepultado no mesmo mar. Assim é o Senhor, e assim será Ele em breve glorificado no Oriente Médio.     

 

Desta forma, temos a segurança de que o mesmo Espírito que falou em Ez 38 e 39, que está se cumprindo diante de nossos olhos, é o mesmo que profetizou o arrebatamento (I Ts 4:16-17; I Co 15:51-52; Ap 3:10-11, etc). No acordo de paz dessa guerra, dá-se início à Grande Tribulação nesta Terra (Dn 9:27 e Ez 39:9). Ao mesmo tempo, os céus estarão celebrando as Bodas do Cordeiro, Jesus e os arrebatados, regozijo indescritível (Ap 19:7-9).    

 

Israel já está assumindo o glorioso papel que lhe está reservado pela Palavra Profética para os tempos finais. Por seu turno, cada cristão, que deseja ser nomeado para tomar parte do Reino Eterno de Jesus a ser estabelecido em breve, tem de, sem demora, assumir o seu testemunho, porfiando por entrar pela porta estreita (Lc 13:24), guardando a Palavra do Senhor, para evitar a grande tribulação que se aproxima. Confira as Palavras de Jesus em Ap 3:10-11:

 

"10 Porquanto guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a terra.

11 Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa."

 

IV – O REVELADOR COMERCIAL DA "JOHNNIE WALKER"  

 

Mas há barreiras a vencer até o hino da vitória. O poder das trevas não está parado. Vai procurar lançar suas últimas ciladas no intento de impedir que alguns cristãos cheguem ao gozo eterno. As trevas "apostam suas fichas", neste final de ano, como de costume, na idolatria do São Nicolau que, no Brasil é conhecido por Papai Noel, associado ao "pinheiro de natal", idolatria importada das profundezas das trevas, gerada por Semíramis de Babel, dentre outras tantas aberrações correlatas.

 

Se os irmãos leitores quiserem saber mais sobre o Natal, leiam o excelente artigo "Os Feriados de Origem Pagã e Como Foram Adotados no Mundo Ocidental" acessível no link abaixo:

 

http://www.espada.eti.br/n1796.asp

 

Afinal, Satanás conhece bem as Escrituras – tentou até usá-las contra o seu próprio Senhor, ao tentá-lo (Mt 4:6) – sabe que os que tolerarem à Jezabel romana e suas idolatrias natalinas - herança de Baal - ficarão para a grande tribulação conforme assegurado pelo próprio Jesus (Ap 2:20-22). A antiga serpente sabe que o Senhor não elegeria para sua Noiva quem flertasse com outro deus, sabe que o Senhor não negocia a exclusividade de sua adoração, por isso Satanás não se importa que os cristãos cultuem ao Senhor, desde que venham a coxear entre dois caminhos, como os israelitas na época de Elias (I Rs 18:21). A fórmula das trevas é antiga: Pode celebrar a Cristo, desde que o faça na presença dos amuletos de Baal tais como a árvore e guirlandas natalinas. Para completar a apostasia, bastaria introduzir a heresia do São Nicolau - ou Papai Noel como ele é conhecido no Brasil.

 

É por essa razão que o Senhor está advertindo em Ap 18:4-5, ao se referir à Babilônia romana, com a qual lamentavelmente alguns cristãos têm flertado de muito perto:

 

"4 Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.

5 Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela."

 

A seguir, será visto que o próprio Baal já se levantou para ser adorado neste Natal: É o que mostra o recém-lançado e revelador comercial da "Johnnie Walker". Nele se diz explicitamente que o gigante (Baal) não está mais adormecido. Para que os irmãos entendam o significado do comercial, diz a lenda que o irmão de Baal, "Motu", o enviou às profundezas e, no tempo certo, ele, Baal, despertará. Nos EUA, inclusive existe uma estátua de Baal levantando da terra.  

 

Reparem que, no referido comercial, há um momento que a cabeça de Baal se confunde com o sol, confirmando ser ele o deus-sol de Jezabel. Outro ponto fundamental do comercial reside no fato de que o corpo de Baal se apresenta, em todo o comercial, sempre coberto por árvores, as quais representam seu principal símbolo, desde a época de Ninrode de Babel (Gn 10:8-10). Observem que, mesmo de pé, as árvores não caem de seu corpo. Desde aquele período pós-diluviano, inclusive na época do profeta Elias, acreditavam os pagãos (e ainda acreditam) que a árvore de natal cultuada em 25 de dezembro representa Ninrode reencarnado em Tamuz (Baal)! Assim esta abominação é entronizada em muitos lares, inclusive cristãos.  Observem que, no fim da propaganda, é passado claramente o seu aviso: "O gigante não está mais adormecido".  Confira o comercial no link abaixo.

 

http://www.youtube.com/watch?v=IY3FoYwAu5U

 

Interessante que os mentores do comercial:

 

- devem saber que está chegando o tempo de Baal, ao dizerem que ele não está mais adormecido. De fato, o Espírito Santo será em breve removido junto com os fiéis arrebatados, deixando o caminho livre para Baal e seu Anticristo deixarem as pessoas maravilhadas, tanto como mostrado no comercial, como previsto em Ap 13;3: "...Toda a terra se maravilhou, seguindo a besta";

 

- devem saber da data de sua celebração. De fato, pois o comercial começou a ser veiculado, agora, próximo ao Natal;

 

- devem saber sobre o seu símbolo principal: as árvores natalinas. De fato, elas cobrem seu corpo durante todo o comercial;

 

- devem saber que se trata do deus-sol. De fato, no meio do comercial ocorre a superposição do sol com a cabeça do gigante.

 

A mensagem é tão clara que até muitos dos não crentes sabem o significado do comercial sobre Baal ou o deus-sol. Fica óbvio que, aqueles que levantarem um altar para Baal, através da "árvore de natal", certamente conhecerão sua verdadeira identidade durante a grande tribulação nesta Terra, pois como o comercial garante: "Ele não está mais adormecido".

 

Irmãos amados, ele já despertou, mas sabemos que só poderá entrar em ação depois que o Senhor Jesus retirar a igreja fiel desta Terra, pois "Deus não deixa perecer aquele que é fiel". Esta mensagem se encontra no louvor desta mensagem: "Apocalipse", em clipe oficial, na voz da cantora Damares: uma inspirada mensagem interpretada pela serva de Deus. Basta acessar o link abaixo e acompanhem a letra do louvor, que também é exibida no clipe:

 

http://www.youtube.com/watch?v=oXA6Wx6dTGE&NR=1           

 

Que Deus os abençoe

 

De seu irmão em Cristo,

 

Antonio Calil

 

 

 

 

     

  

 




--
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

Nenhum comentário:

Postar um comentário