Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

GERADOS DE NOVO.

Gerados de novo

Posted: 18 Nov 2011 08:14 AM PST

            "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos," (1 Pe 1.3)

            Quando uma pessoa confessa a Cristo os seus pecados e o aceita como único Senhor e salvador de sua vida, através da graça e misericórdias de Deus, ela é gerada de novo. Essa grande verdade foi proclamada a Nicodemos por Jesus, quando esse o procurou de noite. Jesus assim falou: "Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" (Jo 3.3). Esse é o grande milagre que através da Graça de Deus é manifestado na vida daquele que crê.
            Uma nova vida de Deus é instaurada nesse coração que agora passa a ser cuidado pelo Espírito Santo. Isso é nascer de novo! O velho homem que era controlado pelo pecado e vivia segundo o curso do mundo que jaz no maligno, morre para dar lugar ao novo homem, que é gerado para viver a viva esperança de Cristo. Nesse coração, as coisas velhas ficaram para traz e tudo se fez novo (II Co. 5.17). Nessa nova trajetória os propósitos de Deus são ministrados nesse coração, que agora vive para agradá-lo.
            A vida ganha um colorido novo e com isso projetos são gerados e sonhos realizados. É a vida abundante que foi prometida por Cristo sendo instaurada num coração, que agora é totalmente de Deus. É viver na certeza, de que o novo de Deus que foi gerado pelo Espírito Santo nesse coração, garante a plena certeza de um dia estar nos céus com Cristo. Jesus Cristo morreu, ressuscitou e voltará para buscar a todos os lavados e remidos por seu sangue. Louvado seja o nome do nosso Soberano Deus, que através de Cristo Jesus, segundo sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança.
Pr. Waldyr Silva do Carmo                                                                                                                                              prwaldyrcarmo@yahoo.com.br

Ainda acreditando!

Posted: 18 Nov 2011 04:43 AM PST

"Aparte-se do mal, e faça o bem; Busque a paz, e siga-a." (1 Pe 3.11)

            Um chamado, uma missão, uma história que marque a nossa geração. Esse é o desafio de Deus para os que são lavados e remidos pelo sangue do Cordeiro. O crente tem a responsabilidade de fazer a diferença; e, isso acontece quando sua vida é pautada nos valores de Cristo.
            Somente quando nossas atitudes e ações passam pelo crivo do caráter de Jesus, é que de fato nos tornamos abençoadores de vidas. Viver essas verdades na prática não é fácil, pois o mundo nos solapa e os contextos nos levam o tempo todo a caminhos diferentes da direção do Senhor. Resta-nos então, nos esforçarmos e pagar o preço para o cumprimento da nossa missão. Independente dos levantes e obstáculos que se apresentem, vale à pena obedecer ao Senhor, e lutar para ver vidas sendo abençoas e recebendo a Jesus em seus corações.
            O desafio para proposto aos servos de Deus é estar andando na contramão dos valores do mundo. Para isso o empenho maior deve ser o de apartar-se do mal, se envolver com os valores que promovem o bem e buscar e seguir a paz. Se assim o fizermos, nossa história de vida será marcada por uma colheita superabundante de bênçãos. E essa é sem dúvida a vontade plena de Deus para nossas vidas. Portanto, mesmo diante das barreiras que se apresentam todos os dias, creia! Tenha Fé e caminhe na direção da vitória. Deus é Fiel e fará grandes milagres acontecerem na sua vida.

Pr. Waldyr Silva do Carmo
                                                                                          
                                                                                               prwaldyrcarmo@yahoo.com.br

A Palavra de Deus já está se cumprindo no Oriente Médio diante dos nossos olhos.

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Antonio Calil <acaliln@globo.com>



Querida irmã e demais irmãos,

A Paz do Senhor Jesus,

 

Em razão dos últimos acontecimentos, uma pergunta está pairando no ar: Já terá começado a guerra no Oriente Médio profetizada em Ez 38 e 39, entre Israel e seus inimigos, e a humanidade ainda não percebeu? A resposta pode ser encontrada nas próximas linhas.

 

I – ISRAEL X TURQUIA

 

Sabemos que um dos grandes confrontos dessa guerra se dará entre Turquia e Israel, conforme profetizado em Ez 38:6, onde a Turquia é tratada como a Casa de Togarma.  

 

A crise entre os dois países se intensificou desde em 02 de setembro de 2011 quando a Turquia expulsou de sua capital o embaixador de Israel. Veja a notícia no link abaixo:

 

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/09/turquia-expulsa-embaixador-de-israel-em-ancara.html 

 

Dias depois, a Turquia já havia se preparado para iniciar a guerra no Oriente Médio tentando abrir uma brecha no Iraque com um ataque aos curdos. Observe a notícia abaixo de 15 de setembro de 2011 do Jornal americano World Tribune:

 

"Tensão no Oriente: Turquia pronta para o Front no Iraque

 

 

Enquanto as peças são movidas em todo o Leste Mediterrâneo, a Turquia pode estar se preparando para uma invasão iminente do Iraque contra o PKK (Partido dos Trabalhadores Curdos).

 

 

Autoridades turcas disseram que os militares e o governo têm trabalhado em planos para um ataque terrestre contra alvos rebeldes curdos no norte do Iraque.

 

 

A Turquia teria enviado forças especiais nas montanhas em Kandil, no Iraque, para procurar alvos do PKK. Eles disseram que as forças do PKK estavam sendo auxiliadas por veículos aéreos não tripulados fornecidos por Israel [...].

 

Autoridades disseram que o governo do primeiro-ministro turco Recep Erdogan foi informado de que uma invasão turca deve ser lançada durante o próximo mês antes que as condições de inverno severo comecem em Kandil. O governo tem autorização do parlamento para uma invasão, até 17 de outubro.

 

Fonte: World Tribune"

 

Irmãos leitores, como vimos acima, a Turquia planejou a guerra contra o PKK, mas não contava que Israel fosse se opor aos seus planos de ataque ao PKK. Na verdade, o Estado de Israel protege o PKK, razão pela qual considera que a Turquia não deveria abrir uma guerra no Oriente Médio contra o "indefeso PKK". Assim sendo, Israel se dispôs a ajudar o PKK na guerra contra a Turquia. Veja a notícia abaixo também de 15 de setembro de 2011 extraída do canal Press TV: 

 

"Israel ameaça ajudar o PKK

 

A recente deterioração nas relações entre Turquia e Israel, levou o Ministro dos Negócios Estrangeiros israelense, Avigdor Lieberman, a reuniões na Europa com os líderes do PKK, a fim de discutir formas de cooperação contra a Turquia.

 

 

O PKK, que representa os Trabalhadores do Curdistão, é um grupo que se dedica ao conflito armado contra o Estado turco para a autonomia do país a sudeste. 

 

O PKK está concentrado nas montanhas da região semi-autônoma do Curdistão do Iraque. Muitos na Turquia, há muito tempo, acusaram Israel de apoiar o grupo, mas esta é a primeira vez que um político israelense tem falado publicamente em tal maneira. 

 

A mídia curda-iraquiana apontam relatórios alegando reuniões de alto nível entre israelenses e líderes do PKK. O conflito de interesses entre a Turquia, Israel, as nações árabes e os curdos que vivem em todos esses países, tem causado muita hostilidade entre todas as partes envolvidas.

 

Fonte: PressTV"

 

Ocorre, irmãos leitores, que, em 19 de outubro de 2011, unidades turcas iniciaram a guerra contra o "frágil" PKK que, por sua vez, já no primeiro combate, derrotou os turcos, matando 26 soldados turcos sem sofrer nenhuma baixa. Parece que a parceria entre PKK e Israel já estaria funcionando. Confira a notícia da Revista Exame no link abaixo:

 

http://exame.abril.com.br/economia/mundo/noticias/rebeldes-curdos-matam-26-soldados-turcos

 

Irmãos, com esta primeira derrota em 19 de outubro, os turcos certamente ficaram muito enfurecidos e iniciaram uma forte represália contra o PKK, desencadeada nos dias que se seguiram a 19 de outubro.

Na verdade, a batalha já não seria entre a Turquia e o PKK somente, pois Israel já se encontrava envolvido desde o início deste conflito. Ocorre que o Senhor Deus já mudou a sorte de Israel e, em sua Palavra, garante que Israel não seria mais afrontado pelas nações, nem mais levaria o opróbrio dos povos:      

 

15 Não te permitirei, [Israel], ouvir mais a afronta das nações; e não levaras mais sobre ti o opróbrio dos povos, nem farás tropeçar mais a tua nação, diz o Senhor Deus. (Ez 36:15)

 

Logo, o Senhor interferindo pela primeira vez realizou algo inesperado, vocês se lembram? Sim, um forte terremoto na Turquia de 7,3 pontos na escala Richter, em 23 de outubro, apenas 04 dias depois do início dos confrontos. Observe o vídeo do site da Revista Veja no link abaixo. 

 

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/quase-mil-mortos-em-terremoto-na-turquia

 

Amados, agora pasmem: Logo após o terremoto, a Turquia voltou atrás e diante da tragédia suplicou ajuda a Israel para os trabalhos de resgate. Novamente o Senhor faz cumprir a sua Palavra sobre Israel:

 

14 Assim diz o Senhor [a Israel]: A riqueza do Egito, e as mercadorias da Etiópia, e os sabeus, homens de alta estatura, passarão para ti, e serão teus; irão atrás de ti; em grilhões virão; e, prostrando-se diante de ti, far-te-ão as suas súplicas...(Is 45:14).

 

Desta forma, o Senhor mais uma vez exaltou o seu povo, fazendo que o seu inimigo, em pleno período de combate suplicasse o seu favor.  Observe o link abaixo:

 

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2011/10/25/turquia-volta-atras-e-pede-ajuda-a-israel-para-trabalhos-de-resgate.jhtm

 

No entanto, a Turquia, de repente, encerrou os trabalhos de resgate em 01 de novembro de 2011, dispensando, portanto, a ajuda de Israel. Confira a notícia no link abaixo:

 

http://noticias.r7.com/internacional/noticias/turquia-encerra-trabalhos-de-busca-e-resgate-na-regiao-atingida-pelo-terremoto-20111101.html

 

Tudo indicava que as hostilidades, interrompidas pelo terremoto de 23 de outubro, voltariam contra o PKK e Israel. No entanto, o Senhor manda avisar a todas as nações que Ele, agora, guardará o seu povo de Israel:

 

10 Ouvi a palavra do SENHOR, ó nações, e anunciai-a nas ilhas longínquas, e dizei: Aquele que espalhou a Israel o congregará e o guardará, como o pastor ao seu rebanho. (Jr 31:10)

 

O Senhor não deu tempo para a Turquia se reorganizar - mesmo tendo cessado os trabalhos de resgate – pois uma semana depois, logo em 09 de novembro de 2011, o Senhor interferiu pela segunda vez, agora, com um novo terremoto de 5,6 graus na escala Richter, agravando ainda mais a situação na Turquia, acabando por destruir diversos imóveis e vilarejos com número incerto de mortos, mobilizando o país para novas ações de resgate diante da nova desgraça. Confira a notícia sobre o novo terremoto no link abaixo:

 

http://acritica.uol.com.br/noticias/Equipes-socorro-trabalham-terremoto-Turquia_0_588541232.html

 

Sim, o mesmo Senhor declara em Sua Palavra que ouvirá Israel (Judá + José), revelando, assim que chegou o tempo de Deus para Israel:

 

6 E fortalecerei a casa de Judá, e salvarei a casa de José, e fá-los-ei voltar, porque me compadeci deles; e serão como se eu não os tivera rejeitado, porque eu sou o SENHOR seu Deus, e os ouvirei. (Zc 10:6)

 

E foi o que aconteceu, pois tendo a Turquia já milhares de pessoas desabrigadas, em função dos dois terremotos, as quais passaram a habitar em tendas, o Senhor interferiu pela terceira vez, enviando a neve intermitente um dia após o segundo terremoto, em 10 de novembro de 2011, chegando as temperaturas a 8 graus negativos, congelando qualquer capacidade de reação da  Turquia, impondo-lhe uma contundente derrota, conforme notícia no link abaixo:

 

http://br.noticias.yahoo.com/sobe-32-n%C3%BAmero-mortos-%C3%BAltimo-terremoto-turquia-100804352.html

 
Como a obra do Senhor é completa, vale ressaltar que os dois terremotos na Turquia se deram praticamente na fronteira com o Irã, outro inimigo, contra o qual Israel lutará na guerra profetizada por Ezequiel (O Irã são os persas de Ez 38:5). Assim sendo, o Senhor Jesus transmitiu um verdadeiro aviso aos dois futuros adversários de Israel na guerra de Ez 38 e 39, bem como aos demais (Rússia, Líbia, Etiópia), para que saibam de antemão que o Leão da Tribo de Judá pelejará com grande e estrondoso poderio pelo seu povo nessa guerra que está às portas.

 

II – AS ARMAS  A SEREM UTILIZADAS NA GUERRA DE EZEQUIEL CAPS. 38 e 39

 

As armas do Senhor nesta guerra se encontram reveladas em Ez 38:18-23, a saber, um grande terremoto (verso 19) que deitará abaixo os montes, desfazendo os precipícios, assim como uma chuva inundante (verso 22), além de outros instrumentos do Senhor Jesus como peste,  sangue e grandes pedras de saraiva (verso 22). Observe:

 

"18 Naquele dia, porém, quando vier Gogue contra a terra de Israel, diz o Senhor Deus, a minha indignação subirá às minhas narinas.

 

19 Pois no meu zelo, no ardor da minha ira falei: Certamente naquele dia haverá um grande tremor na terra de Israel;

 

20 de tal sorte que tremerão diante da minha face os peixes do mar, as aves do céu, os animais do campo, e todos os répteis que se arrastam sobre a terra, bem como todos os homens que estão sobre a face da terra; e os montes serão deitados abaixo, e os precipícios se desfarão, e todos os muros desabarão por terra.

 

21 E chamarei contra ele a espada sobre todos os meus montes, diz o Senhor Deus; a espada de cada um se voltará contra seu irmão.

 

22 Contenderei com ele também por meio da peste e do sangue; farei chover sobre ele e as suas tropas, e sobre os muitos povos que estão com ele, uma chuva inundante, grandes pedras de saraiva, fogo e enxofre.

 

23 Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor." (Ez 38:18-23)

 

Vale ressaltar que terremotos e chuvas inundantes, como consta na profecia acima, tendem a não deixar radiação no ambiente, ao contrário das armas nucleares. No cenário do pós-guerra, a radiação nuclear poderia contaminar as pessoas que permanecerem nas áreas atingidas, dizimando-as através de gravíssimas e mortais enfermidades.

 

As Escrituras revelam que o conflito se dará prioritariamente na terra de Israel (versos 18 e 19), mais precisamente nos montes de Israel (verso 21), apesar de sua repercussão mundial.  No entanto, vale ressaltar que, no pós-guerra do conflito de Ez 38 e 39, o povo de Israel irá frequentar bastante as áreas onde se deu a guerra, seja recolhendo as armas de seus inimigos para usá-las como combustível pelos sete anos de grande tribulação (Ez 39:9-10), seja sepultando os cadáveres dos seus inimigos, estendidos nos montes de Israel, após o conflito (Ez 39:11-13). Ora, se a guerra fosse essencialmente nuclear, como poderiam os habitantes de Israel transitar pelas áreas de combate após a guerra? Certamente seriam contaminados gravemente. Logo, a guerra será decidida pelos instrumentos do Senhor, previstos na profecia: fenômenos climáticos e não nucleares. O que ocorreu em menos de 20 dias, de 23 de outubro a 10 de novembro de 2011, com três interferências do Santo de Israel, Jesus Cristo, é apenas uma amostra do que se dará contra os inimigos de Israel na guerra profetizada.

 

III – ISRAEL X IRÃ

 

Irmãos, sabemos que esta guerra de Ez 38 e 39 é muito importante para o desencadeamento dos eventos finais, haja vista que, na assinatura do respectivo acordo de paz, a ser patrocinado pelo Anticristo, conforme Dn 9:27, se dará o início da grande tribulação, o que, em suma, significa que o arrebatamento está às portas.

 

E realmente está. Além das hostilidades declaradas entre Israel e a Casa de Togarma (Turquia) de Ez 38:6 observadas no item I deste estudo, também estão ocorrendo declarações diárias de guerra entre Israel e os persas (Irã) de Ez 38:5.

 

Ocorre que os fatos indicam que o tempo está se esgotando e a guerra poderá se iniciar dentro de algumas semanas, provavelmente até o início de 2012. Vejam que Israel, a partir deste início de novembro de 2011, já fala abertamente em atacar o Irã, e assim dar início à Terceira Guerra Mundial, pois já havíamos comentado em outro estudo que, de acordo com Ez 39:6, Deus também envolveria "os que habitam seguros nas ilhas" no conflito, dando-lhe um caráter mundial, já que estas "ilhas" a que se refere o Senhor representam os demais continentes do planeta envolvidos pelos oceanos na visão dAquele que do alto tudo contempla.  Confira as declarações de Israel sobre atacar o Irã dando início a este conflito profetizado há mais de 2.500 anos:          

 

02/11/2011:

 
Israel testou míssil de longo alcance para ser utilizado na guerra contra o Irã, aumentando as especulações sobre um ataque iminente de Israel contra o Irã. Confira no link abaixo:

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/11/israel-testa-missil-de-longo-alcance.html

 

03/11/2011:

 

Irã eleva o tom e diz estar preparado para eventual ataque de Israel. Em pesquisa realizada em Israel, maioria da população aprova o início da guerra contra o Irã. Confira no link abaixo:

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/11/ira-diz-que-esta-preparado-para-eventual-ataque-de-israel.html

 

04/11/2011

 
Presidente de Israel sugere que Israel está perto de ação militar contra o Irã. Observe no link abaixo:

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/11/peres-sugere-que-israel-esta-perto-de-acao-militar-contra-o-ira.html

 

05/11/2011

 
Aumenta a possibilidade de um ataque de Israel ao Irã. Verifique abaixo:

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1686448-7823-AMEACA+DE+UM+ATAQUE+ISRAELENSE+AO+IRA+GANHA+FORCA,00.html

 

06/11/2011

 
Novamente o presidente de Israel prevê que o ataque contra o Irã é mais provável que uma ação diplomática.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/11/peres-ataque-contra-ira-e-mais-provavel-que-acao-diplomatica.html

 

E os ataques verbais de parte a parte não param. No entanto, o que tem intrigado as pessoas, inclusive a mídia, é que os líderes de Israel, apesar de fazerem referência a  outros países que o poderiam apoiar, têm reconhecido publicamente que, nesta guerra contra vários países, Israel deverá lutar sozinho sem ajuda de nenhum país, nem sequer dos EUA. Confira a declaração do Ministro da Defesa de Israel dada em 03 de novembro de 2011 no link abaixo:

 

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/11/possibilidade-de-ataque-ao-ira-e-debatida-em-israel.html    

 

Como os irmãos puderam verificar, o ministro da Defesa de Israel afirma perante o Parlamento que: "Pode ser criada uma situação no Oriente Médio na qual Israel tenha de defender seus interesses vitais de forma independente, sem ter que se apoiar necessariamente em forças regionais ou extrarregionais", dando a entender que, nesta guerra, Israel terá de lutar sozinho contra todos os seus inimigos, cumprindo a Palavra de Deus em Ez 38:23.

 

23 Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor.

 

Na verdade, o Senhor quer pelejar junto com Israel, sem nenhuma ou com mínima interferência de outro país. Foi assim em toda a Bíblia. Em Juízes 7:2, depois de Israel ter se apresentado com 32.000 homens para lutar contra os midianitas, o Senhor assim disse a Gideão:

 

2 Disse o Senhor a Gideão: O povo que está contigo é demais para eu entregar os midianitas em sua mão; não seja caso que Israel se glorie contra mim, dizendo: Foi a minha própria mão que me livrou. (Jz 7:2)

 

O Senhor não queria que Israel pensasse que venceu com suas próprias forças, de tal modo que escolheu apenas 300 homens (menos que 1% do total inicial de 32.000 homens) para batalhar contra todo o exército dos midianitas conforme  Jz 7:7: 

 

7 Disse ainda o Senhor a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam a água vos livrarei, e entregarei os midianitas na tua mão; mas, quanto ao resto do povo, volte cada um ao seu lugar. (Jz 7:7)

 

E não faltam exemplos nas Escrituras, Davi com uma funda e cinco pedras derrotou o gigante todo equipado e, em seguida, os filisteus; Moisés e o povo de Israel escravo, sem armas, saíram do Egito e atravessaram o Mar Vermelho, ao passo que Faraó com seu exército foi sepultado no mesmo mar. Assim é o Senhor, e assim será Ele em breve glorificado no Oriente Médio.     

 

Desta forma, temos a segurança de que o mesmo Espírito que falou em Ez 38 e 39, que está se cumprindo diante de nossos olhos, é o mesmo que profetizou o arrebatamento (I Ts 4:16-17; I Co 15:51-52; Ap 3:10-11, etc). No acordo de paz dessa guerra, dá-se início à Grande Tribulação nesta Terra (Dn 9:27 e Ez 39:9). Ao mesmo tempo, os céus estarão celebrando as Bodas do Cordeiro, Jesus e os arrebatados, regozijo indescritível (Ap 19:7-9).    

 

Israel já está assumindo o glorioso papel que lhe está reservado pela Palavra Profética para os tempos finais. Por seu turno, cada cristão, que deseja ser nomeado para tomar parte do Reino Eterno de Jesus a ser estabelecido em breve, tem de, sem demora, assumir o seu testemunho, porfiando por entrar pela porta estreita (Lc 13:24), guardando a Palavra do Senhor, para evitar a grande tribulação que se aproxima. Confira as Palavras de Jesus em Ap 3:10-11:

 

"10 Porquanto guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a terra.

11 Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa."

 

IV – O REVELADOR COMERCIAL DA "JOHNNIE WALKER"  

 

Mas há barreiras a vencer até o hino da vitória. O poder das trevas não está parado. Vai procurar lançar suas últimas ciladas no intento de impedir que alguns cristãos cheguem ao gozo eterno. As trevas "apostam suas fichas", neste final de ano, como de costume, na idolatria do São Nicolau que, no Brasil é conhecido por Papai Noel, associado ao "pinheiro de natal", idolatria importada das profundezas das trevas, gerada por Semíramis de Babel, dentre outras tantas aberrações correlatas.

 

Se os irmãos leitores quiserem saber mais sobre o Natal, leiam o excelente artigo "Os Feriados de Origem Pagã e Como Foram Adotados no Mundo Ocidental" acessível no link abaixo:

 

http://www.espada.eti.br/n1796.asp

 

Afinal, Satanás conhece bem as Escrituras – tentou até usá-las contra o seu próprio Senhor, ao tentá-lo (Mt 4:6) – sabe que os que tolerarem à Jezabel romana e suas idolatrias natalinas - herança de Baal - ficarão para a grande tribulação conforme assegurado pelo próprio Jesus (Ap 2:20-22). A antiga serpente sabe que o Senhor não elegeria para sua Noiva quem flertasse com outro deus, sabe que o Senhor não negocia a exclusividade de sua adoração, por isso Satanás não se importa que os cristãos cultuem ao Senhor, desde que venham a coxear entre dois caminhos, como os israelitas na época de Elias (I Rs 18:21). A fórmula das trevas é antiga: Pode celebrar a Cristo, desde que o faça na presença dos amuletos de Baal tais como a árvore e guirlandas natalinas. Para completar a apostasia, bastaria introduzir a heresia do São Nicolau - ou Papai Noel como ele é conhecido no Brasil.

 

É por essa razão que o Senhor está advertindo em Ap 18:4-5, ao se referir à Babilônia romana, com a qual lamentavelmente alguns cristãos têm flertado de muito perto:

 

"4 Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.

5 Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela."

 

A seguir, será visto que o próprio Baal já se levantou para ser adorado neste Natal: É o que mostra o recém-lançado e revelador comercial da "Johnnie Walker". Nele se diz explicitamente que o gigante (Baal) não está mais adormecido. Para que os irmãos entendam o significado do comercial, diz a lenda que o irmão de Baal, "Motu", o enviou às profundezas e, no tempo certo, ele, Baal, despertará. Nos EUA, inclusive existe uma estátua de Baal levantando da terra.  

 

Reparem que, no referido comercial, há um momento que a cabeça de Baal se confunde com o sol, confirmando ser ele o deus-sol de Jezabel. Outro ponto fundamental do comercial reside no fato de que o corpo de Baal se apresenta, em todo o comercial, sempre coberto por árvores, as quais representam seu principal símbolo, desde a época de Ninrode de Babel (Gn 10:8-10). Observem que, mesmo de pé, as árvores não caem de seu corpo. Desde aquele período pós-diluviano, inclusive na época do profeta Elias, acreditavam os pagãos (e ainda acreditam) que a árvore de natal cultuada em 25 de dezembro representa Ninrode reencarnado em Tamuz (Baal)! Assim esta abominação é entronizada em muitos lares, inclusive cristãos.  Observem que, no fim da propaganda, é passado claramente o seu aviso: "O gigante não está mais adormecido".  Confira o comercial no link abaixo.

 

http://www.youtube.com/watch?v=IY3FoYwAu5U

 

Interessante que os mentores do comercial:

 

- devem saber que está chegando o tempo de Baal, ao dizerem que ele não está mais adormecido. De fato, o Espírito Santo será em breve removido junto com os fiéis arrebatados, deixando o caminho livre para Baal e seu Anticristo deixarem as pessoas maravilhadas, tanto como mostrado no comercial, como previsto em Ap 13;3: "...Toda a terra se maravilhou, seguindo a besta";

 

- devem saber da data de sua celebração. De fato, pois o comercial começou a ser veiculado, agora, próximo ao Natal;

 

- devem saber sobre o seu símbolo principal: as árvores natalinas. De fato, elas cobrem seu corpo durante todo o comercial;

 

- devem saber que se trata do deus-sol. De fato, no meio do comercial ocorre a superposição do sol com a cabeça do gigante.

 

A mensagem é tão clara que até muitos dos não crentes sabem o significado do comercial sobre Baal ou o deus-sol. Fica óbvio que, aqueles que levantarem um altar para Baal, através da "árvore de natal", certamente conhecerão sua verdadeira identidade durante a grande tribulação nesta Terra, pois como o comercial garante: "Ele não está mais adormecido".

 

Irmãos amados, ele já despertou, mas sabemos que só poderá entrar em ação depois que o Senhor Jesus retirar a igreja fiel desta Terra, pois "Deus não deixa perecer aquele que é fiel". Esta mensagem se encontra no louvor desta mensagem: "Apocalipse", em clipe oficial, na voz da cantora Damares: uma inspirada mensagem interpretada pela serva de Deus. Basta acessar o link abaixo e acompanhem a letra do louvor, que também é exibida no clipe:

 

http://www.youtube.com/watch?v=oXA6Wx6dTGE&NR=1           

 

Que Deus os abençoe

 

De seu irmão em Cristo,

 

Antonio Calil

 

 

 

 

     

  

 




--
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

domingo, 13 de novembro de 2011

Os Feriados de Origem Pagã e Como Foram Adotados no Mundo Ocidental.

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Négima <ragimer@gmail.com>

 

Os Feriados de Origem Pagã e Como Foram Adotados no Mundo Ocidental

Muitos cristãos estão celebrando entusiasticamente diversos feriados ocultistas sem conhecer a verdadeira origem deles. Quando você compreender o quão paganizado o mundo ocidental se tornou, verá que o julgamento de Deus não pode estar muito longe. Lembre-se da advertência bíblica: "Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas." [Apocalipse 18:4].

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma

Agora você está com a
"THE CUTTING EDGE"

Mandamentos Bíblicos Contra a Adoração Como os Pagãos

Exortação Para Uma Total Separação do Mal

"Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.". [Josué 24:15].

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom." [Mateus 6:24].

"Não te inclinarás diante dos seus deuses, nem os servirás, nem farás conforme às suas obras; antes os destruirás totalmente, e quebrarás de todo as suas estátuas." [Êxodo 23:24].

"... se servires aos seus deuses, certamente isso será um laço para ti." [Êxodo 23:33].

"E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso." [2 Coríntios 6:15-18].



Em todas as Escrituras, Deus adverte seu povo a não servir aos falsos deuses estrangeiros nem copiar suas "obras". Entretanto, geração após geração de judeus no Velho Testamento achou o sistema idólatra de adoração das nações pagãs circunvizinhas absolutamente irresistível. Ao ler o Velho Testamento, você encontra Deus advertindo seu povo repetidas vezes a não seguir a religião, as tradições e as práticas das nações adoradoras de Satanás circunvizinhas a Israel.

No entanto, vez após vez, Israel se recusou a obedecer às advertências de Deus e mergulhou fundo na adoração pagã de seus vizinhos. Esse paganismo penetrou até mesmo nos círculos internos do governo, sob a liderança de maus reis e rainhas e, no Templo, por meio dos sacerdotes idólatras. Em numerosas ocasiões, Deus levantou reis justos que imediatamente iniciavam uma limpeza física no templo, no sacerdócio e dos judeus seguidores de Baal, o demônio-deus favorito daquela época. Deus deixou registrado nas Escrituras esses tempos de reforma e restauração para nós. Portanto, vamos examinar algumas passagens onde Deus ordenou uma remoção total da adoração a Baal.

"Mas os seus altares derrubareis, e as suas estátuas quebrareis, e os seus bosques cortareis." [Êxodo 34:13].

"E tiraram as estátuas da casa de Baal, e as queimaram." [2 Reis 10:26].

"Porque tirou os altares dos deuses estranhos, e os altos; e quebrou as imagens, e cortou os bosques." [2 Crônicas 14.3].

"E acabando tudo isto, todos os israelitas que ali se achavam saíram às cidades de Judá e quebraram as estátuas, cortaram os bosques, e derrubaram os altos e altares por toda Judá e Benjamim, como também em Efraim e Manassés, até que tudo destruíram." [2 Crônicas 31:1].

"E quebrará as estátuas de Bete-Semes, que está na terra do Egito; e as casas dos deuses do Egito queimará a fogo." [Jeremias 43:13].

"Israel é uma vide estéril que dá fruto para si mesmo; conforme a abundância do seu fruto, multiplicou também os altares; conforme a bondade da sua terra, assim, fizeram boas as estátuas." [Oséias 10:1].

Nota: Um dos obeliscos da gravura é o obelisco de Heliópolis, que tem entalhes intrincados.

No último verso, vemos que, quando Deus permitiu que Israel se tornasse próspero financeiramente e seus cidadãos se tornassem abastados, a nação descambou ainda mais na adoração pagã. Parece que as riquezas e um padrão elevado de vida são um laço espiritual, porque as pessoas sentem menos necessidade de Deus e são levadas por suas próprias lascívias às religiões pagãs que promovem essas lascívias. Obviamente, um paralelo direto pode ser trazido para o mundo ocidental hoje, porque estamos quase tão pagãos quanto Israel estava durante o tempo dos julgamentos de Deus no Velho Testamento, e temos obeliscos por toda a parte!

(Nota: Dedicamos um seminário inteiro a esse assunto, o Seminário 1, "America's Leadership of the New World Order", disponível em fitas cassetes. Você verá por si mesmo os muitos paralelos entre o Israel antigo no tempo de seu julgamento físico e os Estados Unidos hoje).

O cristianismo começou a ser corrompido pelo mesmo tipo de paganismo durante o reinado de Constantino. Esse rei deu início à prática de combinar a doutrina, arte e objetos cristãos com os do paganismo. Esse processo é chamado "sincretização". Embora Constantino tenha iniciado a prática, a Igreja Católica Romana é que a aperfeiçoou! Como você pode ver na gravura a seguir, há um obelisco na praça da Basílica de São Pedro! Os papas católicos acreditaram erroneamente que podiam "cristianizar" um objeto satânico de adoração orando sobre ele e/ou ungindo-o com "óleo santo", tornando assim o objeto aceitável para o uso cristão.

Observe atentamente este obelisco e verá que ele está erigido no meio de uma roda dos oito etapas para a iluminação satânica (veja maiores detalhes lendo o artigo N1134)! No Satanismo, o obelisco é o símbolo do falo masculino, enquanto o círculo representa a vulva feminina. Lembre-se, o paganismo é definido como a adoração à criatura em lugar do Criador [Romanos 1:25], e a criação mais fácil de adorar é o sexo. Sempre que os satanistas queriam representar o Grande Ato Sexual, simplesmente colocavam o falo do obelisco dentro da vulva do círculo.

Uma das maiores ironias de todos os tempos é que a Igreja Católica Romana tem esse símbolo satânico do Grande Ato Sexual erigido na Praça da Basílica de São Pedro desde o século VII, de onde o papa pode contemplá-lo diariamente — apesar de o Vaticano requerer o celibato de seus sacerdotes!

Nos últimos 1.400 anos, a Igreja Católica Romana tem conduzido a civilização ocidental pela estrada vil da sincretização, onde material satânico foi misturado com material cristão. O resultado é uma mistura podre que Jesus Cristo sempre rejeitará! Muitas pessoas despertarão diante do Grande Trono Branco do Julgamento e descobrirão, tarde demais, que Jesus não aprova nem um tiquinho essa mescla do paganismo com o verdadeiro cristianismo.

Esse é o assunto para o qual nos voltamos agora; quando compreendermos os fundamentos pagãos de muitos de nossos feriados, então acharemos mais fácil recusar a participação em feriados que têm origem no satanismo. Você também descobrirá por que certos eventos ocorrerem da forma como têm ocorrido, de modo que poderá aprofundar sua busca para cumprir a orientação de Jesus de que devemos ser "prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas" [Mateus 10:16].

Feriados e Sabás Ocultistas

Como já dissemos repetidas vezes em outros artigos, os satanistas acreditam que os números contêm poder inerente. Destarte, eles literalmente ordenam suas vidas de acordo com a numerologia ocultista — tal numerologia também é um componente-chave da astrologia, outro sistema de adivinhação que os satanistas observam atentamente. O calendário ocultista é dividido em quatro segmentos de treze semanas cada. O número 13 é considerado divino pelos ocultistas por um par de razões:

A Bíblia atribui ao 13 o significado de "rebelião contra a autoridade constituída", mais à depravação que fez Satanás se rebelar contra Deus.

Os ocultistas usam o 6 para representar o número do homem, e o 7 para representar a perfeição divina. Assim, à medida que uma pessoa escala a "Escada de Jacó" em direção ao auto-aperfeiçoamento no campo do oculto, o número 13 representa o estado de perfeição divina, perfeição alcançada por si mesmo, e Iluminação (6+7=13).

Assim, o calendário ocultista é formado por quatro períodos de treze semanas cada. Relacionaremos esses períodos agora e depois falaremos sobre cada um deles em detalhes.

1. Solstício de Inverno no Hemisfério Norte: 13 semanas — Sabá menor [NT: Lembrar que durante o verão no Hemisfério Sul é inverno no Hemisfério Norte].

  1. 21 de dezembro — Yule.

  2. 21 — 22 de dezembro — Solstício de Inverno / Yule. Uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

  3. 1 e 2 de fevereiro — Candlemas [Candelária] e Imbolg, também conhecido como Dia da Marmota. Uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati. [NT: No Brasil, em 2 de fevereiro é celebrado o dia de Iemanjá e de Nossa Senhora dos Navegantes].

  4. 14 de fevereiro — Dia dos Namorados [NT: No Brasil, 14 de fevereiro é o dia de São Valentim, o santo protetor dos namorados e das amizades].

2. Equinócio de Primavera no Hemisfério Norte: 13 semanas — sabá menos importante, mas requer sacrifício humano.

  1. 21 e 22 de março — deusa Ostara — Nota: A Páscoa [pagã] é o primeiro domingo após a primeira lua nova depois de Ostara. 21 de março é uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

  2. 1 de abril — Dia da Mentira e precisamente treze semanas desde o ano novo.

  3. 19 de abril a 1 de maio — Sacrifício de Sangue à Besta. Sacrifício de fogo é requerido em 19 de abril.

  4. 30 de abril a 1 de maio — Festival de Beltaine, também chamado de Noite de Walpurgis. Este é o dia mais importante no calendário dos feiticeiros druidas. 1 de maio é o segundo feriado mais sagrado dos Illuminati. Requer sacrifício humano.

3. Solstício de Verão no Hemisfério Norte: 13 semanas — Quando o sol alcança seu ponto mais setentrional em seu trajeto no céu.

  1. 21 e 22 de junho — Solstício de Verão.

  2. 21 de junho — Litha, é uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

  3. 4 de julho — Dia da Independência dos Estados Unidos, 13 dias após o dia de Litha e 66 dias a partir de 30 de abril.

  4. 19 de julho — 13 dias antes de Lughnasa.

  5. 31 de julho a 1 de agosto — Lughnasa, grande sabá festivo. 1 de agosto — uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

4. Equinócio de Outono no Hemisfério Norte: 13 semanas — Sabá menos importante, mas requer sacrifício humano.

  1. 21 de setembro — Mabon, uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.
  2. 21 e 22 de setembro — Equinócio de outono.
  3. 31 de outubro — Samhain, também conhecido como Halloween, ou Véspera de Todos os Santos. Essa data é um dos dias mais importantes de sacrifício humano dos Illuminati.

Não é interessante como os "profanos" — você e eu — somos levados como um rebanho de carneiros a observar os dias festivos importantes das religiões de mistérios? Você pode não entender que está ordenando o ano de acordo com os feriados pagãos, mas está! O calendário anual para todo o mundo ocidental foi ordenado com base nesses períodos e dias festivos satânicos.

Agora que já vimos todo o calendário oculto, vamos voltar aos feriados importantes para ver como o mundo ocidental se desviou para a adoração dos mesmos feriados pagãos e usando muitos dos mesmos símbolos pagãos que são tão importantes para os adoradores pagãos. O sacrifício humano requerido durante muitas dessas datas ocultistas precisa conter os seguintes elementos:

  1. Trauma, tensão e angústia mental, puro terror.

  2. O ato final no drama deve ser destruição pelo fogo, preferencialmente uma conflagração.

  3. As pessoas devem morrer como sacrifícios humanos, especialmente crianças, visto que o Senhor Satanás vê um sacrifício humano de uma pessoa jovem como o mais desejável.

Datas Específicas no Calendário Ocultista

1. Solstício de Inverno: 13 semanas — [NT: Lembrar que durante o verão no Hemisfério Sul, é inverno no Hemisfério Norte].

a. 21 de dezembro — Yule — Quando o sol inicia seu trajeto mais setentrional no céu, e os dias começam a ficar mais longos novamente, os pagãos celebravam o solstício de inverno queimando uma tora. Visto que o sol tinha girado para o outro lado e estava agora ascendendo no céu, os pagãos acreditavam que isso era um sinal de que os sacrifícios humanos oferecidos em Samhain (Halloween) tinham sido aceitos pelos deuses.

Continuamos a cantar no Natal: "Adornamos as paredes com galhos de azevinho... cantamos a velha cantiga do Yule... Vemos a ardente tora diante de nós. Fá lá lá lá lá lá lá lá." (Pagan Traditions of the Holidays, David Ingraham, pág. 71).

Posteriormente, a Igreja Católica Romana mudou o dia da celebração para 25 de dezembro, chamando-a de Natal.

Considere as raízes pagãs dos símbolos mais comuns do Natal:

(1) Árvore de Natal — a árvore sagrada do deus do inverno; os druidas acreditavam que os espíritos dos seus deuses residiam nas árvores. A maioria dos pagãos sabia que a árvore representava Ninrode reencarnado em Tamuz! Os pagãos também viam as árvores como símbolos fálicos.

(2) Estrela — Pentalfa, ou pentáculo, a estrela de cinco pontas. O pentáculo é um símbolo poderoso de Satanás, menos importante apenas que o hexagrama. A estrela é o símbolo sagrado de Ninrode, e não tem nada que ver com o cristianismo.

(3) Velas — Representam o fogo do recém-nascido deus-sol. Os pagãos do mundo todo apreciam e usam velas em seus rituais e cerimônias. Eles também acreditam que certas cores representam poderes específicos. O uso extensivo de velas é normalmente uma boa indicação que o serviço é pagão, não importa qual seja o traje exterior.

(4) Visco — É a planta sagrada dos druidas e simboliza as bênçãos pagãs da fertilidade; assim, beijar um visco é o primeiro passo no ciclo reprodutivo! Os feiticeiros também usam os frutos brancos do visco em poções.

(5) Grinaldas — São circulares e, assim, representam os órgãos sexuais femininos. As grinaldas estão associadas com a fertilidade e o "círculo da vida".

(6) Papai Noel — Ex-satanistas já me disseram que "Santa Claus" [Papai Noel, em inglês] é um anagrama para "Satan" [Satanás]. Na Nova Era, "Sanat Kamura" é definitivamente um anagrama para "Satanás". Os atributos e poderes míticos associados ao Papai Noel são estranhamente similares aos atributos e poderes de Jesus Cristo. Escrevemos um artigo que descreve essas similaridades, N1132. Nós o incentivamos a ler esse artigo, para ver que a tradição popular do Papai Noel substituiu espiritualmente Jesus Cristo!

(7) Renas — São animais chifrudos que representam o "deus chifrudo" das religiões pagãs! O número tradicional de renas no trenó do Papai Noel é oito; na gematria satânica, oito é o número de "novos começos", ou o ciclo da reencarnação. Os Illuminati vêem o "oito" como um símbolo da Nova Ordem Mundial.

(8) Elfos — São criaturas de forma demoníaca que são pequenos ajudantes de Papai Noel (Satanás). Eles também são demônios.

(9) Verde e vermelho — São as cores tradicionais da estação e também são as cores pagãs tradicionais do inverno. O verde é a cor favorita de Satanás, de modo que é apropriado que seja uma das cores tradicionais do Natal; o vermelho é a cor do sangue humano, a forma mais elevada de sacrifício a Satanás — por essa razão, o comunismo adotou o vermelho como sua cor principal!

(10) 25 de dezembro — É conhecido como a "natividade" do sol. Essa data é o aniversário de Tamuz, o sol, a reencarnação do deus-sol. Tradicionalmente, 21 de dezembro é conhecido como Yule. A Igreja Católica Romana mudou a celebração de Yule para 25 de dezembro.

(11) 25 de dezembro — Também era conhecido pelos romanos como saturnais, um tempo de excessiva libertinagem. Beber fazendo sucessivos brindes era a chave para a libertinagem dessa celebração. A fornicação era simbolizada pelo visco e o evento inteiro era encerrado com uma Grande Festa, o Jantar de Natal.

(12) Até mesmo o nome Natal [Christmas, em inglês] é pagão! "Christi" significava "Cristo", enquanto "Mas" significava "Missa". Visto que todas as missas pagãs estão comemorando a "morte", o nome "Christmas" significa literalmente a "morte de Cristo". Um significado mais profundo está na menção de "Cristo" sem especificar Jesus. Assim, o Anticristo está em vista aqui; os pagãos celebravam o "Natal" como uma celebração de seu vindouro Anticristo, que tentará dar um golpe no Jesus Cristo do cristianismo.

Os cristãos peregrinos americanos primitivos se recusavam a celebrar essa data.

b. 1 e 2 de fevereiro — Candlemas (Candelária) e Imbolg, popularmente chamado de Dia da Marmota [NT: No Brasil, em 2 de fevereiro é celebrado o dia de Iemanjá e de Nossa Senhora dos Navegantes].

A famosa marmota "meteorologista" de Punxsutawney, na Pensilvânia, sai de sua toca para prever como será o clima nas próximas semanas. Se ela olhar para sua sombra, quando sair ao sol, haverá mais seis semanas de mau tempo até que a chegada da primavera; caso contrário, as próximas sete semanas antes da primavera serão de bom tempo. Observe que essa tradição pagã mostra tanto o número "6" quanto o "7", que quando somados resultam em "13".

O que a maioria das pessoas não percebe é que essa visão pagã do Dia da Marmota (Imbolg) representa a Mãe-Terra. Considere estes paralelos estranhamente perturbadores entre a marmota e a Mãe-Terra:

  1. Assim como a deusa da Terra adormece no interior da Terra durante a estação de inverno, assim também a marmota.

  2. Tanto a deusa da Terra quanto a marmota fazem a ponte entre os dois períodos: o inverno e a primavera.

  3. Tanto a deusa da Terra quanto a marmota são criaturas da "terra".

  4. Tanto a deusa da Terra quanto a marmota "despertam" na Primavera.

  5. Tanto a deusa da Terra quanto a marmota completam o "ciclo da reencarnação".

  6. Em todo o ano, tanto a deusa da Terra quanto a marmota representam o ciclo de "renascimento" e "renovação".

O nome "Dia da Marmota" foi posto em substituição do nome satânico do feriado, Imbolg, uma noite que requer sacrifício humano.

c. 14 de fevereiro — Dia de São Valentim, ou Dia dos Namorados — É uma festividade pagã que incentiva o amor e a sensualidade. É celebrado precisamente treze dias após Imbolg, assim imprimindo sobre ele o número "13", o número de Satanás da rebelião extrema. Embora a maioria das pessoas veja esse dia como um dia para homenagear o cônjuge ou a(o) namorada(o), essa celebração está fundada no paganismo.

Considere os deuses ocultos camuflados no Dia dos Namorados:

1. Cupido, o filho de Vênus, é na realidade Tamuz, filho de Semíramis.

2. Vênus, filha de Júpiter, é na realidade a própria Semíramis. Júpiter é a deidade principal, um deus-sol — Ninrode, marido de Semíramis, é considerado o deus-sol nos mistérios babilônios.

Veja como um autor pagão descreve fevereiro, o mês em que cai o Dia de São Valentim (Dia dos Namorados nos EUA e em outros países): "O nome desse mês vem da deusa romana Februa e de Santa Febrônia (de Febris, a febre do amor). Ela é a padroeira da paixão do amor... O ritos orgiásticos dessa deusa eram celebrados em 14 de fevereiro — ainda observado como Dia de São Valentim — quando, nos tempos romanos, os homens jovens levavam bilhetes com os nomes de suas parceiras... Esse é o tempo de clara visão dentro de outros mundos, expresso por festividades de purificação. 1 de fevereiro é a celebração do dia da festividade do fogo (Imbolc), uma festa de purificação. É seguida no dia 2 por sua festa similar cristã, a Candelária, a purificação da Virgem Maria." (The Pagan Book of Days, Nigel Pennick, pág. 37).

O Dia dos Namorados é um dia de "ritos orgiásticos" em que os pagãos incentivavam o fluir das paixões sensuais.

2. Equinócio de Primavera: 13 semanas — Sabá menos importante, mas requer sacrifício humano.

a. 21 e 22 de março — A deusa Ostara (Ishtar, também se usa a ortografia "Eostre"), a quem a Páscoa [pagã, em inglês "Easter"] faz referência — 21 de março é uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

A Páscoa pagã é uma data móvel que usa a prática comum da astrologia; é celebrada no primeiro domingo após a primeira lua nova após Ostara.

Essa data também não tem absolutamente nada que ver com a Páscoa judaica e nem com a ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo! Em vez disso, esse dia na tradição pagã celebra o retorno de Semíramis em sua forma reencarnada da deusa da primavera. Os pagãos até mesmo têm um equivalente para a sexta-feira santa! É a "Sexta da Páscoa", e tem historicamente sido alocada na terceira lua cheia a partir do início do ano. Desde a associação da Páscoa pagã com a ressurreição de Jesus, a sexta-feira santa é fixada permanentemente na sexta-feira anterior à Páscoa.

A Páscoa pagã [Easter] está imersa nos mistérios babilônios, o mais maligno sistema idólatra já inventado por Satanás! Em todas as Escrituras proféticas, vemos Deus declarar seu julgamento final sobre a ímpia Babilônia! Todavia, a cada ano, pastores cristãos celebram a Páscoa como se fosse uma festividade cristã. Muitos pregadores batistas independentes estão começando a se referir a esse dia que celebra a ressurreição de Jesus como "Domingo da Ressurreição", de modo a fazer distinção dessa celebração pagã.

A deusa babilônia Ishtar é aquela a quem a Páscoa [Easter] se refere (Pagan Traditions of Holidays, pág. 9); na realidade, ela era Semíramis, mulher de Ninrode e a verdadeira fundadora dos mistérios satânicos babilônios. Depois da morte de Ninrode, Semíramis criou a lenda de que ele era na realidade seu filho divino, que nasceu quando ela ainda era virgem. Semíramis é considerada co-fundadora com Ninrode de todas as religiões ocultistas.

A Páscoa pagã [Easter, em inglês] — o Dia de Ishtar — é celebrada amplamente em várias culturas e religiões do mundo.

  1. Babilônia — Ishtar (Easter), também chamada Deusa da Lua
  2. Católicos — Virgem Maria (Rainha dos Céus)
  3. Chineses — Shingmoo
  4. Druidas — Virgo Paritura
  5. Egito — Ísis
  6. Efésios pagãos — Diana
  7. Etruscos — Nutria
  8. Alemães (antigos) — Herta
  9. Gregos — Afrodite / Ceres
  10. Índia — Isi / Indrani
  11. Judeus apóstatas antigos — Astarte (Rainha dos Céus)
  12. Krishna — Devaki
  13. Roma — Vênus / Fortuna
  14. Escandinavos — Disa
  15. Sumérios — Nana ("America's Occult Holidays", Doc Marquis and Sam Pollard. pág. 13)

Os babilônios celebravam o dia como o retorno de Ishtar (Easter), a deusa da Primavera. Esse dia celebrava o renascimento, ou reencarnação, da Natureza e da deusa da Natureza. De acordo com a lenda babilônia, um grande ovo caiu dos céus no rio Eufrates e a deusa Ishtar (Easter) eclodiu de dentro dele. Mais tarde, surgiu uma versão que incluía um ninho, em que o ovo pôde ser incubado até eclodir. Um cesto de palha ou vime era produzido para colocar o ovo da Páscoa [o ovo de Ishtar].

A Procura do Ovo de Páscoa Escondido foi criada porque, se alguém encontrasse o ovo enquanto a deusa estava "renascendo", ela concederia uma benção especial ao felizardo! Como essa era uma festividade alegre da primavera, os ovos eram pintados com as brilhantes cores da primavera. [Ibidem].

O Coelho da Páscoa

"O totem da deusa, a lua-lebre, punha ovos para as crianças comportadas comerem... a lebre da Páscoa era a forma como os celtas imaginavam a superfície da lua cheia..." (Pagan Traditions of Holidays, pág. 10). Não precisa me dizer que as lebres não botam ovos, porque sei isso muito bem; estamos lidando com uma lenda aqui, e com uma lenda ocultista. Tradicionalmente, essas lendas brincam com os fatos reais.

Assim, "Easter" — Eostre ou Ishtar — era uma deusa da fertilidade. Visto que o coelho é uma criatura que procria rapidamente, simbolizava o ato sexual; o ovo simbolizava "nascimento" e "renovação". Juntos, o coelho da Páscoa e o ovo de Páscoa simbolizam o ato sexual e o que nasceu deles, Semíramis e Tamuz.

Assim, é realmente uma questão espiritual muito séria quando as igrejas cristãs incorporam os "Ovos da Ressurreição" como parte da celebração da Páscoa. Na melhor das hipóteses, essas igrejas estão confundindo as mentes de suas preciosas crianças, obscurecendo a linha divisória entre os símbolos pagãos e seus significados e o significado cristão do Dia da Ressurreição. As crianças que participam dos "Ovos da Ressurreição" na igreja serão condicionadas mais tarde em suas vidas a aceitarem a tradição pagã que revolve em torno dos mesmos símbolos.

No pior caso, a igreja que participa na tradição da Páscoa pagã promovendo os "Ovos da Ressurreição" e talvez uma Procura ao Ovo de Páscoa Escondido, é culpada de combinar o cristianismo com o paganismo, um coquetel letal que o Senhor Jesus rejeitará! Lembre-se de nosso verso-chave:

"Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei, e eu serei para vós Pai e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso." [Efésios 6:17-18].

Se sua igreja usa os "Ovos da Ressurreição", você deve considerar desligar-se dela imediatamente; se o pastor titular é liberal o suficiente para permitir os "Ovos da Ressurreição" na celebração do Dia da Ressurreição, então provavelmente também é liberal nas doutrinas e na teologia, mas pode não ser o suficiente para você perceber isso.

Outros Ingredientes Pagãos

Oferendas de Páscoa — São derivadas da tradição em que os sacerdotes e sacerdotisas traziam oferendas para os templos pagãos para a deusa da primavera, Ishtar. Eles traziam flores frescas da primavera e doces para colocar no altar do ídolo da deusa que adoravam. Eles também assavam um bolo de passas, decorando-o com cruzes para simbolizar a cruz de Wotan, ou algum outro deus pagão; essas cruzes não eram originalmente a cruz de Jesus Cristo. Esse é outro caso em que Satanás falsificou uma tradição pagã que poderia mais tarde ser passada como "cristã" em uma igreja seriamente comprometida com a sincretização.

De fato, o primeiro caso de Bolo de Frutas Secas pode ser rastreado até cerca de 1500 AC, até Cecrops, o fundador de Atenas (Marquis, pág. 18). Nas celebrações do Velho Testamento no Israel apóstata, vemos mulheres irritando a Deus porque assavam esses bolos para oferecê-los em adoração à Rainha dos Céus [Jeremias 44:17-18 e Oséias 3:1]. A nota de rodapé para esse título "Rainha dos Céus" no Amplified Bible Commentary diz: "Uma deusa da fertilidade, provavelmente o título babilônio para Ishtar. Ela é identificada com o planeta Vênus. As oferendas para essa deusa incluíam bolos feitos na forma de uma estrela". Mais tarde os pagãos usaram não só a forma da estrela Pentalfa como também o bolo de frutas secas.

Outra oferenda popular a Ishtar eram as roupas novas, feitas ou compradas! Os sacerdotes usavam seus melhores trajes, enquanto as virgens vestais usavam vestidos brancos novos. Elas também usavam algo para cobrir as cabeças, como chapéus de palha ou toucas de tecido e muitas se adornavam com grinaldas de flores da primavera. Elas carregavam cestos de vime cheios de doces e alimentos para oferecerem aos deuses pagãos.

Serviços de Páscoa ao nascer do sol — Eram iniciados pelos sacerdotes que serviam à deusa babilônia Ishtar para simbolicamente apressar a reencarnação de Ishtar/Easter. Uma vez mais, vemos como Satanás sabia que a ressurreição de Jesus da sepultura seria descoberta nas primeiras horas do nascer do sol, e que a igreja cristã quereria realizar serviços religiosos cedo de manhã para celebrar. Satanás e seus demônios sabiam e acreditavam na Palavra de Deus e em suas profecias literalmente, e foi-lhes concedido certo conhecimento prévio. Exatamente como Satanás falsificou o nascimento divino de um menino de uma mãe virgem mais de mil anos antes de Jesus realmente nascer, assim também falsificou o serviço de adoração bem cedo de manhã, ao nascer do sol.

Quaresma — É puramente pagã, e ainda assim foi aceita pela Igreja Católica Romana e pelas igrejas cristãs apóstatas como "cristã". Se a igreja que você freqüenta celebra a Quaresma, você precisa informar ao pastor titular das raízes pagãs dessa tradição; se ele não der ouvidos, considere desligar-se dessa igreja, porque se eles aceitam a Quaresma como cristã, você pode apostar que são liberais em áreas críticas da Bíblia também.

A Quaresma é uma celebração da morte de Tamuz; a lenda diz que ele foi morto por um javali selvagem aos quarenta anos. Portanto, a Quaresma celebra um dia para cada ano de vida de Tamuz (America's Occult Holidays, de Doc Marquis e Sam Pollard). Os participantes deviam expressar seu pesar pela morte precoce de Tamuz pranteando, jejuando e se autoflagelando.

A Quaresma era celebrada por exatamente quarenta dias antes da celebração à deusa Ishtar/Eostre [a Páscoa pagã] e outras deusas pelas seguintes culturas: babilônios, católicos romanos, curdos, mexicanos, Israel antigo e, hoje, também pelas igrejas protestantes liberais e apóstatas.

Podemos ver a ira de Deus sobre essa celebração da Quaresma em Ezequiel 8:14-18; o julgamento de Deus sobre essa comemoração é descrito em Ezequiel 9, um capítulo que sugerimos que você leia atentamente, porque Deus declara que punirá de modo similar qualquer nação que não ouvir e obedecer seus mandamentos [Jeremias 12:17].

b. 1 de abril — Dia da Mentira, precisamente 13 semanas desde o ano novo!

c. 19 de abril a 1 de maio — Sacrifício de Sangue à Besta, um período crítico de treze dias. Sacrifício de fogo é requerido em 19 de abril.

19 de abril é o primeiro dos treze dias de ritual satânico relacionado com o fogo — o deus do fogo, Baal, ou Moloque/Ninrode (o deus-sol), também conhecido como o deus romano Saturno (Satanás/Diabo). Esse dia é um dos dias mais importantes de sacrifício humano, e requer sacrifício de fogo com ênfase em crianças. Por causa disso, alguns eventos históricos muito importantes ocorreram nesse dia.

Lembre-se, os Illuminati consideram a guerra como sendo um dos meios mais propícios para o sacrifício, porque ela mata tanto crianças quanto adultos.

Algumas datas históricas muito importantes que foram programadas para ocorrer nesse dia de sacrifício de sangue foram:

(1) 19 de abril de 1775 — Batalha de Lexington & Concord, que tornou inevitável a Guerra Revolucionária Americana, conduzida pelos maçons.

(2) 19 de abril de 1943 — Após encurralar os últimos combatentes judeus da Resistência em um dreno formado pela chuva em Varsóvia, e mantê-los presos por vários dias, soldados nazistas da Tropa de Choque começaram a lançar fogo em cada extremidade do dreno, usando lança-chamas. Eles continuaram a lançar fogo no dreno até que todos os combatentes estivessem mortos. Sacrifício de sangue produzido por uma conflagração.

(3) 19 de abril de 1993 — 50 anos depois, no mesmo dia, tropas do governo, tanques e outros equipamentos militares atacaram o complexo de David Koresh e seus seguidores em Waco, no Texas. Certamente, essa operação cumpriu os requisitos para um sacrifício humano: trauma, fogo e vítimas sacrificiais jovens.

(4) 19 de abril de 1995 — Atentado à bomba em Oklahoma — Uma vez mais, muitas crianças foram mortas nesse dia.

19 de abril de qualquer ano no século XX é um dia para ser observado com temor, porque parece que, enquanto nos aproximamos mais do fim dos tempos, Satanás está se tornando cada vez mais audacioso e usa o 19 de abril com maior freqüência.

d. 30 de abril a 1 de maio — Festival de Beltaine, também chamado de Noite de Walpurgis. Este é o dia mais importante no calendário dos feiticeiros druidas, enquanto Primeiro de Maio é o segundo feriado mais sagrado dos Illuminati. Sacrifício humano é requerido. Visto que essa celebração oficialmente começou com a noite antes de Beltaine, surgiu a tradição entre os ocultistas de celebrar Beltaine em dois dias. Esta tradição foi forte o bastante para Adolf Hitler decidir se matar em 30 de abril às 3:30 da tarde, criando assim um 333 e colocando seu sacrifício por suicídio dentro da estrutura de tempo de Beltaine.

Grandes fogueiras são acesas na véspera de Beltaine, a fim de dar boas vindas à deusa da Terra. Os participantes esperam ganhar o favor dessa deusa para que ela abençoe suas famílias com fertilidade procriativa. Achamos interessante que a Casa Real de Windsor (família real britânica) acenda uma "Fogueira" de Beltaine todo ano (America's Occult Holidays, de Doc Marquis and Sam Pollard, pág. 30).

O mastro enfeitado com flores e fitas originou-se da celebração de Beltaine. Visto que a fertilidade está sendo pedida à deusa da Terra, o mastro enfeitado é o símbolo fálico e a dança circular em torno dele forma o círculo que simboliza do órgão sexual feminino. Fitas de dois ou três metros, vermelhas e brancas alternadas são presas na ponta do mastro; os homens dançam no sentido anti-horário, enquanto as mulheres dançam no sentido horário. A união das fitas vermelhas e brancas entrelaçadas simbolizava o ato da cópula — lembre-se, esse é um dia de celebração da "fertilidade"!

Para demonstrar seus vínculos ocultistas e Iluministas, os comunistas celebraram o Dia do Trabalho em Primeiro de Maio. Se você não sabe como os Illuminati criaram o comunismo, e para que propósito, precisa ouvir as fitas do Seminário 2, "America Determines The Flow of History". [Nota: Leia também o artigo N1007, "Tese x Antítese = Síntese"].

3. Solstício de Verão: 13 semanas — Quando o sol alcança o ponto mais setentrional em sua jornada no céu.

  1. 21 e 22 de junho — Solstício de verão.
  2. 21 de junho — Litha, é uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.
  3. 4 de julho — Dia da Independência dos Estados Unidos, 13 dias após Litha e 66 dias a partir de 30 de abril.
  4. 19 de julho — 13 dias antes de Lughnasa
  5. 31 de julho a 1 de agosto — Lughnasa, grande sabá festivo. 1 de agosto — uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

4. Equinócio de Outono: 13 semanas — Sabá menos importante, mas requer sacrifício humano.

  1. 21 de setembro — Mabon, uma das noites de sacrifício humano dos Illuminati.

  2. 21 e 22 de setembro — Equinócio de outono — A partir dessa data até o Halloween, os ocultistas acreditam que o véu que separa a dimensão terreal do reino dos demônios ficará progressivamente mais fino, até que na noite de 31 de outubro ele estará o mais fino possível; esse afinamento do véu separador permite mais facilmente a comunicação do reino demoníaco com esta dimensão terreal. Assim, acredita-se que no Halloween, os espíritos malignos, fantasmas, bruxos, gatos pretos, duendes, fadas e demônios de todos os tipos corram soltos pelo mundo. Eles têm de estar de volta à sua dimensão espiritual antes da meia noite de Halloween, porquanto o véu separador começa então a se tornar mais espesso.

Uma vez mais, reitero, essa é a crença dos ocultistas, não a minha! Outubro é um dos meses mais propícios para os Illuminati.

c. 31 de outubro — Samhain, também conhecido como Halloween, ou Dia das Bruxas, e Véspera de Todos os Santos, como designado pela Igreja Católica. Essa data é um dos mais importantes dias de sacrifício humano dos Illuminati.

O Halloween mudou nos últimos trinta anos de duas maneiras importantes. Primeiro, as crianças estão sendo incentivadas a participarem usando fantasias inofensivas como a da boneca Barbie, a Mulher Maravilha, Batman e Super-Homem. Em segundo lugar, as fantasias e as festas dos adultos alcançaram um tremendo ápice e se tornaram um dos mais macabros dias de celebração.

Historicamente, Halloween é o feriado mais mortal já celebrado na história humana. A noite satânica é dedicada ao deus celta dos mortos, também simbolizado pelo deus chifrudo, o deus-cervo. Os druidas celebravam o Samhain como uma festividade de fogo de três dias, fazendo grandes fogueiras, supostamente para afugentar os demônios que rondavam ao derredor; adicionalmente, o fogo provia o meio pelo qual o sacrifício humano requerido seria apresentado ao deus-sol. Em enormes cestos de vime, os sacerdotes colocavam amarrados tanto os sacrifícios humanos quanto animais, que então eram descidos às chamas. Os sacerdotes assistiam atentamente o modo como a vítima morria para poderem predizer se o futuro traria bem ou mal (Pagan Traditions of the Holidays, pág. 71).

Origem das Tradições Populares de Halloween, o Dia das Bruxas

Doces e "Traquinagem ou Trato"

Essa prática pagã tem mais de 2000 anos. Para garantir sua segurança e bem-estar, as pessoas punham do lado de fora de suas casas doces, as melhores pernas de carneiro, legumes, ovos, carne de frango, mel e vinho, para que os maus espíritos que vagueavam os consumissem em seu caminho de volta para o mundo dos mortos. Deixar de "tratar" esses maus espíritos poderia resultar no lançamento de uma maldição sobre a casa! As pessoas literalmente acreditavam que, se os espíritos viessem à sua porta, eles "aprontariam vilanias" se não fossem bem tratados.

"A versão americana do Halloween veio da Irlanda... A praga nas plantações de batatas e a grande fome que ocorreu em 1840 levou milhares de famílias a emigrarem da Ilha Esmeralda. Com eles veio a tradição de celebrar o Halloween, com a crença nos maus espíritos, a "abóbora-lanterna", fogueiras, maçãs, castanhas, e as traquinagens... Os irlandeses são também responsáveis por fazerem a "Traquinagem ou Trato" cair em grande popularidade nos Estados Unidos. Na Irlanda em 31 de outubro, os camponeses iam de casa em casa para receber oferendas a seu deus-druida, Muck Olla. A procissão parava em cada casa para dizer ao sitiante que sua prosperidade era devida à benevolência de Muck Olla... ou então a má sorte poderia se abater sobre o sitiante e sobre suas colheitas. Poucos sitiantes se arriscavam a desagradar à deidade pagã, de modo que a procissão retornava para casa com ovos, manteiga, batatas e, em alguns casos, com moedas... Para os sitiantes irlandeses isso não era brincadeira; eles temiam de verdade que o deus celta pudesse destruir suas casas e seus celeiros... A escolha entre "Traquinagem ou Trato" é parte dessa herança pagã." (Pagan Traditions of the Holidays, págs. 78-79).

Trajes Horripilantes

As pessoas também tiravam gravetos da fogueira e acenavam com eles para amedrontar os muitos espíritos malignos que rondavam a terra; para o caso de os gravetos em chamas sozinhos não servirem, os foliões se vestiam com os trajes mais horrendos possíveis. Elas acreditavam que, vestido com um traje horripilante, se você encontrasse uma companhia de espíritos na noite, eles pensariam que você era um deles e não o perturbariam. (Halloween and Satanism, Phil Philips, págs. 26-27).

Grandes Fogueiras

A obsessão de Satanás pelo fogo produziu a obsessão humana pela construção de grandes fogueiras. Como dissemos anteriormente, essas fogueiras eram práticas, pois proviam o meio pelo qual os sacerdotes fariam os sacrifícios humanos e animais tão cruciais para o Halloween. Quando as últimas brasas se apagavam, as pessoas saiam correndo, e desciam os morros gritando: "O Diabo pegará aquele que ficar por último" (Philips, págs. 27-28).

Adivinhações

Samhain (Halloween) era também o tempo para obter a ajuda do Diabo para adivinhar o futuro. Perguntas a respeito de casamento, sorte, saúde e o tempo da morte de alguém eram assuntos comuns para a adivinhação. Na Escócia, os jovens se reuniam para os jogos e puxavam brotos do chão para saber quais deles se casariam no ano vindouro e em que ordem os casamentos ocorreriam.

Noite de Pegar a Maçã

Há muito tempo que as maçãs são um símbolo do amor e da fertilidade. Nas festas de Halloween, as pessoas mordiam maçãs colocadas em grandes tinas cheias de água. Se um rapaz conseguisse morder e prender uma maçã com seus dentes, poderia ter a certeza do amor da moça de quem gostava. A brincadeira de morder e prender a maçã era muito apreciada pelos rapazes. Um de cada vez entrava na tina e tentava morder e pegar com os dentes uma maçã que era girada na ponta de um bastão; o primeiro rapaz que conseguisse pegar seria o primeiro a se casar.

As sementes de maçã também eram usadas para predizer a sorte. Descascar uma maçã em uma longa tira deveria revelar a uma moça seu futuro. A jovem girava a casca da maçã três vezes em torno de sua cabeça e depois a lançava para trás por cima de seu ombro esquerdo. Se a casca caísse sem quebrar, a garota examinava a figura formada para ver se podia identificar a letra inicial do nome do seu futuro marido!

Espíritos Familiares do Feiticeiro

Corujas, morcegos, gatos e sapos são parte essencial do Halloween, e por uma razão muito boa: eles são conhecidos como "espíritos familiares dos feiticeiros". Um espírito familiar de adivinhação era a espécie de animal cuja forma Satanás assumiria para ajudar o feiticeiro a adivinhar o futuro. O feiticeiro observava atentamente os movimentos do animal — se lentos ou rápidos — e via a direção em que ele se movia e os tipos de som que produzia, a fim de predizer a extensão da vida e/ou de uma doença incapacitante.

Outras formas de "espíritos familiares" incluíam as galinhas, gansos, cães pequenos, ratos, borboletas, vespas e lesmas. As bruxas consideravam que essas criaturas eram possuídas e controladas por demônios. Se você olhar com atenção a maioria das decorações de Halloween, verá esses animais, mas agora sabe que representam criaturas possuídas por demônios. (Pagan Traditions of the Holidays, págs. 75-76).

O "Homem da Lanterna" e "Traquinagem ou Trato"

Outros nomes para o "Homem da Laterna" [Jack-o-Lantern] era Cabeça de Abóbora, Abóbora-Lanterna, etc. A origem do nome "Homem da Lanterna" está nas estranhas luzes pálidas que apareciam sobre os charcos e pântanos da Inglaterra. Essas luzes fantasmas, que davam a impressão de serem lanternas nas mãos de alguém, eram chamadas de "Velas dos Mortos". Dizia-se que as velas eram sinais das almas dos homens mortos no mar. (Halloween and Satanism, Philips, págs. 33-34).

"Os celtas freqüentemente esvaziavam um nabo e esculpiam uma face grotesca nele para tapear os demônios. Eles levavam essas lanternas para iluminar um caminho no escuro e afugentar os espíritos malignos... Enquanto o nabo continua a ser popular na Europa, a abóbora o substituiu nos Estados Unidos. 'Jack' é um apelido para 'John', ("João") que é uma gíria para indicar um 'homem qualquer'. "Jack-O-Lantern" significa literalmente o 'homem da lanterna'" (Pagan Traditions of the Holidays, págs. 79-80).

A "Traquinagem ou Trato" dos Druidas

Os druidas originaram a prática de esvaziar o "Homem da Lanterna" e enchê-los de banha humana. Sempre que um grupo invasor chegava a uma casa para exigir do chefe de família que alguém da casa fosse entregue para o sacrifício humano, eles acendiam um "Homem da Lanterna" cheio de banha humana. Se o chefe de família cedesse e concordasse em entregar um de seus familiares para o sacrifício, o grupo de druidas deixava o "Homem da Lanterna" no pórtico. Essa lanterna serviria para avisar aos outros grupos e às hostes demoníacas que o grupo anterior já tinha obtido um ser humano para o sacrifício e as pessoas restantes deveriam ser deixadas em paz. Garantir que ninguém mais na casa seria morto naquela noite era o "trato".

Se o chefe de família se recusasse a entregar um de seus familiares, uma "traquinagem" seria feita contra aquela casa. Os membros do grupo saqueador desenhavam um grande hexagrama usando sangue humano na porta da frente; eles obtinham o sangue de um cadáver que puxavam pelo caminho usando uma corda. As hordas demoníacas seriam atraídas por esse hexagrama e invadiriam a casa, levando à loucura um ou mais dos moradores ou matando-os de terror repentino. (America's Occult Holidays, pág. 20).

Esta é a verdadeira origem da "Traquinagem ou Trato" e do "Homem da Lanterna". Você quer realmente que seus filhos brinquem com isso?

Práticas Proibidas Especialmente Associadas com o Halloween

Deus relaciona as práticas satânicas que proíbe expressamente, sob pena de morte! Cada uma delas está singularmente associada com o Dia das Bruxas!

1. Encantamento — Ato de influenciar por feitiços e encantos usando a prática das artes mágicas. Tais práticas provêm diretamente do poder de Satanás! Deus proíbe o encantamento em muitos lugares, o principal dos quais é Deuteronômio 18:10-12.

2. Feitiçaria — Lidar com espíritos demoníacos, usando seus métodos prescritos, comumente chamados rituais e "artes mágicas". A Bíblia a proíbe, como em Gálatas 5:19-20. Hoje, graças a Harry Potter e "O Senhor dos Anéis", a feitiçaria está crescendo rapidamente em popularidade. Programas de televisão que exibem bruxas são "A Feiticeira" e "Buffy, a Caça-Vampiros", apenas para citar dois. Vá a uma videolocadora e percorra a seção "Terror", onde você verá a popularidade que a feitiçaria alcançou em nosso país hoje.

3. Bruxaria — Uso de poder obtido em rituais prescritos exigidos pelas hordas demoníacas. Uma vez que o bruxo ou mago execute o ritual corretamente, as hordas demoníacas deverão prover o poder para efetuar aquela ação desejada pelo bruxo.

4. Adivinhação — Predizer a sorte e ver o futuro. Deus quer que confiemos nele e em seu poder e que não nos preocupemos com o dia de amanhã. Satanás, por outro lado, gosta de deixar as pessoas preocupadas com a idéia de que podem saber o que ocorrerá no futuro. A adivinhação é proibida na Bíblia em Jeremias 29:8-9 e em Deuteronômio 18:10-12.

5. Magia — A arte ou prática de um mago ou feiticeiro. Um mago ou bruxo é alguém habilitado nas artes mágicas, um feiticeiro. Deus proíbe tais práticas em Deuteronômio 18:10-12 e Levítico 19:31.

6. Necromancia — Comunicação com os mortos. Especificamente, conjurar os espíritos dos mortos para propósitos de magicamente revelar o futuro ou influenciar o curso de eventos. Proibida em Deuteronômio 18:10-12 e em Isaías 8:19.

7. Feitiços — A prática de lançar um feitiço em alguém a fim de mudar ou controlar sua mente e/ou seu comportamento. Os magos gostam de ter uma conversa "um a um" com seus inimigos por que assim possam "enfeitiçá-los" por meio de um ritual realizado previamente, e pelas hordas demoníacas que residem nele. Adolf Hitler seguia essa prática de perto quando negociava com os líderes da Europa, da Grã-Bretanha e da Rússia. O primeiro-ministro britânico, Chamberlain, ficou totalmente enfeitiçado por Hitler ao tentar apaziguar o ditador alemão em Munique, em 1938; Chamberlain ficou tão enfeitiçado por Hitler que após retornar de Munique, proclamou entusiasticamente que tinha garantido "a paz em nosso tempo".

Ao lidar com um membro poderoso dos Illuminati, não tente se reunir com ele, nem confie no testemunho de pessoas que se reuniram com ele. Um ritual de encantamento é facilmente executado e faz o líder extravasar confiança, caráter e sinceridade que ele mais provavelmente não possui. Deus proíbe essa atividade em Deuteronômio 18:10-12.

8. Observação das Estrelas, ou Astrologia — Adivinhação da suposta influência das estrelas e de outros corpos celestes sobre as vidas humanas e as relações entre as nações. Os ocultistas literalmente ordenam suas vidas de acordo com a astrologia e os números. Deus proíbe essa atividade em Deuteronômio 18:10-12 e em Jeremias 10:2. Também chamada de "Observar os Sinais do Céu".

9. Adivinhação — Predizer eventos e profetizar por meio de outro espírito que não o Espírito Santo. Proibida em Miquéias 5:12 e implicada fortemente em Deuteronômio 18:10-12.

10. Prognosticação - Predizer a partir de sinais e sintomas, também profetizar sem o Espírito Santo. Proibida em Isaías 47:12-13 [chamada também de "consulta aos agoureiros"].

11. Magia — Utilizar o poder dos demônios por meio do uso de rituais prescritos de forma que a ação levada a cabo seja realizada pelo poder demoníaco. Proibida em Deuteronômio 18:10-12, 2 Crônicas 33:6 e 1 Samuel 15:23.

Todas essas atividades estão associadas com as tradições do Halloween! Os cristãos não têm nada que participar no Dia das Bruxas. Fazer isso é agir contra um grande número de textos das Escrituras em que Deus usa a linguagem mais forte possível para proibir o envolvimento com o ocultismo. De fato, em muitos casos, Deus decreta que as pessoas que praticam essas atividades sejam punidas com a morte!

Entretanto, vemos hoje muitas igrejas promoverem festas do Dia das Bruxas em que muitas dessas práticas pagãs são seguidas! O apóstolo Paulo fez fortes advertências que faríamos bem em seguir:

"Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência." [Efésios 5:6].

Pare de ouvir as pessoas que dizem "palavras vãs", porque se você for adiante e participar nesse maligno feriado, Deus certamente não fará "vista grossa".

Nota final sobre o Halloween: se você tem prestado atenção, saberá que essas práticas formam a essência da série e dos livros e filmes de Harry Potter. Harry Potter é um mago, e vem de uma família de bruxos e magos (feitiçaria familiar, de geração em geração). A existência inteira dele ocorre na Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria, onde Harry e seus amigos aprendem todas as onze práticas proibidas.

A autora J. K. Rowling faz toda essa atividade satânica parecer tão legal e divertida que dezenas de milhões de crianças estão sendo atraídas para as Artes das Trevas proibidas por Deus. Todavia, muitos pais cristãos e alguns ministérios cristãos tolamente engolem a mentira que, de alguma forma, essas proibições não se aplicam a eles quando lêem os livros de Harry Potter ou assistem aos filmes.

Verdadeiramente, vejo esse inacreditável fenômeno como um sintoma da apostasia da igreja cristã predita pelo apóstolo Paulo como um sinal-chave da proximidade do Anticristo:

"Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia..." [2 Tessalonicenses 2:3].

Literalmente, os cristãos que participam dessa práticas estão abrindo as portas para o Anticristo!

Conclusão

Visto que estamos obviamente vivendo no fim dos tempos, que modo de vida devemos seguir? O apóstolo Pedro, falando por meio da inspiração do Espírito Santo, nos diz exatamente que tipo de vida devemos buscar:

"Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus... Por isso, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz" [2 Pedro 3:11-12,14].

O apóstolo Pedro insta que percebamos a proximidade da hora para estarmos:

"em santo trato, e piedade"

"achados imaculados e irrepreensíveis em paz"

Além disso, Jesus Cristo nos disse que encontraríamos essas qualidades do Espírito Santo em nossa vida pela separação do mal. Veja a seqüência em 2 Coríntios 6:17-18:

Passo 1: Por isso saí do meio deles, e apartai-vos

Passo 2: Não toqueis nada imundo

Passo 3: E eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.

Quer você goste ou não, Jesus Cristo não receberá aqueles que tentam servir ao paganismo e ao cristianismo ao mesmo tempo. Se você está participando dessas atividades que foram produzidas pelo satanismo, precisa examinar de perto seu coração, sua alma e sua mente, e remover de forma drástica toda e qualquer coisa que possa impedi-lo de receber a benção de Jesus. Acredite, a plenitude do Espírito Santo mais do que compensará qualquer prazer que você possa ter renunciado ao deixar de praticar esses atos pagãos.

Jesus Cristo está vindo em breve, mas primeiro o Anticristo deve aparecer.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

 Tradução: Walter Nunes Braz Jr.
Data da publicação: 16/9/2003
Patrocinado por: M. R. D. S. L. — Sorocaba / SP
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1796.asp