Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

A Oração que funciona.


A Oração Que Funciona


"Esforçai-vos, e Ele fortalecerá o vosso coração vós todos os que esperais no Senhor." Salmo 31:24

"Senhor, filho de Davi, tem misericórdia de mim. Senhor, socorre-me. Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores." Disse, uma mulher cananeia. "Ó mulher, grande é a tua fé. Seja feito para contigo, como tu desejas", Disse Jesus. E desde aquela hora, a filha daquela mulher ficou livre. Atitude, humildade, oração e vitória

A mulher cananeia tinha uma filha cativa por um demônio que a fazia sofrer miseravelmente. Jesus estava passando na região de Tiro e Sidon. Ela estava diante de uma única oportunidade. E não a desperdiçou. Quem sabe você tem um problema parecido.

Não sabemos quantos anos tinha a filha daquela senhora. Mas sabemos que sua mãe tinha um propósito: conseguir a liberdade da filha. Ela não era de Israel. Era estrangeira. Ela não tinha amigos entre os discípulos de Jesus, por isso gritava. Perturbava. E Jesus permanecia em silêncio. Era o Messias; o enviado de Deus exclusivo para Israel. Os estrangeiros, naquele tempo, não faziam parte da sua missão. A mulher insistia.

E quem busca, acha. Quem pede, recebe. E quem bate, a porta abrir-se-lhe-á. Ela seguiu literalmente esta receita, sem nunca tê-la ouvido. Buscou, pediu, gritou e bateu. Humilhou-se. Insistiu. Até receber a admiração e o favor do Senhor - a libertação da filha. Chegou aflita, desesperada. Ouviu palavras duras, mas não desanimou. Saiu chorando, mas não de tristeza: de contentamento. Sua filha estava livre.

Ninguém sabe como aquela mulher achou Jesus. Nem ficou evidente quem lhe falou sobre o poder do Senhor sobre os demônios. Também não está escrito como descobriu que a vida miserável da filha era causada por um demônio. Aquela mulher estava no tempo e lugar certos. Disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. "Buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração"

Como foi possível àquela mulher conseguir uma bênção tão grande com tão poucas palavras?

Oração. Sim, oração sincera. Não aquela oração de desfiar as contas de um terço cheio de "padre-nossos" "ave-marias" e "santa-marias" Era um oração produzida por um espinho na alma, que a fazia gritar e clamar: Senhor, filho de David, tem misericórdia de mim.

Há muitos que oram, mas não recebem. E não recebem, porque oram mal. A oração para ser respondida tem que estar em harmonia, em sintonia, com a vontade do Pai Eterno. Bênçãos grandes vêm de grandes orações. E não de orações grandes.

Você está com um espinho na alma? Sua dor é muito grande? Insuportável? Medite nas atitudes da mulher cananeia. Deixe de lado seus preconceitos. Seu status. Para chegar até o dono das bênçãos é preciso se despojar da soberba. Da presunção humana. Do pensamento cartesiano. Abra seu coração e clame a Jesus. Entre no quarto e feche a porta. Ajoelhe-se ao pé da cama e fale com Jesus, como se ele estivesse assentado nela.

Insista

Ore hoje. Amanhã. E continue orando. Jesus não é uma lenda. Ele é real. É o filho do Deus vivo, que morreu na cruz, mas hoje está vivo, assentado à direita do Pai. Seus ouvidos estão atentos às orações dos que estão necessitados. Desesperados. De corações quebrantados.

Mas não basta ser necessitado. Estar desesperado. Quebrantado de coração. É preciso ter atitude: buscar, pedir e bater na porta com um coração sincero. Não uma única batida na porta, mas várias. Não um pedido envergonhado, mas um clamor bem alto. Não uma busca de faz de contas, mas verdadeira.

A mulher cananeia não foi a Jesus achando que talvez ele a atenderia. Ela foi disposta a ser ouvida de qualquer maneira. Não importava ser chamada de filhote de cachorro, desde que alcançasse o direito de comer das migalhas que caiam dos pratos dos seus senhores.

E quando o Senhor ouviu essa resposta, se compadeceu da dor daquela mulher, porque viu nela uma grande fé. E fé é a certeza das coisas antes de vê-las.
|  Autor: João Cruzué  |  Divulgação: estudogospel.com.br |

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Saiba o que eles não querem que você saiba.

Coisas estranhas na terra do Tio Sam: FEMA mobilizada para "Planejamento de Fatalidade em Massa"

Posted: 06 Oct 2012 04:27 PM PDT

O Congresso dos Estados Unidos aprovou uma lei que obriga a Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA) para se preparar para um "planejamento de fatalidade em massa" em que funerárias, cemitérios e necrotérios sendo "oprimido", na sequência de um ataque terrorista em massa, desastre natural ou outra crise. O projeto de lei, HR 6566 ou o Planejamento Fatality Massa e Lei das considerações religiosas, foi publicado no site govtrack.us neste 05 de outubro que foi aprovado pela Câmara em 28 de setembro. "A legislação altera a Lei de Segurança Nacional de 2002 que orientava a FEMA para "fornecer orientação e coordenação de planejamento de fatalidade massa, e para outros fins." Observando a necessidade de preparação de emergência em relação a ataques terroristas, desastres naturais e desastres causados ​​pelo homem, a lei instrui a FEMA a ser sensível ao fato de que os judeus e os muçulmanos exigem que seus corpos sejam enterrados dentro de 48 horas após a morte. "Casas funerárias, cemitérios, necrotérios poderiam ser oprimidos devidos a mortes em massa que surgem de um desastre natural, ato de terrorismo, ou catástrofe feita pelo homem outro", afirma a legislação. Caso o projeto de lei ser dada a luz verde do Senado, o texto completo alterado para Lei de Segurança Interna irá indicar; " "Preparação para Fatalidades em Massa-Na realização desta seção, o administrador deve orientar e coordenar com as pessoas apropriadas, incluindo representantes de diferentes comunidades, empresas do setor privado, organizações sem fins lucrativos e organizações religiosas, para se preparar e responder a um desastre natural, ato de terrorismo, ou outro desastre provocado pelo homem que resulta em mortes em massa." "Esta é apenas uma daquelas coisas que faz o estômago revirar: as pessoas que nos trouxeram a Lei de Autorização de Defesa Nacional (que autoriza a detenção de cidadãos americanos em solo dos EUA), se entende prudente para se preparar para mortes em massa em solo dos EUA", escreve Simon Black. "FEMA, como você pode recordar, é a mesma organização que não poderia obter garrafas de água entregues a Nova Orleans após o furacão Katrina ... e levantou centenas de voluntários experientes trabalhadores dos serviços de emergência de entrar na cidade por vários dias de formação de assédio sexual obrigatória . " A legislação só vai servir para mais paranóia em vigor que o governo federal está se preparando para uma agitação civil em massa que poderá levar a uma declaração da lei marcial e exigir força letal a ser utilizada, como foi durante o furacão Katrina , quando a polícia foi obrigada a atirar em saqueadores. O Departamento de Segurança Interna foi se armando até os dentes ao longo dos últimos seis meses, a compra de munição em quantidades de cair o queixo. Como informamos no mês passado , após a polêmica sobre a compra de cerca de 1,2 mil balas nos últimos seis meses, o DHS colocou para fora uma solicitação nova para mais de 200 milhões de cartuchos de munição mais, alguns dos quais são designados para ser usado por atiradores de elite. ********************* ********************* Paul Joseph Watson é o editor e escritor de Prison Planet.com . Ele é o autor de Order Out Of Chaos. Watson também é um regular preenchimento de host para o Alex Jones Show e Notícias Infowars Nightly. Via: http://2012umnovodespertar.blogspot.com.br/ e Prisonplanet.com

O engano final: Redes de TV cristãs nos EUA estão se preparando para TRANSMITIR ao vivo o "retorno" de "Jesus Cristo"

Posted: 06 Oct 2012 04:15 PM PDT

Seria o anúncio do surgimento do 'executivo mundial'? A utilização da holografia do Blue Beam? Ou mais uma forma de religiosos vendilhões ganharem dinheiro? Na foto ao lado: Trinity Broadcasting Network, co-fundador Paul Crouch, centro, seu filho Matt Crouch, à direita, e evangelista Singapura Joseph fita Príncipe numa transmissão de oração no terraço do novo TBN de Jerusalém. ( Edmund Sanders, Los Angeles Times / outubro 1 , 2012 ) As duas maiores redes de televisão cristã EUA se preparam para televisionar um eventual retorno de Cristo no Monte das Oliveiras, como anunciado na profecia bíblica. A transferência seria possível graças a recente aquisição de um estúdio de televisão que permite uma visão da cidade antiga e que poderia, eventualmente, entregar as imagens ao vivo . Conforme relatado pelo Los Angeles Times , os canais de TV Daystar e Trinity Broadcasting Network têm uma série de câmeras e equipamentos de audiovisual para a transmissão. De acordo com a escritura bíblica, o retorno de Jesus Cristo se concretizar neste monte, o que explica a liquidação dos meios de comunicação na cidade de Jerusalém. Assim, a cobertura de ambas as estações é uma transmissão contínua via streaming, além de estar em negociações com televisão israelita, para assegurar uma melhor cobertura de qualidade. Note-se que esta transmissão será compatível com dispositivos móveis, como iPads, iPhones, Androids e BlackBerrys, que deverá chegar a muitos membros da comunidade cristã quanto possível.
Os estúdios de duelo são parte de uma investida agressiva pelas emissoras americanas evangélicas que procuram ganhar uma posição mais firme na cidade santa. Sua presença não só oferece direitos gozando com os telespectadores americanos e colaboradores, mas também - e mais polêmica - uma plataforma para difundir o evangelho de Jesus Cristo para os judeus em Israel . "A principal coisa que queremos fazer é ajudar a patrocinar o que chamamos de judeus messiânicos, ou judeus que receberam Jesus Cristo como o Messias", disse o co-fundador da TBN Paul Crouch, que recentemente encerrou uma turnê de Israel com 1.800 apoiantes TBN, a maioria da América. "Nós queremos fazer alguns programas de idioma hebraico para chegar aos judeus e seduzi-los a ler a palavra de Deus e tornar-se o que chamamos de um judeu completo". Leia na íntegra no link abaixo: http://www.latimes.com/news/nationworld/world/la-fg-israel-evangelical-20121001,0,6110978.story http://evoluindo-sempre.blogspot.com.br/



--
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

domingo, 16 de setembro de 2012

Eu era cego e agora vejo.



Eu era cego e agora vejo.

[At. 1:14] Todos eles tinham os mesmos sentimentos e eram assíduos na oração, junto com algumas mulheres, entre as quais Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos de Jesus.

Eu era cego e agora vejo. Essa é a expressão de qualquer pessoa que passou por uma conversão e nasceu de novo.

Antes da conversão ninguém contesta os costumes. Pai não briga se o filho está chegando tarde; mulher não faz confusão se o marido bebe todas, suja a casa, vai ao futebol; com os amigos, pratica aventuras envolvendo drogas, prostituição, farras, brigas etc. Ate a igreja tem paciência: convida para as festas, para os cultos; se possível busca em casa. É a maior bajulação que um cego pode ter.

Um jovem amigo disse que, quando ele bebia sem hora para voltar, fumava maconha, batia o carro, faltava à escola, sua família nunca o contestou com severidade, pelo contrário ele sempre teve o apoio dos pais; porem ao conhecer uma garota evangélica se enamorou dela e, passou a frequentar os cultos; hoje convertido, sofre a maior pressão da família principalmente quando fala do evangelho.

Eu era cego e não via que o mundo queria que eu permanecesse cego para as coisas de Deus. A cegueira era tanta que nos fazia também surdo. Não ouvíamos conselho de ninguém. Éramos como Pilatos que não ouviu a voz da esposa e cometeu a loucura de lavar as mãos para as coisas sagradas cominando na crucificação de Jesus. 

Agora que já posso ver, vejo que o mundo esta cheio de pessoas que nasceram, cresceram, apostaram no poder do dinheiro e da fama, corromperam a justiça com a injustiça, mas que no fim morreram infelizes tentando encontrar a paz no que construiu. Tenho certeza que essas pessoas em algum momento da vida tiveram um diálogo íntimo com algum cristão sobre Jesus e, que poderia ter mudado toda sua historia.

Portanto se alguém acusar você de ser possuído por demônio por acalentar algum possesso, se alguém acusar você de opinião divergente a da sua família por honrar o Pai que está no céu, se alguém perguntar a você: "quem você pensa que é?" achando que você quer dissipá-los; não se preocupe com os ataques, na verdade eles sabem quem você é e, o que você esta fazendo. O problema é que você conhece seus pecados e, pelo fato de você não os condenar, como o mundo costuma faz, mas preferindo falar das coisas que agradam a Deus para convertê-los isto queima como brasa em suas cabeças.

A ascensão do cego espiritual para o que passa a ver as atividades do Reino em Jesus ressuscitado, contínuo, presente e atuante dentro da história; não deve deixá-lo passivo, mas ativo para à missão, pois a vinda gloriosa de Jesus se realizará através do amadurecimento dos homens.

Luiz Clédio Monteiro
Fundador da Rede Social Cristã
Site: http://doutrinacrista.ning.com/
Web: http://doutrinacrista.ning.com/profile/luizclediomonteirofilho
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
E-mail: Lcmf56@hotmail.com.

domingo, 15 de julho de 2012

"Salvação só há em Jesus"



Luiz Alberto Araujo Bezerra commented on Salvação só há em Jesus

SOMENTE JESUS PODE SALVAR O HOMEM
DO PODER DA MORTE
Todas as profecias cumpriram-se em Jesus
Jesus disse para seus discípulos:
São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos. Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras. E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos, E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém. E destas coisas sois vós testemunhas. – Lucas 24:44-48.

A Igreja está fundamentada nos ensinos dos apóstolos e profetas
O Senhor Jesus é a principal pedra de esquina do templo de Deus; somos edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas como lugar para Deus habitar por espírito. — 1Pe 2:4-6; Ef 2:19-22;
Qualquer outro evangelho que contradiga o que foi ensinado pelos apóstolos de Jesus, é falso.
O apóstolo Paulo disse:
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. – Gálatas 2:9

Paulo avisou que haveria desvio da verdade. Veja o que ele disse que aconteceria:
Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho; E que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si. – Atos 20:28-30

Só Jesus pode salvar. O apóstolo Pedro disse: E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos. - Atos 4:12

E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo. A palavra que ele enviou aos filhos de Israel, anunciando a paz por Jesus Cristo (este é o SENHOR de todos); Esta palavra, vós bem sabeis, veio por toda a Judéia, começando pela Galiléia, depois do batismo que João pregou; Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele. E nós somos testemunhas de todas as coisas que fez, tanto na terra da Judéia como em Jerusalém; ao qual mataram, pendurando-o num madeiro. A este ressuscitou Deus ao terceiro dia, e fez que se manifestasse, Não a todo o povo, mas às testemunhas que Deus antes ordenara; a nós, que comemos e bebemos juntamente com ele, depois que ressuscitou dentre os mortos.E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos. A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome. – Atos 10:34-43

Em João 3:16,35,36 está escrito: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. O Pai ama o Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos. Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.

Portanto, só existe salvação em Jesus Cristo. E Temos que acatar os ensinamentos dos apóstolos e profetas de Deus. Todos os profetas que surgiram com outro evangelho depois do que foi ensinado por Jesus e seus apóstolos, e falso e deve ser rejeitado. Tudo que Deus queria que soubéssemos nos foi revelado por Jesus e seus apóstolos. Não temos necessidade de nenhum profeta moderno para ensinar outro evangelho. O Evangelho que devemos obedecer é o que está escrito no Novo Testamento. Tudo que contradiz ao que está escrito no Novo Testamento não se origina de Deus.
HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. – Hebreus 1:1,2

Veja o que vai acontecer com as pessoas que não escutarem a Jesus:

Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer.Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR,E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado.O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.Porque Moisés disse aos pais: O Senhor vosso Deus levantará de entre vossos irmãos um profeta semelhante a mim; a ele ouvireis em tudo quanto vos disser.E acontecerá que toda a alma que não escutar esse profeta será exterminada dentre o povo. – Atos 3:18-23.


domingo, 1 de julho de 2012

Hino lindo para ouvir e alegrar a alma.

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: DIAS <diastd3@yahoo.com.br>


Veja essa música, Carta à Filadélfia  - Sério Lopes
Espero que goste, eu gosto bastante, agora mesmo estou ouvindo.  Paz. Dias 
 Vídeos postados no Youtube, clicar do lado dos títulos nos links que abrem os vídeos..

Tim Conway - O Inferno É Necessário http://www.youtube.com/watch?v=pQ1IBDoMKZY
Tim Conway - Você está a salvo de Deus? http://www.youtube.com/watch?v=usq1oBBpw6E&feature=related
Paul Washer - Não Conhecemos o Evangelho de Jesus Cristo http://www.youtube.com/watch?v=t1rrx41beqI&feature=related
Paul Washer - Jesus Cristo Morreu e Ressuscitou    http://www.youtube.com/watch?v=VfgEqlcJgl4&feature=related

--
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

João 17: A ORAÇÃO DE JESUS. Para ler e meditar, que oração maravilhosa, ainda há tempo, se volte para Deus agora.

Perguntei ontem a um irmão em Cristo, como é que João conseguiu escrever a oração que o Senhor Jesus fez, descrita em João 17, e ele me respondeu com o capítulo abaixo. Fiquei maravilhada e compartilho, aproveitem e leiam a oração que o Senhor Jesus fez e meditem.

Almeida Corrigida e Revisada Fiel
João 14   
25 Tenho-vos dito isto, estando convosco.
26 Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.
João 17  
1 JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti;
2 Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste.
3 E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.
4 Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer.
5 E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.
6 Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra.
7 Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti;
8 Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste.
9 Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
10 E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado.
11 E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.
12 Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse.
13 Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.
14 Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.
15 Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.
16 Não são do mundo, como eu do mundo não sou.
17 Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
18 Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.
19 E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.
20 E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;
21 Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.
22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
23 Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.
24 Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.
25 Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim.
26 E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Como viver a nova vida em Cristo?

Em Novidade de Vida


"... assim andemos nós também em novidade de vida".
Romanos 6:4

Como viver a nova vida em Cristo:


Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem. E não façam com que o Espírito Santo de Deus fique triste. Pois o Espírito é a marca de propriedade de Deus colocada em vocês, a qual é a garantia de que chegará o dia em que Deus os libertará. Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades! Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês. (EFÉSIOS 4.29-32)

Vamos aproveitar nossa semana?

Uma forma simples e, sem dúvida, maravilhosa de chegar a conhecer a Deus é "passar tempo a sós com Ele", lendo a Bíblia e conversando com ele através da oração. É o fato que costumamos chamar de devocional. Talvez o melhor tempo para você seja pela manhã, talvez à tarde ou à noite. Não importa, o que realmente importa é que você tenha horário com Deus para edificar sua vida. E qualquer que seja o tempo é importante que ele seja constante. Por exemplo, Jesus se levantava de madrugada para orar e procurava um lugar onde houvesse silêncio, o que é uma boa ideia para nós! (Marcos 1:35)

É claro que não precisa ser de madrugada, mas você pode pensar em um lugar e um tempo específico para passar a sós com Deus diariamente. Aqui vão algumas sugestões práticas para que seu tempo devocional seja proveitoso:

ORE. Comece com uma breve oração pedindo a Deus benção para este tempo com Ele.

LEIA. É hora de ler a Palavra de Deus, que é a Bíblia. O evangelho de João é um bom começo para você se familiarizar com ela.

MEDITE. Meditar significa simplesmente pensar seriamente a respeito das coisas espirituais e sobre o que acabou e ler. Meditar no que está lendo é pensar profundamente acerca de Deus.

TESTEMUNHE: Faça um compromisso de testemunhar de Jesus pelo menos para uma pessoa por dia.

Deus te abençoe.

Pastor Gerson Luiz

(texto desconhecido e adaptado)


-- 
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

terça-feira, 12 de junho de 2012

Distinção entre o Arrebatamento e a Segunda Vinda.


“E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras... Certamente, venho sem demora” (Ap 22.12,20).


O encontro nos ares

Essas palavras, as últimas de Cristo que foram registradas por escrito, confirmam Sua promessa anterior: “...voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estou, estejais vós também” (Jo 14.3). Paulo faz referência ao cumprimento dessa promessa: “Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, ...e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; ...depois nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor” (1 Ts 4.16-17).


Como resposta a essas promessas de Cristo, “o Espírito e a noiva dizem: Vem!” (Ap 22.17); ao que João adiciona, jubilante: “Amém! Vem, Senhor Jesus!” (Ap 22.20b). Quem é essa Noiva? Após declarar que esposo e esposa são “uma só carne”, Paulo explica: “Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja” (Ef 5.32).
A qualquer momento
As palavras de Cristo, do mesmo modo como as de João, do Espírito e da Noiva, não fariam sentido se essa vinda para levar os crentes para Si mesmo tivesse que esperar a revelação do Anticristo (perspectiva pré-ira) ou a consumação da Grande Tribulação (perspectiva pós-tribulacionista). Uma vinda de Cristo “pós-qualquer coisa” para Sua Noiva simplesmente não se encaixa nessas palavras das Escrituras. Afirmar que a Grande Tribulação deve ocorrer primeiro, para que o Espírito e a Noiva digam: “Vem, Senhor Jesus”, é como exigir o pagamento de uma dívida que vai vencer somente em sete anos!


Um Arrebatamento “pós-qualquer coisa” vai contra várias passagens das Escrituras que demandam claramente a vinda de Cristo a qualquer momento (iminente). O próprio Jesus disse: “Cingido esteja o vosso corpo, e acesas as vossas candeias, sede vós semelhantes a homens que esperam o seu senhor” (Lc 12.35,36a). Esse mandamento seria ridículo se Cristo pudesse vir para o Arrebatamento apenas após os sete anos da Tribulação.


A vinda que a Noiva de Cristo tanto deseja levará à ressurreição dos mortos e à transformação dos corpos dos vivos. Isso fica bem claro não somente em 1 Tessalonicenses 4, mas também através de outras passagens: “...de onde (os céus) aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória” (Fp 3.20-21). Muitas outras passagens também incentivam os crentes a vigiar e esperar com intensa expectativa. Essas exortações somente fazem sentido se a possibilidade de Cristo levar Sua Noiva para o céu puder ocorrer a qualquer momento: “...aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Co 1.7); “...deixando os ídolos, vos convertestes a Deus, para servirdes o Deus vivo e verdadeiro, e para aguardardes dos céus o Seu Filho...” (1 Ts 1.9-10); “...aguardando a bendita esperança e a manifestação do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus” (Tt 2.13); “...aparecerá segunda vez ...aos que o aguardam para a salvação” (Hb 9.28); “Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor” (Tg 5.7).

Diferentes opiniões sobre o Arrebatamento não afetam a salvação, mas deveríamos procurar entender o que a Bíblia diz. A Igreja primitiva estava claramente esperando o Senhor a qualquer momento. Estar vigiando e esperando por Cristo, se o Anticristo deve aparecer primeiro, é como esperar o Pentecoste antes da Páscoa. No entanto, Cristo exortou: “Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora” (Mt 25.13); “...para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dormindo. O que, porém, vos digo, digo a todos: vigiai” (Mc 13.36-37).

A surpresa da Sua vinda
A seguinte afirmação de Jesus também não se encaixa numa vinda pós-tribulacionista: “Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora que não cuidais, o Filho do Homem virá” (Mt 24.44). É absurdo imaginar que qualquer pessoa sobrevivente da Grande Tribulação, que tenha visto os eventos profetizados (as pragas e julgamentos derramados na terra; a imagem do Anticristo no Templo; a marca da besta imposta a todos que quiserem comprar e vender; as duas testemunhas testificando em Jerusalém, sendo mortas, ressuscitadas e levadas ao céu; Jerusalém cercada pelos exércitos do mundo, etc.), tendo contado os 1260 dias (3 anos e meio) de duração da segunda metade da Grande Tribulação (preditos em Apocalipse 11.2-3;12.14), poderia imaginar naquela hora que Cristo não estaria a ponto de retornar! Após todos esses acontecimentos, isso será por demais evidente. Portanto, simplesmente não há como reconciliar uma vinda de Cristo pós-tribulacionista com Seu aviso de que virá quando não estiver sendo esperado.


Distinção entre Arrebatamento e Segunda Vinda

Somente essa afirmação já distingue o Arrebatamento (a retirada da Igreja da terra para o céu) da Segunda Vinda (para resgatar Israel durante o Armagedom); pois este último acontecimento não vai surpreender quase ninguém. Contrastando com Seu aviso de que mesmo muitos na Igreja não O estarão esperando, as Escrituras anunciam outra vinda de Cristo quando todos os sinais já tiverem sido cumpridos e todos souberem que Ele está voltando. A um Israel descrente, Cristo declarou: “Assim também vós: quando virdes todas estas coisas, sabei que está próximo, às portas” (Mt 24.33). Até o Anticristo saberá: “E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, congregados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o Seu exército” (Ap 19.19).


Ou Cristo está se contradizendo (impossível!), ou Ele está falando de dois eventos. Jesus disse que virá num tempo de paz e prosperidade quando até Sua Noiva não estará esperando por Ele: “Ficai também vós apercebidos, porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá” (Lc 12.40). Não somente as [virgens] néscias, mas até as sábias estarão dormindo: “E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram” (Mt 25.5).

No entanto, a Escritura diz que o Messias virá quando o mundo estiver quase destruído pela guerra, fome e os juízos de Deus, e quando Israel estiver quase derrotado. Então, Yahweh declara: “olharão para aquele a quem traspassaram” (Zc 12.10b), e todos os judeus vivos na terra reconhecerão seu Messias que retornará como “Deus forte, Pai da Eternidade” (Is 9.6): exatamente como os profetas previram, Ele veio como homem, morreu pelos seus pecados, e retornará, dessa vez para salvar Israel. Sobre esse momento culminante, Cristo declara: “Aquele, porém, que perseverar até ao fim, esse será salvo” (Mt 24.13). Paulo adiciona: “...todo o Israel [ainda vivo] será salvo”... (Rm 11.26).


Dois eventos distintos

Não podemos escapar ao fato de que duas vindas de Cristo ainda se darão no futuro: uma que surpreenderá até mesmo Sua Noiva e outra que não será uma surpresa para quase ninguém. As duas não podem ser o mesmo evento. Mas onde o Novo Testamento diz que ainda há duas vindas a serem cumpridas? Todo cristão crê em duas vindas de Cristo: Ele veio uma vez à terra, morreu pelos nossos pecados, ressuscitou dentre os mortos, retornou ao céu e voltará. Contudo, em nenhum lugar o Antigo Testamento diz que haveria duas vindas distintas.

Esse fato causou confusão para os rabinos, para os discípulos de Cristo e até para João Batista, que era “cheio do Espírito Santo, já do ventre materno” (Lc 1.15, 41,44), João tinha testificado que Jesus era “o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29). No entanto, este último dos profetas do Velho Testamento, de quem não havia ninguém maior “nascido de mulher” (Lc 7.28), começou a duvidar: “És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?” (Mt 11.3).

Somente uma vinda do Messias era esperada. Ele iria resgatar Israel e estabelecer Seu Reino sobre o trono de Davi em Jerusalém. Por essa razão os rabinos, os soldados e a multidão zombaram dEle na cruz (Mt 27.40-44; Mc 15.18-20; 29-32; Lc 23.35-37). Apesar de todos os milagres que Jesus tinha feito, os discípulos, da mesma forma, tomaram Sua crucificação como a prova conclusiva de que Ele não poderia ter sido o Messias. Os dois na estrada de Emaús disseram: “...nós esperávamos que fosse Ele quem havia de redimir Israel” (Lc 24.19-21) – mas agora Ele estava morto.

Cristo os repreendeu por não crerem “tudo o que os profetas disseram!” (Lc 24.25). Este era o problema comum: deixar de considerar todas as profecias. Israel tinha uma compreensão unilateral da vinda do Messias (e continua assim atualmente), que lhe permitia ver apenas Seu reino triunfante e o deixava cego para Seu sacrifício pelo pecado. Até mesmo muitos cristãos estão tão obcecados com pensamentos de “conquista” e “domínio” que imaginam ser responsabilidade da Igreja dominar o mundo e estabelecer o Reino de Deus, para que o Rei possa retornar à terra para reinar. Eles se esquecem da promessa que Ele fez à Sua Noiva de levá-la ao céu, de onde ela voltará com Ele para ajudá-lO a governar o mundo.


O Arrebatamento ocorrerá antes da Tribulação

Como poderia Cristo executar julgamento sobre a terra, vindo do céu “entre suas santas miríades (multidões de santos)” (Jd 14), se primeiro não as tivesse levado para o céu? Aqui temos outra razão para um Arrebatamento anterior à Tribulação. Incrivelmente, Michael Horton, em seu livro “Putting Amazing Back into Grace”, imagina que 1 Tessalonicenses 4.14 (“assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem”) refere-se à Segunda Vinda de Cristo “com os santos”. Ao contrário, na ocasião do Arrebatamento Jesus trará a alma e o espírito dos cristãos fisicamente mortos para serem reunidos com seus corpos na ressurreição, levando-os para o céu juntamente com os vivos transformados. Na Segunda Vinda Ele trará consigo de volta à terra os santos vivos, que já foram ressuscitados e previamente levados ao céu no Arrebatamento.

Antes da volta de Cristo com os Seus santos haverá a celebração das Bodas do Cordeiro com Sua Noiva (Ap 19.7). Tendo passado pelo Tribunal de Cristo (1 Co 3.12-15); (2 Co 5.10 ), os santos estarão vestidos de linho fino, branco e puro (Ap 19.8). Certamente eles devem ser também o exército vestido de linho fino, branco e puro (Ap 19.14) que virá com Cristo para destruir o Anticristo. Quando eles foram levados ao céu? É claro que isso não ocorrerá durante a própria Segunda Vinda, pois não haveria tempo suficiente nem para o Tribunal de Cristo, nem para as Bodas do Cordeiro. O Arrebatamento deve ter ocorrido anteriormente.

Aqueles que estão com seus pés plantados na terra, esperando encontrar um “Cristo”, esquecem que o verdadeiro Cristo virá nos buscar para nos encontrarmos com Ele nos ares e nos levará para a casa de Seu Pai. Eles se esquecem também que o Anticristo estabelecerá um reino terreno antes que o verdadeiro Rei volte para reinar. Infelizmente, os que se empenham em estabelecer um reino nesta terra estão preparando o mundo para o reino fraudulento do “homem do pecado”.


A Escritura registra duas vindas

Como alguém nos tempos do Velho Testamento poderia saber que haveria duas vindas do Messias? Somente por implicação. Ou os profetas se contradisseram quando profetizaram que o Messias seria rejeitado e crucificado e que Ele também seria proclamado Rei sobre o trono de Davi para sempre, ou eles falavam de duas vindas de Cristo.

Não há forma de colocar dentro de um só evento o que os profetas disseram. Simplesmente tem de haver duas vindas do Messias: primeiro como o Cordeiro de Deus, para morrer pelos nossos pecados, e depois como o Leão da Tribo de Judá (Os 5.14-15; Ap 5.5), em poder e glória para resgatar Israel no meio da batalha do Armagedom.

A mesma coisa acontece no Novo Testamento. Note as muitas contradições, a menos que estes sejam dois eventos:


1) Ele vem para Seus santos e numa hora que ninguém espera; mas vem com Seus santos quando todos souberem que Ele está vindo.

2) Ele não vem à terra mas arrebata os santos para se encontrarem com Ele nos ares (1 Ts 4.17); por outro lado, Ele vem à terra: “naquele dia, estarão Seus pés sobre o monte das Oliveiras” (Zc.14.4), e os santos vem à terra com Ele.
3) Ele leva os santos para o céu, para as muitas mansões na casa de Seu Pai, para estarem com Ele (Jo.14.3); mas traz os santos do céu (Zc 14.5, Jd 14).
4) Ele vem para Sua Noiva num tempo de paz e prosperidade, bons negócios e prazeres (Lc 17.26-30); mas volta para salvar Seu povo Israel quando o mundo já terá sido praticamente destruído, em meio ao pior conflito já visto na terra, a batalha do Armagedom.


Rebatendo as críticas ao Arrebatamento

Cristo declarou: “Assim como foi nos dias de Noé ...comiam, bebiam, casavam-se... O mesmo aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre... Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar” (Lc 17.26-30). Essas condições mundiais por ocasião do Arrebatamento só podem se referir ao período anterior à Tribulação; certamente não ao final dela!


Arrebatamento? Há críticos afirmando que a palavra “Arrebatamento” nem está na Bíblia! Isso não é verdade, pois a versão latina da Bíblia (Vulgata), feita por Jerônimo no quinto século, traduziu o grego harpazo (arrancar subitamente) pela palavra raptus (raptar), da qual deriva “Arrebatamento”. Foi o que Cristo nos prometeu em João 14: levar-nos para o céu.

Outros críticos papagueiam o mito propagado por Dave MacPherson, de que o ensino do Arrebatamento antes da Tribulação apareceu apenas no início do século XIX através de Darby, que o teria aprendido de Margaret MacDonald. Ela o teria recebido de Edward Irving, e este, por sua vez, o teria encontrado nos escritos do jesuíta Emmanuel Lacunza. Isso simplesmente não é verdade. Muitos escritores anteriores expressaram a mesma convicção. Um deles foi Ephraem de Nisibis (306-373 d.C.), bem conhecido na história da igreja da Síria. Ele afirmou: “Todos os santos e eleitos de Deus serão reunidos antes da tribulação, que está por vir, e serão levados para o Senhor...” Seu sermão com essa afirmação teve ampla circulação popular em diferentes idiomas.

Sim, há uma vinda do Senhor após a Tribulação: “Logo em seguida à tribulação daqueles dias... verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória” (Mt 24.29-30). A referência aos anjos “reunindo Seus escolhidos dos quatro ventos” (vv. 29-31) certamente não significa Cristo arrebatando Sua Igreja para levá-la ao céu, pois trata-se do ajuntamento do Israel disperso, de volta à sua terra quando da Segunda Vinda.

Cristo associou o mal com o pensamento de que Sua vinda se atrasaria: “Mas, se aquele servo, sendo mau, disser consigo mesmo: Meu Senhor demora-se” (Mt 24.48; Lc 12.45). Novamente, essa afirmação não tem sentido se o Arrebatamento vem após a Tribulação.

Não existe motivo maior para uma vida santa e um evangelismo diligente do que saber que o Senhor poderia nos levar ao céu a qualquer momento. Que a Noiva acorde do seu sono, apaixone-se novamente pelo Noivo, e de coração diga continuamente por meio da sua vida diária: “Vem, Senhor Jesus!”

|  Autor: Dave Hunt  |  Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |

sábado, 28 de abril de 2012

Vós sois o santuário de Deus...

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Elias Costa Filho Costa

"Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso?" Isaías 66:1
"Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:" Atos 7:48
"Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?" 1 Coríntios 3:16
"E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus."Apocalipse 21:3
 
É interessante quando dizemos ou ouvimos a expressão  "vou na ou à igreja", quando a igreja somos nós (pessoas) e não templos feitos por mãos humanas, o Senhor nos fala na sua Palavra que Ele habitará com seu povo e Ele será o seu Deus. Se pensarmos que somos o Templo do Espírito Santo, nos recai uma responsabilidade de cuidado com esse templo absurda, as vezes nos descuidamos do nosso corpo e não nos damos conta do prejuízo que nos traz. Deus disse: "Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo." 1 Coríntios 3:17. Tive uma experiência não muito agradável quando sofri de uma crise renal,  nunca havia sentido uma dor tão grande e me disseram que é a dor que mais se aproxima de uma "dor de parto"(Vocês mulheres são guerreiras demais). Meditando sobre essa experiência eu pude perceber que estava sendo negligente com o Templo do Espírito Santo. Ora! Como poderia a habitação de Deus estar sendo negligenciada daquela forma e o Deus, Justo e Eterno tolerar tal ato, uma vez que Ele é Santo? "Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."1 Pedro 1:16.  Ás vezes o Senhor nos fala de modo bem incisivo, dizendo que não estamos cuidando do Seu Templo como deveria, Ele nos confiou para cuidar e zelar, pois é a habitação dEle.
O que temos feito com o Seu Santuário? Você já parou pensar nisso? Imagine o quão tremendo é saber que o Criador de todas as coisas habita naqueles a quem Ele o resgatou com Seu sangue na cruz do calvário! É tão maravilhoso que nossa limitada mente é incapaz de expressar.
 
Abraços Querida irmã Auris!
Maranatha! Ora vem Senhor Jesus.

Elias Filho

--
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

quinta-feira, 19 de abril de 2012

O crente que agrada a Deus. O cálice.

O crente que agrada a Deus

Posted: 17 Apr 2012 08:08 AM PDT


Efésios 5. 6-20

Introdução:

            Como anda seu contexto de vida? Suas atitudes, ações e decisões estão agradando ao Senhor? Você crê que Deus esteja recebendo sua vida como um ato de adoração genuína? Hoje à luz do texto que lemos, estaremos analisando o perfil do crente que agrada ao Senhor. Que Deus tenha misericórdia e através do nosso viver diário possamos ser encontrados de fato vivendo de forma a agradá-lo.

            O crente que agrada ao Senhor...

I – Conhece as implicações das obras das trevas e foge delas (vv 6,7);

            O verdadeiro servo de Deus não vive alienado quanto a realidade em que vive. Ele tem convicção de que está numa guerra espiritual e diante de tal contexto, precisa conhecer as implicações do mesmo e fugir de tudo aquilo que contamina sua vida espiritual. Ele sabe que os valores do mundo são carnais e pecaminosos! Portanto, como sal e luz da terra, a vida desse cristão precisa ser a diferença. A Bíblia nos que precisamos ser "santos" (I Pe 1.16); precisamos nos separar de tudo o que contamina e quebra a nossa comunhão com Deus. É desta forma que seremos encontrados agradando ao Senhor.

II – Anda na luz (v.18);

            Deus é luz e cada crente foi chamado para andar na luz. Para vivermos dessa forma precisamos estar em Cristo e primar por viver os valores imutáveis da Palavra de Deus. No Salmo 119.105 lemos: "Lâmpada para os meus pés é a Tua palavra, e luz para o meu caminho". Onde há luz não existem trevas, onde há luz a verdade é revelada. Fomos chamados para andar na luz! Isso agrada ao Senhor. Você tem andado na Luz que é Jesus?
           
III – Andar na vontade do Senhor (v.170);

            Qual é a vontade de Deus para a minha vida? Qual é a vontade Dele para a sua? Pensar na vontade do Senhor para conosco é caminhar na direção dos sonhos que Ele tem para as nossas vidas. O conhecimento da vontade do Senhor vem através da santificação; somente sendo encontrados íntimos de Deus é que ouviremos sua voz revelando a nós os seus intentos. Andar na vontade do Senhor é obedecer aos seus mandamentos! É caminhar seguindo os passos de Jesus na comunhão com Deus.

IV – Se deixa encher pelo Espírito (v.18);

            O vinho que o apóstolo Paulo menciona, não é bebida, pois a palavra foi direcionada à igreja do Senhor Jesus que estava em Éfeso. Esse "embriagar com vinho", é quando o crente busca satisfazer suas próprias vontades, seus próprios desejos alimentando a sua própria carne. O resultado é o pecado reinando nesta vida e um grande atrofiamento espiritual sendo manifestado. Contudo, se a santificação é priorizada nessa vida, ele mortifica a carne e passa a "ser cheio do Espírito".
Mortificar a carne é dizer não para tudo o que contamina a vida espiritual, é dizer não ao pecado. À medida que a carne é mortificada, o espaço para a ação do Espírito é gerado nesse coração.
A idéia do texto é a de um vaso que encontrado vazio vai sendo cheio até transbordar.

V – Viver o melhor de Deus como igreja na terra (vv19, 20);

            Os resultados dos valores mencionados acima são vistos de forma prática na vida da igreja. Uma comunidade onde o amor, a alegria, o louvor e a adoração são praticados de forma espontânea e natural. Uma igreja que pratica o perdão e cresce para a glória de Deus. Esse é o resultado que é visto na vida daqueles que agradam ao Senhor. Essa é a vontade de Deus para a vida da sua Igreja.
  
Conclusão:

Seu contexto de vida tem agradado ao Senhor? Hoje pudemos aprender que para agradá-lo é necessário conhecer as implicações das obras das trevas e fugir delas; Precisamos andar na luz, na vontade do Senhor, viver em santidade diante do Pai e ser encontrados, vivendo o melhor de Deus como igreja na terra.

É desta forma que seremos encontrados agradando ao Senhor! É assim que ofereceremos o melhor que temos àquele que é merecedor de todo o louvor e adoração.


Pr. Waldyr do Carmo
Igreja Casa de Oração Cehab - Itaperuna – RJ
            http://casadeoracaocehab.com.br

O cálice

Posted: 17 Apr 2012 04:38 AM PDT


"E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres." (Mt. 26.39)

Ser um servo de Deus não significa ausência de problemas. Muitas vezes, o crente passa por lutas profundas que se tornam verdadeiros desertos que parecem nunca ter fim. São nessas horas quando não há esperanças a olhos humanos, que Cristo se revela de forma poderosa trazendo a paz que precisamos, trazendo o conforto que necessitamos. Ele vem ao nosso encontro gerando-nos a certeza de que "todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus" (Rm 8.28).
São também nesses momentos, quando olhamos para a humanidade de Jesus, que nosso coração é confortado e fortalecido, por saber que como homem, Ele passou por todas as lutas e conflitos que enfrentamos. Somos alegrados por ter a convicção de que Ele enfrentou tudo, ma sem pecado (Hb 4.15,16)! Logo, podemos confiar plenamente nossas vidas em suas mãos, pois Ele será sempre o nosso socorro em tempos de angústias.
Jesus tomou o cálice da Cruz confiado plenamente na vontade do Pai e foi respondido por Ele, ao ressuscitá-lo ao terceiro dia.
O Senhor continua respondendo a todos aqueles que são fieis e esperam Nele. Portanto, diante desse cálice tão difícil que você tem tomado, continue firme! Não desanime, pois no momento certo, no tempo de Deus, o milagre será declarado e a vontade Dele revelada de forma plena à sua vida.

Pr. Waldyr Silva do Carmo
IGREJA CASA DE ORAÇÃO CEHAB


Esse dia está chegando - Leonard Ravenhill.


YouTube

defesadoevangelho acabou de enviar um vídeo:

© 2011 YouTube, LLC
901 Cherry Ave, San Bruno, CA 94066



--
SEREI ARREBATADO EM TEMPO MUITO BREVE!! Conto com tua companhia para esse evento!!!

http://jesusofinaldetudo.blogspot.com/

http://jesusofinaldetudo.wordpress.com/

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

"ISRAEL É O PONTEIRO NO RELÓGIO MUNDIAL DE DEUS".

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Ter uma religião ou ter JESUS???

         Vamos tentar aqui esclarecer o que significa ter uma religião, ou mais precisamente, ser uma pessoa religiosa.

         Antes de mais nada, informamos algo aqui muito interessante: quando Jesus esteve aqui em carne e osso, já existia no mundo de então mais de trezentas religiões e seitas. E as que existiam nos locais onde o Mestre pisou, todas elas tentaram ser uma pedra de tropeço para Jesus (fariseus, saduceus, zelotes, herodianos etc). Ou seja, todas elas somente quiseram atrapalhar a obra salvítica que Ele veio realizar.
         Para falar a verdade, elas não diferem em nada das muitas religiões que conhecemos hoje (mesmo algumas que se auto-denominam cristãs). Ainda vemos muitos "fariseus" (que virou sinônimo de hipócrita) modernos metidos a cumpridores de lei se auto-justificando por aí. São chamados também de sepulcros caiados.
         E no que deu tanta religiosidade, tanto zelo? No maior de todos os crimes já perpetrados pela humanidade a um homem justo: a morte por crucificação, que era dada na época somente aos piores criminosos e monstros. Mataram o Autor da vida, justamente Aquele que nos viera mostrar o caminho para o Céu, um caminho diferente e simples, apenas apertado e estreito, do qual tentamos nos desviar de todas as maneiras por causa de nossa religiosidade.
         Preferimos sempre escolher outro caminho, o nosso próprio caminho, o caminho da auto-justificação, do auto-conhecimento, do auto-renascimento, do auto-aperfeiçoamento, tudo à nossa própria maneira, para depois ainda pensarmos que somos os mais sabidões.
         Vejamos o que diz a Palavra de Deus a respeito disso:
 
Todavia, falamos sabedoria entre os perfeitos; não porém a sabedoria deste mundo, nem dos intelectuais deste mundo, que se aniquilam; mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; a qual nenhum dos intelectuais deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca teriam crucificado o Senhor da glória (1Cor 2.6-8).

         Na verdade, Jesus em nenhuma parte da Bíblia diz que Ele é a religião que devemos seguir. Vemos sempre Ele afirmando que é O CAMINHO, A PORTA, A RESSURREIÇÃO, A VIDA, O BOM PASTOR, entre tantas alegorias por Ele pronunciadas, para nos dar a entender que fora dEle não há outro nem outra solução para o problema do pecado do homem que precisa ser resolvido diante de Deus. Jesus é o Criador, o resto é criatura.
         Por isso, se somos do tipo que vive se desculpando e se retraindo para poder afirmar: Eu já tenho a minha religião, estamos cometendo um grande equívoco que pode custar toda uma eternidade. Jesus não está oferecendo a nós mais uma religião, mas nos dando gratuitamente a salvação com garantia de uma vida abundante aqui e agora e eternamente.
         Se pararmos para pensar um pouquinho veremos que isso não existe em nenhuma religião do mundo e nunca houve.
         Jesus não nos diz que precisamos nascer e renascer em vários corpos por uma infinidade de vezes para que sejamos perfeitos. Isso é uma velha invenção do capeta que tem enganado a muitos que não examinam as Escriituras.
         Ora, ora, não vamos morrer com a nossa religião (porque meu pai, meu avô, meu bisavô, meu tataravô era assim), mas vamos verificar a veracidade do que nos diz o Senhor Jesus. Não nos custa nada.
    Por que deveríamos morrer na ignorância?
 
Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (João 8:32).

         Por que não ser libertado pelo Rei Jesus? Ora, não vamos cometer também o mesmo engano dos fariseus que disseram a Jesus: Nunca fomos escravos de ninguém (João 8.33) Eles que já tinham sido escravos dos babilônios, dos persas, dos gregos, e agora eram escravos dos romanos. Mas não era desse tipo de liberdade que Jesus falava (e nos fala agora), mas da liberdade do espírito. Essa, para quem não sabe, é a verdadeira liberdade.
         Não vamos nos enganar: quem não serve a Jesus, serve ao diabo. Não há outra opção. Nem existe essa coisa de neutralidade e muito menos de "ficar em cima do muro".
         E aí? Será que devemos optar pela nossa religião ? Será que devemos ficar com a tradição que nossos pais nos legaram? Ou será que o ensinamento de nossos antepassados é mais importante que o ensino do Autor da vida?
         Oh, amigo, vamos deixar essa nossa religiosidade hipócrita de lado e vamos seguir apenas a Jesus, pois fora dEle não há a menor possibilidade de sermos salvos (Atos 4.12).
         Senhor Jesus, para quem iríamos nós? Só tu tens as palavras da vida eterna (João 6.68).

Autor: Adail