Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

domingo, 18 de agosto de 2013

A importância do batismo correto (por imersão).

Evangelho de Marcos Capítulo 16:15/16

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado".

O BATISMO

Esta determinação estabelecida por Deus, pelas Escrituras, para que sejamos inseridos “nO Plano Divino", se resume no Ato Público de Confissão, onde publicamente reconhecemos que Jesus é o nosso único salvador. Nesta ocasião também, confessamos que somos pecadores e pedindo perdão, somos perdoados por Jesus Cristo.

Batismo ou “Baptismós”, do grego, significa imersão. O que se entende, que para este ato, torna-se necessário um volume de água suficiente para imergir o corpo do batizado, salvo exceções.

Sabemos que o batismo foi instituído, através de João Batista e que o mesmo ensinava o batismo para o arrependimento dos pecados, Lucas 3: 3 Percorreu ele ( João Batista ) toda a terra, ao redor do Jordão, pregando o batismo de arrependimento para perdão dos pecados. O próprio Senhor Jesus se submeteu a este batismo, mesmo sem ter pecado, porém para nos demonstrar, para nos ensinar, como deveria ser feito o sepultamento da velha criatura e nascimento dos filhos de Deus. ( João, 1: 12 Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, 13, Nascidos não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus ). O que indica que antes do batismo somos criaturas de Deus. Somente depois de Aceitarmos a Cristo como nosso suficiente salvador é que passamos a ser filhos de Deus. Em João 3: 5, Jesus disse a Nicodemos: Em verdade, em verdade te digo, que aquele que não nascer da água e do espírito, não herdará o reino de Deus. Isto significa, sepultamento da velha criatura nas águas do batismo de imersão, e nascimento da água, de uma nova vida na condição de filho de Deus. É oportuno observar, que criança, antes da idade de consciência não precisa ser batizada, pois não cometeu pecado algum, se assim não fosse, Jesus não teria dito: Marcos, 10: 15, Em verdade, em verdade vos digo que quem não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele. A bíblia não faz em nenhum momento, alguma alusão sobre batismo de crianças, e nas passagens sobre este assunto, figuram os adultos. O Batismo de criança, esta, sem dúvida nenhuma, foi mais uma invenção escandalosa de autoria da igreja romana, lamentável, pois este assunto é de extrema relevância. Deus tenha misericórdia e nos ajude a reverter esta situação.

No livro de Atos 2: 38, vemos: E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados, e recebereis o Dom do Espírito Santo. 39 Porque a promessa diz respeito a vós, a vossos filhos e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar. O batismo de João, o qual o Próprio Senhor Jesus nos ensinou com o seu exemplo aos trinta anos, tem como finalidade o sepultamento de nossa velha criatura, juntamente com os nossos pecados. Deste ponto em diante, somos tidos como co herdeiros com Cristo Jesus, nas riquezas do nosso Pai Celestial, não pelo nosso próprio mérito, mas pelo mérito da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo. O Apóstolo Paulo diz, em sua carta Aos Efésios 2: 8, Pois é pela Graça que sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não das obras para que ninguém se glorie.

" UMA SÓ FÉ, UM SÓ BATISMO E UM SÓ SENHOR ".

Efésios 4: 5

Apenas reiterando, a Igreja Romana mudou o batismo original criado por Deus, praticado por João Batista, dirigido aos adultos conscientes de seus pecados, uma vez que o batismo tem como finalidade a remissão de pecados, ou seja arrependimento de pecados para o perdão de Deus. Passaram daí, a batizar crianças, que o próprio Jesus apresentou-as sem pecado. Cabe a pergunta como uma criança pode se arrepender de seus pecados, tendo apenas meses de nascida?

O batismo simboliza, o pacto que o cristão faz com Deus em sua adulta e plena consciência, de uma vida sem Deus, para uma vida com Deus, aceitando Jesus como seu Salvador, arrependendo-se dos seus pecados, passando a fazer parte do rebanho que Cristo promete buscar.

Se há pecado original, como a própria bíblia descreve, podemos dizer que o pecado está nos pais, que herdaram no princípio, por desobediência a Deus, porém não há pecado no recém nascido que é puro, segundo as palavras do Próprio Senhor Jesus. Como seria possível pedir para as crianças recém nascidas, como Pedro fez? Atos 2: 38 Arrependei-vos, e cada um seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão de vossos pecados.

Não examinar as escrituras, como Jesus nos ordenou, faz com que creiamos em invenções humanas comprometidas. Provavelmente, como o batismo era cobrado pela igreja, forjou-se a doutrina de Jesus, para aumentar o número de batizados, aumentando evidentemente a arrecadação da Igreja Romana, para ostentar suas vaidades.

Queremos acreditar, que as igrejas evangélicas, em sua maioria, praticam o batismo da forma correta, ou seja, por imersão, em pessoas com idade de consciência, em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo, porém se alguém quiser nosso parecer pessoal sobre este assunto escreva-nos e teremos o grande prazer de responder.

Henrique Gomes

Obs.: O batismo por si só não salva ninguém, é preciso que a pessoa se arrependa de seus pecados anteriores e se converta ao Senhor Jesus com um puro e sincero coração, porque nós podemos enganar aos homens, mas a Deus ninguém engana, Ele conhece o coração, o mais íntimo pensamento de cada um. É a fé no Senhor Jesus que salva.

Jesus está voltando, se voltem para Deus enquanto há tempo, em breve será tarde demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário