Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Julgar ou não julgar!!!


De: James, o crente

Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, amados em Cristo.
Apresentamos atualização em nosso humilde espaço - Jesus, o maior Amor –, para tanto, gostaríamos de receber a honra de vossas ricas visitas, examinem, suas participações são muito bem vindas, suas críticas, sugestões e colaborações, para que, a cada dia mais, possamos falar e testemunhar do Amor Fraternal de Deus, por nós, imagem e semelhança do Criador.

Deus seja louvado, somente a Ele, toda honra, toda glória, e todo louvor, para hoje e sempre. Amém!  


Não julgueis...??

.

É necessário conhecermos a Palavra de Deus, e dEla termos entendimento, para nos precaver de não ser exemplo daquela passagem de 2Timóteo 3, quando diz que "aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade"...



Somente conhecer e usar versículos sem saber o entendimento pelo qual estes versículos têm seu fim, é pior do que não conhecer a Palavra de Deus ["Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado" – 2Pedro 2], e muitos têm entrado por este caminho e usado versículos isolados de toda e qualquer maneira, seja para justificar uma coisa que não condiz com a sã doutrina bíblica, seja para, chegando ao cúmulo, de atacar ou agredir a outrem...


Sempre que trazemos mensagens e comentários contrários a muitas ações que existem dentro das "instituições religiosas com nome de igreja" (ou igrejas em geral, as evangélicas, por exemplo), aparecem os "santinhos" e com suas celebres frases querem nos qualificar de "juízes", dizendo que estamos julgando as pessoas!!


Ora, ora, ora, como são faltosos em entendimento bíblico!! 


Falam em demasia do "não julgueis", mas, é imperioso que entendamos do que se fala, por que na realidade bíblica, o SENHOR nos ordena ao "juízo":


"Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça" [João 7];


Portanto, o entendimento bíblico qualifica que o SENHOR está nos ordenando que comparemos as atitudes das pessoas com a Sua reta justiça, ou seja, quando mostramos estas aberrações religiosas, por exemplo, as sessões de descarrego, ou os pula pula com gritarias histéricas nos cultos, ou a cobrança indevida de dízimos... quando assim denunciamos, estamos trazendo juízo pela Palavra de Deus, ou se preferir, não estamos condenando ninguém mas mostrando que eles estão errados diante do ensinamento bíblico...


... será que é difícil entender a diferença do "não julgueis" como juízes, mas, julgueis como mostrando a Verdade que liberta???


Aliás, o que estou tentando fazer, mostrando os erros e mentiras doutrinárias que encontramos em diversas "instituições religiosas com nome de igreja" (ou igrejas evangélicas, e em todas as demais igrejas e religiões) que estão usando, por exemplo, a obrigatoriedade dos dízimos aos mais simples para se enriquecerem, está contido na Palavra de Deus:


Assim diz o SENHOR: "Exercei o juízo e a justiça, e livrai o espoliado da mão do opressor; e não oprimais ao estrangeiro, nem ao órfão, nem à viúva; não façais violência, nem derrameis sangue inocente neste lugar" [Jeremias 22];


Portanto, não sou hipócrita, pois, sei que tenho uma trave no meu olho que ainda me impede de ser perfeito [Mateus 7.3; Lucas 6.42], por que se a não tivesse, já teria partido para o SENHOR, mas, como ainda preciso perseverar na sã doutrina bíblica para chegar a salvação, falo e escrevo o que se encontra em minhas mensagens, e isto é por ordenança divina:


"Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados" [Isaías 58].


E, também, assim falou o SENHOR dos Exércitos, dizendo: "Executai juízo verdadeiro, mostrai piedade e misericórdia cada um para com seu irmão... Estas são as coisas que deveis fazer: Falai a verdade cada um com o seu próximo; executai juízo de verdade e de paz nas vossas portas" [Zacarias 7 e 8].



Por Cristo. Em Cristo. Para Cristo. Nos interesses de Sua Igreja.
Fraternalmente,    irmão James.
 

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

EVIDÊNCIAS BÍBLICAS SOBRE A ÉPOCA DA VOLTA DE JESUS

---------- Mensagem encaminhada ----------

De: Antonio Calil

 

Irmãos em Cristo, a Paz do Senhor esteja convosco,

 

Acessando seu site, senti de Deus compartilhar com os irmãos o estudo em anexo sobre a Volta iminente de Jesus.

 

Jesus nos disse "Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam" (Jo 5:39).

 

Foi nas Escrituras que Deus revelou ao povo de Israel a época em que este seria libertado do Egito (Gn 15:13);

 

Foi nas Escrituras que Deus revelou aos do cativeiro da Babilônia a época em que seriam livres do cativeiro (Jr 29:10);

 

Foi nas Escrituras que Deus revelou à humanidade a época da Primeira Vinda de Jesus (Dn 9:24-26) para anunciar que era chegado o Reino dos Céus (Mt 10:7) para salvar todo servo fiel do poder das trevas, do mundo e do pecado;

 

Agora, será que a definitiva implantação do Reino dos Céus nesta Terra - a começar pelo arrebatamento da igreja de Jesus, passando pela grande tribulação e, por fim, pela redenção de Israel na batalha do Armagedom - não seria revelada por Deus nas Escrituras Sagradas? Sem dúvida, constam nas Escrituras diversas passagens apresentando a época dos acontecimentos finais para que a conheçamos.   

  

O fato de seu povo não saber o tempo de sua visitação (a época de sua 1ª vinda) fez com que Jesus lamentasse sobre a cidade de Jerusalém, pois esta não conheceu o tempo de sua visitação e por isso seus habitantes passariam por juízos terríveis e inevitáveis: 

 

"E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da sua visitação" (Lc 19:44).

 

Que muitos possam discernir o tempo de nossa visitação (a volta de Jesus) revelado nas Escrituras  para que, preparados e vigilantes, evitemos passar pelo juízo mundial que se aproxima, escapando via arrebatamento. Leiam o estudo e divulguem-no, gratuitamente, enquanto há tempo, pois o tempo da graça está por terminar.

 

De seu irmão em Cristo,    Antonio Calil 

 

 

EVIDÊNCIAS BÍBLICAS SOBRE A ÉPOCA DA VOLTA DE JESUS

 

O dia e a hora não sabemos (Mateus 24: 36), mas a época do arrebatamento que dá início à 2ª Vinda de Jesus não nos surpreenderá (I Tessalonicenses 5: 4). Há uma enorme diferença entre se saber o dia e a hora (dado este que ninguém sabe a não ser Deus) e a época do arrebatamento que o Senhor nos revela através de sua Santa Palavra. 

 

Da mesma forma que Deus anunciou, 800 anos antes, à Abraão (Gen 15:13) que o povo de Israel seria libertado do Egito após 400 anos de aflição;

 

Da mesma forma que Deus anunciou a Jeremias (Jer. 29:10), 100 anos antes, que o povo de Judá e Israel seria libertado da Babilônia após 70 anos de cativeiro;

 

Da mesma forma que Deus anunciou a Daniel (Dan 9:24-26), 550 anos antes, a época da 1ª vinda de Jesus, o Messias e Redentor de Israel;

 

Desta mesma forma, o próprio Jesus e seus profetas nos revelaram sobre a época de sua 2ª vinda que, em suma, será o maior acontecimento de toda a história do povo de Deus (Igreja e Israel) e de toda a humanidade, e que será desencadeada pelo arrebatamento da Igreja fiel. Serão estas evidências inquestionáveis que abordaremos nas próximas linhas.           

 

 

I) Observe que para o Senhor, 1.000 anos = 1 dia (II Pedro 3:8 e Salmos 90:4) 

 

Ao tratar da 2ª vinda do Senhor, o apóstolo Pedro em sua 2ª carta no capítulo 3, em especial no versículo 8, nos revelou algo que não devemos ignorar quando o assunto é a 2ª vinda.

 

8

Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.

9

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

10

Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.

 

1ª Evidência (para Igreja e para Israel)

 

Em diversas bíblias e até em dicionários, verifica-se facilmente que Adão foi criado em torno de 4.000 anos a.C. Logo, de acordo com a equação de II Pedro 3:8: Se 1.000 anos é igual a 1 dia, logo 4.000 anos é igual a 4 dias. De Jesus Cristo até os dias atuais se passaram aproximadamente 2.000 anos, ou seja, 2 dias. Logo se somarmos 4 mais 2 resultam 6 dias.  Interessante que Jesus Cristo nos revela no evangelho de João 5: 17 o seguinte:

 

17

E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.

Ora, como é que o Pai trabalha até agora, se no livro do Gênesis 2:3 diz que Deus descansou no sétimo dia? Veja:

 

3

E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera.

 

Ocorre que o dia de descanso ainda não chegou, mas está na iminência de chegar, uma vez que já são passados cerca de 6.000 anos desde Adão, ou seja, 6 dias já são passados, e o sétimo dia, que é o de descanso, que deve corresponder a 1.000 anos, é tratado na Bíblia em Apocalipse 20:1-2,6:   

 

1

E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão.

2

Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos.

6

Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.

 

1.000 anos sem Satanás, com Jesus Cristo reinando nesta Terra no seu Reino Milenar de Paz. Como 1.000 anos é igual a 1 dia, este dia de paz corresponde ao dia de descanso de Gênesis 2:3, e está na iminência de se iniciar. Os seis primeiros dias, ou seja, os cerca de 6.000 anos desde Adão até hoje se findarão com a 2ª vinda do Senhor que se inicia com o arrebatamento da Igreja do Senhor.

 

2ª Evidência (para a Igreja)

 

Na parábola do Bom Samaritano em Lucas 10:35, o samaritano que representa o Senhor Jesus, ao partir para viagem, tira dois dinheiros (dois denários) e os dá ao hospedeiro dizendo, em síntese: Cuida do ferido e quando eu voltar to pagarei o que for devido.     

 

33

Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão;

34

E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele;

35

E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar.

 

De acordo com os dicionários bíblicos, 1 denário é igual a 1 dinheiro, moeda romana de prata usada na época de Jesus, que correspondia ao salário que um trabalhador da época recebia por 1 dia de trabalho. Ora, se o samaritano (Jesus) tirou dois dinheiros para pagar ao hospedeiro seu trabalho até que voltasse, é porque voltaria em dois dias (já que um dinheiro paga 1 dia de trabalho). Repare que, como 1 dia para o Senhor equivale a 1.000 anos, ao indicar que voltaria em dois dias, o Senhor nos aponta que retornaria por volta de 2.000 anos. Logo, esta é mais uma evidência de que a vinda do Senhor é para os nossos dias.          

 

 

II) Observe que para o Senhor, 1.000 anos = 1 vigília, de acordo com Salmos 90:4.

 

1

[Oração de Moisés, homem de Deus] SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.

2

Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus.

3

Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Tornai-vos, filhos dos homens.

4

Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite.

 

De acordo com os dicionários bíblicos, nos tempos bíblicos, a noite se dividia em quatro vigílias, sendo a 1ª vigília de 18:00 hs às 21:00 hs, a 2ª vigília de 21:00 hs à meia-noite, a 3ª vigília de meia-noite às 03:00 hs e a 4ª vigília de 03:00 hs às 06:00 hs.       

 

 

3ª Evidência (para a Igreja)

 

Em Lucas 12: 37-38, o Senhor Jesus, ao tratar de sua 2ª vinda, na parábola do Servo Vigilante, revela que poderá vir na 2ª na 3ª vigília.

 

37

Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá.

38

E, se vier na segunda vigília, e se vier na terceira vigília, e os achar assim, bem-aventurados são os tais servos.

 

Repare que como 1.000 anos é igual a 1 vigília, a 2ª vigília corresponde ao 2º milênio e a 3ª vigília ao 3º milênio. Ou seja, quando Ele se refere à possibilidade de voltar na 2ª ou 3ª vigília aponta para a transição do 2º para o 3º milênio, ou seja, para os nossos dias.          

 

4ª Evidência (para a Igreja)

 

Ora, para que não houvesse dúvidas sobre a parábola do servo vigilante acima comentada, em Mateus 25:6, ao tratar também de sua 2ª vinda, o Senhor, nos revela, na parábola das 10 virgens, que o esposo retorna à meia-noite, ou seja, exatamente na transição da 2ª para a 3ª vigília. Veja:

 

5

E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram.

6

Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.

 

Pare para pensar, o Senhor Jesus não se conteve como na parábola do Servo Vigilante, mas deixou bem claro, que sua vinda é entre a 2ª vigília e a 3ª vigília, à meia-noite, especificamente, na época de transição entre o 2º e o 3º milênios. O que não se sabe é se a contagem é do nascimento ou de outro evento de sua vida como sua ressurreição ou ascensão aos céus, mas que é para os nossos dias não restam dúvidas.     

 

 

 5ª Evidência (para Israel)

 

Em Oséias 6:1-2, a profecia é dirigida para Israel que foi despedaçado e ferido partindo para a Grande Dispersão no 70 d.C, com a invasão e destruição de Jerusalém pelo General Romano Tito  .

 

1

Vinde, e tornemos ao SENHOR, porque ele despedaçou, e nos sarará; feriu, e nos atará a ferida.

2

Depois de dois dias nos dará a vida; ao terceiro dia nos ressuscitará, e viveremos diante dele.

 

Repare que a vida é recebida, após cerca de dois dias = 2.000 anos, tendo sido fundado o Estado de Israel, em 14 de maio de 1948 e que será ressuscitado (voltará para o Senhor) por ocasião de sua 2ª vinda no terceiro dia (terceiro milênio já iniciado).    

 

 

6ª Evidência (para a Igreja e para Israel)

 

Em Mateus 24:32-36, Jesus nos revela um limite para que todas estas coisas aconteçam (sua 2ª vinda), através da parábola da figueira, inclusive garantindo que estas Palavras são mais firmes do que o céu e a terra.   

 

32

Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.

33

Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.

34

Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.

35

O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.

 

Israel na Bíblia é comparado freqüentemente com uma videira e com uma figueira (Joel 1:12). Ora, a figueira passou a brotar folhas e tornar seus ramos tenros a partir de 14 de maio de 1948, quando da fundação do Estado de Israel. Ocorre que o Senhor nos revela que não passará a geração dos ramos e das folhas da figueira sem que todas estas coisas aconteçam. Ora, de acordo com a Bíblia uma geração dura cerca de 70 anos. É o que nos revela o Livro dos Salmos 90:10:     

 

10

Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando.

 

Assim 70 anos depois da figueira ter brotado suas folhas e seus ramos, chegamos ao ano de 1948 + 70 = 2018, que seria o limite para o cumprimento de toda a Palavra Profética relativa à 2ª vinda do Senhor.   

 

Ora, como o arrebatamento deve ocorrer no mínimo 7 anos antes da segunda vinda gloriosa do Senhor Jesus, poderíamos entender que este se daria a partir de 2011. Digo no mínimo, porque pode acontecer o Arrebatamento e demorar algumas semanas ou até meses para que a Nova Ordem Mundial coloque o Anticristo no poder, e os 7 anos só começam a contar a partir do acordo de paz que ele fará com Israel. Pode ser que o Arrebatamento ainda não aconteça em 2011, porém fiquem atentos, porque pouco tempo nos resta, somos a geração que verá a volta do Senhor Jesus.

 

Há muitas outras evidências, e TODAS apontam que a 2ª vinda do Senhor é para os nossos dias.

 

Alegremo-nos, porque a nossa redenção e vitória eterna se aproximam.

 

Prepara-te para que não fiques para trás, e não percas esta oportunidade única que é o arrebatamento da Igreja do Senhor, pois Ele está às portas. Lembra-te que hoje você sabe o que vai acontecer nos próximos dias, só não serás salvo se não quiseres, portanto abandone todo o pecado que te afastas do Senhor: um futuro de glória eterna se anuncia para você.

 

Não estamos aqui marcando datas, apenas prestando atenção aos sinais, pois Deus nunca deixou de avisar e alertar sobre os Seus planos. E "o dia e a hora que somente o Pai sabe", é para a segunda vinda de Jesus e não para o Arrebatamento. Jesus deixou claro que não se saberia apenas o dia e a hora de seu retorno para Israel, não disse que não seria possível sabermos o ano, ou as proximidades, bastava apenas prestarmos atenção aos sinais. E é isto que estamos fazendo, prestando atenção aos sinais, aguardando a volta do Senhor, almejando, vivendo para essa Gloriosa Esperança. Estamos ligados, acordados, com as botijas cheias de azeite, somos prudentes.

 

Divulguem estas Escrituras para que outros sejam despertados nestes dias que antecedem o fim do tempo da graça. Que Deus os abençoe.  

 

Autor: ANTONIO CALIL



--
http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://ofinaldetudovem.blogspot.com/


http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".



sábado, 15 de janeiro de 2011

Estes são sinais dos tempos?

Tradução pelo Google. Arrebatamento antes da tribulação.

http://www.bibleprophecyblog.com/2010/11/are-these-signs-of-times.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+BibleProphecyBlog+%28Bible+Prophecy+Blog%29

Estes são sinais dos tempos?

Por Greg Laurie
Harvest Ministries

Algum tempo atrás, eu estava em um restaurante em Arkansas. Com meus amigos e eu falei com o servidor e o convidei para o evento onde eu estaria falando naquela noite, ele me perguntou: "Você acha que estamos vivendo nos últimos dias? Você acha que Jesus Cristo vai voltar ainda durante a minha vida? "

Com tudo o que está acontecendo em nosso mundo de hoje, um monte de pessoas estão fazendo essa pergunta. Olhando para os recentes terremotos e tsunamis, a agressão da Coreia do Norte, as novas capacidades nucleares que estão sendo desenvolvidos pelo Irã e pela contínua ameaça do terrorismo global, pode levar até mesmo os céticos a se perguntar se estes são os tempos do fim que a Bíblia fala. Estamos vivendo nos últimos dias? É o fim do mundo próximo? Jesus Cristo vai voltar de novo?

Não há maior evento que jamais acontecerá no mundo do que a segunda vinda de Jesus Cristo. E isso vai acontecer. Não é uma questão de se, mas quando. Eu não sou o único que acredita nisso. Uma pesquisa Gallup revelou que 66 por cento dos americanos acreditam que Jesus Cristo está voltando para a Terra no futuro. Ou seja os americanos, pelo menos, 25 por cento mais do que aqueles que se dizem cristãos nascidos de novo. Portanto, não são apenas os cristãos que necessariamente acreditam. Um monte de pessoas estão começando a se sentar e tomar nota, e eles acreditam que Cristo está voltando novamente.

Quando Jesus foi perguntado qual sinal de seu retorno seria, ele pintou um retrato de um mundo dilacerado por conflitos e guerras, um mundo abalado por grandes terremotos e devastado pela peste, e um mundo onde haveria fome no meio da abundância. Ele disse:
"Haverá sinais no sol, lua e estrelas. Na terra, as nações estarão em angústia e perplexidade pelo bramido ea agitação do mar. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo, para a corpos celestes serão abaladas "(Lucas 21:25 NVI).
O tsunami catastrófico de 26 de dezembro de 2004, foi causado pelo terremoto submarino quarta mais poderosa do registro, um terremoto tão forte que ele mudou toda a ilha de Sumatra, 100 metros a sudoeste da sua posição de pré-terremoto. Os geólogos disseram que, literalmente, colocou o planeta inteiro vibrar e realmente interferiu com a rotação da Terra à medida que o tempo parou por três milésimos de segundo.

De acordo com os EUA Geological Survey, dos terremotos estão a aumentar. A cada década durante os últimos cinco décadas aumentou o número de terremotos - e não apenas menores, mas que agora são chamados de "terremoto assassino." Parece que cada catastrófico terremoto que ocorre é dito ser o mais forte que nunca. Em seguida, outro terremoto assassino virá junto que é ainda pior do que os anteriores.

Jesus comparou esses sinais a uma ocorrência familiar humana. Ele disse que eles são o princípio das dores de parto, ou as dores do parto. Eles são os sinais dos tempos, a Bíblia nos diz estar à procura de que nos alertam para o fato de que Jesus Cristo está voltando novamente. Então, como podemos ver essas coisas acontecem e aumento da frequência, isso significa que sua vinda está próxima.

Algumas pessoas afirmam isso vem acontecendo há centenas de anos, que toda a gente pensa que Jesus está voltando em sua vida. Vou conceder isso, mas eu gostaria de salientar uma coisa para pensar: algo realmente significante aconteceu em 14 de maio de 1948. O povo judeu que tinha sido perseguido ao longo da história, que havia sido assassinado na casa dos milhões por Hitler, começaram a retornar - como se na hora - para sua terra natal. E naquele dia, em 1948, Israel foi novamente uma nação. Após a Guerra da Independência, o moderno Estado de Israel foi declarada, o cumprimento de uma profecia bíblica muito significativa. Não foi apenas um sinal, era um sinal de super-. E isso aconteceu contra todas as probabilidades.

Ainda assim, ele deixou a cidade de Jerusalém dividida, com a Jordânia, mantendo o controle da cidade antiga, incluindo o Monte do Templo e mais da zona histórica. Mas, durante a Guerra dos Seis Dias, em 1967, as forças israelenses foram capazes de capturar a cidade velha e reunificar toda Jerusalém. A cidade de Jerusalém estava sob controle judaico, pela primeira vez em muitos séculos, e uma outra profecia bíblica tinha sido cumprida. O profeta Ezequiel disse que o povo judeu seria dispersa e, em seguida, regathered. Após isso ocorre, ele profetizou, Israel seria, então, isolados e finalmente atacado.

A Bíblia nos diz que o fim do mundo como nós o conhecemos, culminando na batalha final do Armagedom, que acontecerá no Oriente Médio. Ele também nos diz que Jerusalém será uma parte fundamental de que, como as nações do mundo girar contra ela. Em Zacarias 12:2-3, Disse Deus:
"Eu vou fazer de Jerusalém um copo que envia todos os povos vizinhos cambaleando. Judá será cercada, assim como Jerusalém. Naquele dia, quando todas as nações da Terra estão reunidos contra ela, eu farei de Jerusalém uma pedra pesada para todas as nações. Todos os que tentam mover ele vai se machucar ".
É por isso que não devemos ter esperanças muito alto quando vemos um outro tratado de paz no Oriente Médio a ser assinado. Pode haver uma cessação da violência temporariamente, mas ele irá chutar novamente, de acordo com o que a Bíblia diz. Deus diz que essas coisas vão acontecer, e ele está nos dizendo que eles são avisos de que devemos prestar atenção.

Francamente, não sabemos o que vai acontecer em nosso mundo. Qualquer um de nós pode ser vítima de terrorismo ou de criminalidade violenta nestes tempos de volatilidade em que vivemos. Eu gostaria de poder dizer que nunca haverá outro tsunami ou outro terremoto ou outro furacão ou outro ataque terrorista. Mas vivemos em um mundo decaído. E nós sabemos que vai chegar ao fim.

Assim é o fim do mundo próximo? Eu não sei ao certo, mas é evidente que há sinais dos tempos. Ao mesmo tempo, nunca se sabe quando a vida chegará ao fim. As estatísticas sobre a morte são bastante impressionantes: Um em cada pessoa vai morrer. Não há exceções. E não há chances após a morte para responder à oferta de salvação de Deus através de Jesus Cristo. Mas existem centenas, talvez milhares, antes, agora. JESUS ESTÁ TE ALERTANDO, através de centenas de pessoas pela internet, pessoalmente, pela Bíblia, etc..., não deixe para amanhã, escolha ser salvo hoje.

Sete grandes sinais proféticos da Segunda Vinda

Texto traduzido pelo Google, não é uma tradução 100%, mas dá para entender. Lembremos que esses sinais que o autor fala abaixo são para a Segunda Vinda de Jesus, o Arrebatamento acontece no mínimo 7 anos antes da Segunda Vinda. Se estamos já vivendo os sinais para a Segunda Vinda de Jesus, então imaginem o quão próximo está o Arrebatamento da Igreja.


http://gracethrufaith.com/estudios-biblicos-en-espanol/siete-senales-profeticas-principales-sobre-la-segunda-venida-3/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+Gracethrufaith+%28GraceThruFaith%29

Sete grandes sinais proféticos da Segunda Vinda

Um comentário por Jack Kelley
Décimo Relatório Anual de Atualização, janeiro de 2011
Existem sete grandes sinais proféticos da Segunda Vinda, e agora todos eles estão em algum estágio de cumprimento. Como nos anos anteriores, vou listar as sete com suas referências bíblicas e oferecendo um comentário sobre acontecimentos atuais.

1. Israel voltar para sua terra ... Ezequiel 36:8-12, 37:21

Conversando com a Terra, Deus disse:
"Mas vós, ó montes de Israel, vai produzir ramos e dar o vosso fruto para o meu povo de Israel, pois eles virão. Pois eis que eu estou por você, por você eu vou ficar, e devem ser lavrados e semeados. E multiplicarei homens sobre vós, toda a casa de Israel, toda ela, e as cidades serão habitadas, e as ruínas reconstruídas. Sobre vós multiplicarei homens e animais, e eles se multiplicarão e crescer, e eu vou resolver como você usou para uma vez, e torná-lo mais benefícios do que os seus princípios, e saber que eu sou o SENHOR. E eu vou andar em cima de você, meu povo de Israel, e possuí-lo, e você será sua herança, e nunca mais os desfilharás "
E o povo de Israel,
"Assim diz o Senhor: Eis que eu tomarei os filhos de Israel dentre as nações que foram, e os congregarei de todos os lados, e trazê-los à sua terra."
Embora Ezequiel escreveu estas palavras, enquanto os israelitas estavam na Babilônia, não foram cumpridas quando o país retornou do exílio. Tal como Isaías diante dele "(Isaías 11:11) Ezequiel estava falando da final e segundo retorno. Portanto, em 1948, quando Israel tomou o seu lugar entre as nações do mundo pela primeira vez em quase dois mil anos, os estudiosos reconheceram o cumprimento da profecia de que o primeiro sinal que indica que o fim de uma era estava se aproximando. Jesus disse que algumas pessoas da geração que nasceu quando isso aconteceu, ainda estaria vivo quando Ele retornar ( Mateus 24:34) . Tanto o Salmo 90:10 e Isaías 23:15 indicam que o tempo médio de vida da Bíblia é de 70 anos. E desde que foi 62 anos desde que Israel se tornou uma nação novamente depois de estar ausente por quase 1900 anos de eruditos profecia ter dito que nós cremos que o fim da era está sobre nós.

2. Jerusalém será nas mãos de judeus ... Lucas 21:24

"E cairão pela espada e serão levados cativos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem."
O Senhor profetizou que a reunificação de Jerusalém uma cidade judaica seria um sinal da influência estrangeira (em espécie) em suas terras, e de fato o mundo, e seria finalizado ( Lucas 21:24 ). O cumprimento desta profecia começou em 1967, e os estudiosos viu outro importante sinal de que o fim da era tinha começado. O esforço quase mundial para dividir novamente a cidade é essencialmente uma luta de vontades. Quase todos os líderes de Israel têm sido firmes em seu compromisso de manter Jerusalém unida para sempre como a capital de Israel, mas os incrédulos, os líderes mundiais estão resolutamente determinado a dividi-lo.
O homem disse que no fim dos tempos Ele faria de Jerusalém um copo que faz cambalear a todos os povos, e pedra imóveis para todas as pessoas: quem quer se mudar, será despedaçado ( Zacarias 12:2-3 ). No ano passado, muitos dos ataques contra Israel concentraram-se em Jerusalém. Os líderes americanos, alguns deles tradicionalmente mais fiéis aliados de Israel, fizeram declarações públicas apelando Jerusalém como território ocupado do Oriente e exigiram que nenhum judeu mais casas são construídas lá. Eles ainda tentaram impedir a construção nos bairros que não estão em disputa. Ao longo do ano, a União Europeia tem sido forçado a emitir uma declaração formal de dividir Jerusalém e, assim, abrir espaço para um futuro Estado palestino que tem a capital em Jerusalém. Alguns países do Oriente Médio e América do Sul já disseram que estão trabalhando com os palestinos para introduzir uma resolução na ONU para declarar unilateralmente um Estado palestino na Terra Prometida, com Jerusalém Oriental como sua capital. Por trás de tudo isso, claro, é uma batalha espiritual de grandes proporções. Assim, enquanto não há nenhuma dúvida sobre o resultado, a luta continua a ser muito acirrada.
Eu vim a crer que Jerusalém não será verdadeiramente livre para ser "pisoteado" pelos gentios, até a volta do Senhor. A profecia de Daniel sobre o domínio dos gentios não terminará até que o Senhor estabeleceu o Seu reino ( Daniel 2:36-45 ), a profecia de Zacarias é que a cidade será capturado e dividido antes da volta do Senhor ( Zacarias 14:2 ), e as observações feitas por João no Apocalipse 11:1-2 dos gentios trilhando o pátio exterior do templo durante a tribulação, confirmam isso. Ainda assim, o fato de que Jerusalém está de volta nas mãos dos judeus é mais um sinal importante de que o fim está chegando.

3. Um exército muçulmano e coligação liderada pela Rússia irá atacar a Terra Prometida ... Ezequiel 38:2-6

"Filho do homem, o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque e Tubal, e profetiza contra ele, dizendo: Assim diz o Senhor: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal. E você de volta, e colocar ganchos em suas garras, e eu vou levar você e todos os seu exército, cavalos e cavaleiros, todos em toda equipada, uma grande companhia, com pavês e escudos, todos empunhando suas espadas Pérsia, Etiópia e colocar estará com eles , todos com escudos e capacetes, Gômer e todas as casa de Togarma suas tropas no extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo. "
Muitas referências históricas deixar claro que a Rússia moderna é Magog hoje, e que os outros países referidos aqui formar uma coalizão com base na religião comum, o Islã. (Hoje a Rússia é 30% muçulmana e em crescimento.) Entre eles estão o Irã, vários países Africano do Norte, países do Leste Europeu que fazem fronteira com o rio Danúbio, e as nações turcas da Ásia Menor. Um rápido olhar para um mapa do mundo irá revelar que essas áreas são o lar de algumas das mais radicais muçulmanos grupos terroristas. (Para uma explicação mais detalhada dos nomes modernos equivalentes aos nomes bíblicos, leia o artigo "Um olhar detalhado na Modern Equivalente a Biblical Names em Ezequiel 38 ).
Os russos são os principais fornecedores de armas para a coalizão muçulmana, assim como Ezequiel profetizou, e será chamado a entrar nesta batalha pelo mesmo Deus. política indisfarçável da Rússia para se tornar uma grande potência estrangeira no Oriente Médio, está nas mãos do Senhor. Irã e Rússia estão bem avançados na implementação de US $ 50 bilhões para fornecer o Irã à energia nuclear. Os dez reatores, como parte do negócio é suposto ser para a geração de eletricidade, mas a maioria dos líderes ocidentais suspeitam que esses reatores serão utilizados para fabricar bombas nucleares. Alguns especialistas dizem que o Irã se tornasse uma potência nuclear no ano passado, mas devido a danos causados pelo vírus misterioso computador Stuxnet, os especialistas acreditam agora que fazer uma bomba é de dois anos de distância. Israel reiterou o compromisso de impedir que isso aconteça, mas não ficaria surpreso se os EUA continuar fugindo de sua promessa de fazer o mesmo, apesar do fim do ano, a retórica emanadas de Washington pareceu colocar mais duro novamente.
Rússia também fez alianças comerciais e militares com a Turquia ea Síria, tornando-se o segundo maior parceiro comercial da Turquia, depois da Alemanha. A Rússia também vendeu Síria sistema de defesa aérea da mais recente tecnologia juntamente com seus mísseis de última geração anti-tanques e foguetes, e está construindo um porto militar no norte da Síria, para colocar parte de sua frota do Mar Negro lá. No Líbano, a inteligência militar russa tem praticamente assumiu o controle da cidade de Sidon, e espionar para Israel, Irã e Síria.
O maior obstáculo para um cumprimento antecipado desta profecia está se referindo ao ocorre num momento em que Israel irá "habitar sinto calma e confiança" ( Ezequiel 38:11 ). Isto certamente não é o caso hoje, mas no Salmo 83 encontramos uma profecia que ainda não foi cumprida e que parece envolver todos os vizinhos de Israel, em uma tentativa fútil de removê-lo do mapa. O salmista pede a Deus para intervir e derrotar os invasores de Israel. Uma vitória de Israel explica por que nenhuma dessas nações mencionadas em Ezequiel em sua lista de nações em conflito, e como Israel vai estar vivendo em um estado de percepção de segurança, exigida pela Ezequiel 38:11 . Dois dos vizinhos de Israel, o Hamas eo Hezbollah estão fazendo preparativos frenéticos para uma guerra e é relatado para esperar uma guerra breve. Não é que surpreendeu, estes preparativos estão sendo comprados e pagos pelo Brasil. Até 2010, outros especialistas de ambos os lados anunciaram publicamente seus temores de que uma guerra era iminente, mas no final deste ano, que ainda não aconteceu.
Mas dois outros pré-requisitos para a batalha de Ezequiel está claramente a ser cumpridos. Em estudos anteriores não conseguiram demonstrar que a Turquia está do lado dos muçulmanos na batalha de Ezequiel, mas durante anos a Turquia tem desfrutado de uma forte relação com Israel. Tudo isso mudou em 2010. Patrocinado pela tentativa da Turquia de quebrar o bloqueio de Gaza, foi uma relação tensa entre Israel e Turquia, chegando ao ponto de ruptura. O apoio popular à adesão da Turquia à UE também está em declínio, que é outro sinal de que as atitudes estão mudando para oeste. O primeiro-ministro turco Erdogan acredita que o destino da Turquia é reconstruir o Império Otomano, as potências do Oriente Médio. Está se comportando muito bem com o Irã ea Síria para cumprir sua missão. E por todas as aparências, não demorou muito para que a Turquia a terra sólida no domínio da coalizão muçulmana.
Até à data, Israel certamente não possuía nenhuma riqueza visível, por assim dizer, mas com a recente descoberta feita por Israel de petróleo e gás natural, que se diz valer bilhões de dólares, que podem produzir a riqueza necessária para Israel para se tornar um alvo atrativo. Isso pode valer a profecia de Ezequiel 38:13 , quando a Rússia localizar o saque. Pode haver gás natural suficiente para atender às necessidades de Israel por 100 anos e isso se torna um importador líquido para exportador líquido. E a Rússia está se envolvendo para trazer este gás para o mercado, de acordo com Ezequiel, irão para a guerra que irá resultar em uma tentativa frustrada de fazê-lo.
Eu acredito que a eliminação dos EUA como o maior aliado de Israel também é necessário para abrir o caminho para a batalha de Ezequiel, porque acredito que a coalizão muçulmana indo ao ataque, até que tivesse certeza de que os EUA não vai retaliar. Qualquer um dos vários cenários que estão executando, você pode conseguir isso, especialmente quando a política nacional dos EUA em relação a Israel está mudando. A recessão que se aprofunda a cada dia podem fazer-nos voltar para dentro e perder o interesse de defender Israel. A nova desvalorização do dólar nos mercados internacionais podem ainda não podemos. Os fundos devem ser emprestados e, como nossa capacidade de pagar a dívida existente está sendo questionado. A ocorrência de ameaça ou real de um grande ataque terrorista pode forçar-nos a afastar esse cenário. E, finalmente, o arrebatamento da Igreja não pode privar os EUA tanto a liderança eo elemento humano para responder. Qualquer uma destas situações significar problemas graves para os EUA e todos eles têm uma chance maior de acontecer este ano. Em suma, é melhor olhar para os EUA agora abandonando seu compromisso com Israel do que era há apenas alguns anos antes.
Quando for a hora certa, e que conduziu a sua igreja para o céu, o Senhor irá usar essa batalha para sincronizar a sua reconciliação com Israel, e na esteira do anticristo sairá com um plano de paz que inclui o Templo judaico. De modo que quando essa luta acontecer, a profecia do fim dos tempos vai se acelerar.

4. O antigo Império Romano vai ressurgir como um poder político ... Apocalipse 17:9-10

"Essa é a mente que tem sabedoria: As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher senta-se, e há sete reis. Cinco já caíram, um existe, eo outro ainda não chegou, e quando ele vem, ele deve continuar um tempo curto. "
Este é um pouco obscura, se você não sabe nada sobre a história. Quando João estava escrevendo isso, por volta do ano 95 dC, tinha apenas cinco potências mundiais, Egito, Assíria, Babilônia, Pérsia e Grécia. Todas elas foram conquistadas e absorvido por outro conquistador. O poder era Roma, que nunca foi realmente conquistado e que vão surgir no final da época, de acordo com Daniel 9:26 .
Daniel 2:36-45 descreve Domínio Gentílico partir do momento em diante Daniel (Egito e Assíria já tinha caído) em forma de uma grande estátua que representa os restantes quatro impérios, Babilônia era a cabeça de ouro. Pérsia era o peito e braços de prata. A Grécia foi a barriga e coxas de bronze, seguido de duas manifestações de Roma, as duas pernas de ferro (Roma Bíblia) e os dois pés de ferro misturado com barro (o Império Romano revivido). Leia-o atentamente e você vai encontrar algumas coisas interessantes na descrição dos pés, onde se ergue a estátua. Estes são feitos de ferro misturado com barro. Em primeiro lugar, esses dois materiais são misturados. Podemos imaginar um pedaço de barro com cola que é usado para juntar pedaços de ferro junto, mas a linguagem descreve um barro que é feita de pó e que tenha sido cozido ... o que o torna frágil como potes de barro. Não se pode fazer peças de ferro e de barro colhidas aleatoriamente para participar de um outro.
As duas pernas de ferro, descreveu as duas divisões do Império Romano nos tempos bíblicos, os ocidentais e orientais. Hoje, o território da Divisão Oeste é detido pela Europa, enquanto o território oriental compreende os países islâmicos do Oriente Médio. Estes são os dois pés de ferro misturado com barro, e ambos têm seus próprios problemas.
No momento da redação deste artigo a Divisão Oeste está nas cordas por causa de problemas financeiros. Alguns prevêem que estes problemas forçará você a fazer uma grande reconfiguração da perna ocidental em 2011, quando as economias mais fracas são abandonadas de forma a não derrubar o mais forte. Alguns especialistas também acho que se as perdas combinadas mencionadas Salmo 83 e Ezequiel 38-39 fará com que a perna oriental é incapaz de se tornar parte do império mundial do fim dos tempos. Mas Daniel tinha em mente os dois pés no capítulo 2, de modo que ambas as divisões do Império Romano tem que estar presente no final da época. Este ano você pode trazer alguns acontecimentos que nos fazem abrir os nossos olhos em nossa compreensão de como essa regra será a forma final do tempo

5. O mundo abraçar uma religião única ... Apocalipse 13:8

"E adoraram todos os habitantes da terra cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo".
Não se deixe enganar. O Islã é o poder religioso com maior força no mundo de hoje e seu objetivo é nada menos que a dominação do mundo, por qualquer meio necessário. É a religião que mais cresce no mundo, e só vai continuar ao cristianismo em número de adeptos. Até agora, quase um em cada quatro pessoas no mundo é muçulmana, e como muitos cristãos e judeus, não sei realmente o que está no que eles acreditam e por quê. Eu não sou profeta, mas como eu olhar para o futuro, é mais fácil para mim ver o Islã montado na atual onda correndo para preencher o vazio deixado pela saída da Igreja, é imaginar uma mistura de cristianismo e misticismo New Age assim.
Muito tem sido escrito recentemente sobre o Mahdi, um personagem muçulmano das profecias que são notavelmente similares às profecias cristãs do Anticristo. Por exemplo, ambos mostram um líder que sobe à cena durante um tempo de muita confusão na terra. Ambos mostram-no como um homem de paz, que terá um reinado de sete anos, dirigindo uma religião mundial e um governo mundial, e que declarou ter origem sobrenatural. Ambas as profecias culminando em uma batalha entre o bem eo mal que leva à terra o julgamento final. É como se a apontar para a mesma pessoa. A diferença é que no Islão é o mocinho, enquanto que a Bíblia chama o diabo.
Tome este carismático líder político e religioso com seus poderes sobrenaturais, Agora adicione a isso a crença equivocada de que Deus e Alá são a mesma coisa, e que o Islã é uma religião de paz e, em seguida subtrair o espírito de discernimento, que desaparecerão com a Igreja e você vai perceber como isso poderia ser a gota d'água para um mundo à beira do caos pode ser apreendido, a fim de sobreviver.

6. Aceitar um Governo Mundial Único ... Apocalipse 13:3

"E todo o mundo se maravilhou após a besta."
A última eleição presidencial EUA demonstrou a rapidez com que um povo com medo e desiludido necessidade de seguir alguém que promete mudar. Se você olhar para o estado do mundo não precisa muito para imaginar as circunstâncias, para chegar a um ponto onde todos concordam em seguir um líder que promete trazer a ordem onde o caos existe. Pergunta se o aquecimento global (agora chamado alterações climáticas) ou o declínio do dólar dos EUA, ou a guerra no Médio Oriente, a única solução que todos citam é uma forma de governo mundial. Com todas as coisas que já estão ameaçando a estabilidade mundial e que cada dia é pior, o desespero de pessoas poderiam ser depois de milhões de seus vizinhos desaparecem sem aviso prévio ou explicação, e houve uma troca nuclear que produz destruição da Europa através do Oriente Médio para a Rússia? Tudo que você precisa é de um líder que pode convencer as pessoas de que ele é o único que pode consertar as coisas e, assim, levar a cumprimento desta profecia.

7. Babylon emergir como uma cidade de destaque no mundo dos Assuntos ... Apocalipse 18:2-3

"E ele clamou com grande voz, dizendo: Caiu, a grande Babilônia caiu, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo e uma gaiola de toda ave imunda e detestável. Para todas as nações têm bebido do vinho enlouquecedor da sua prostituição, os reis da terra se prostituíram com ela, e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias " .
Você não pode estar ciente disso, mas a Babilônia está sendo preparado para aceitar seu destino como uma poderosa cidade no fim dos tempos. Agora é só uma cidade cerimonial, mas 20 anos atrás ninguém nem sabia que existia. Uma das surpresas da primeira Guerra do Golfo foi a descoberta da Babilônia, nas margens do rio Eufrates novamente. E agora há um esforço concentrado para completar o que Saddam Hussein e retornar para a Babilônia começou sua proeminência global. O governo iraquiano decidiu fazer Babilônia um destino turístico internacional como um dos melhores interesses do país e os EUA está patrocinando um estudo de viabilidade para conseguir isso.
Devido a essa falta de importância da Babilônia, no mundo dos negócios, alguns estudantes da profecia de buscar uma realização alegórica de sua destruição em Apocalipse 18 , e certamente muitos vêem os Estados Unidos, ou qualquer de suas cidades como um candidato lógico . Mas devemos lembrar que, embora em Apocalipse 17:9 , João descreve a Babilônia como um "mistério" e que se assenta sobre sete colinas, uma profecia em Zacarias 5:5-11 a amostra a ser tomadas para a "terra de Sinar" sendo que uma referência à antiga Mesopotâmia chamado Iraque hoje. Na Bíblia, não pode passar de literal para interpretações alegóricas sem direção clara, e quando a Babilônia está em causa, tal orientação não. De fato, o oposto é verdadeiro. Quase desde o início, a Bíblia tem sido um conto de duas cidades. Jerusalém, Cidade de Deus, enquanto Babylon sempre foi a cidade da humanidade. Ambos desapareceram da cena mundial por muitos séculos, mas, quando Jerusalém foi devolvida ao seu lugar original. A Bíblia diz que o mesmo irá acontecer para a Babilônia.

Dores de parto ... Mateus 24:6-8

Você vai ouvir falar de guerras e rumores de guerras, mas vejo que você não está alarmado, porque você precisa de todas essas coisas, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos em vários lugares. Todas estas coisas são o princípio das dores [de parto] .
Quando se incluem lugares como a Coréia, onde há uma trégua agora, mas a guerra ainda não acabou, existem atualmente 70 guerras ativas no mundo, com 200 outros lugares perigosos, que podem incendiar a qualquer momento.
Os terremotos continuaram a ocorrer a uma taxa bem acima do normal, com grandes terremotos (7,0 a 7,9 na escala Richter), tendo atingido 140% da média dos 15 anos da U. S. Geological Survey (USGS, na sigla em Inglês), em 2010.
Mas muitos especialistas dizem que a história principal das dores do parto para 2011 será a fome. Segundo o Banco Mundial, durante os últimos seis meses, o preço mundial de farinha e milho subiram 57%, o arroz eo açúcar em 45% e 55% respectivamente, e soja atingiu sua maior cotação em 16 meses . Isto é devido principalmente à reduziram as colheitas em vários lugares. Quando os preços sobem porque a escassez, a oferta limitada atinge os mercados que podem pagar o preço. Aqueles que não podem pagar são deixados de fora. Quando apenas os itens sobre pródigo, ninguém se importa, mas quando se trata de itens básicos como farinha e arroz, as pessoas começam a morrer. Neste momento, um em cada seis pessoas ao redor do mundo se deitar à noite com fome. Especialistas dizem que só precisa de um ou dois anos ruins para o mundo sofrem de fome grave. Muitas pessoas têm chegado à conclusão de que 2010 foi um ano mau e que 2011 não será diferente.
Os climatologistas dizem que toda vez que o clima torna-se mais imprevisíveis, com temperaturas médias em constante declínio, fator que pode durar até 30 meses. Isso já começou a afetar a produção agrícola nas regiões do norte, que estão experimentando crescimento mais curto. E para complicar ainda mais o problema, os preços dos combustíveis estão a subir novamente e espera-se que o preço do petróleo chegou a US $ 100 antes da primavera (atualmente em US $ 91). O preço dos combustíveis é um factor de tudo o que compramos, inclusive alimentos. Tudo considerado, o ano de 2011 pode bem ser o ano que se inicia a fome.
O Senhor disse que essas dores do parto seria um sinal de alerta da aproximação do fim da época, por isso incluímos alguns exemplos para confirmar a minha convicção de que estamos muito perto de nossos últimos dias na Terra. O consenso entre os profissionais parece ser que as coisas não vão melhorar em breve e, provavelmente, piorar ainda mais até o final de 2011. Isso pode ser verdade para o mundo, mas estamos informados de que precisamos caminhar pela fé e não pela visão ( 2 Coríntios 5:7 ), porque a nossa pátria está nos céus e aguardam ansiosamente um Salvador, nosso Senhor Jesus Cristo ( Filipenses 03:20 ). Quando estas coisas começarem a acontecer, exultai e levantai as vossas cabeças porque a vossa redenção está chegando ( Lucas 21:28 ). Estas promessas nunca foram tão verdadeiras como serão neste ano de 2011. 1/1/11