Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

domingo, 18 de agosto de 2013

Destruir Israel = Missão impossível!

Amados, eu creio que todas as coisas se encaminham conforme a vontade de Deus. Quando colocamos nas mãos de Deus, entregamos a Deus o controle de nossas vidas, tenho certeza que Ele tudo faz conforme a vontade Dele.

Não tinha a intenção de ficar postando diversas mensagens sobre Israel, porém tudo veio se juntando e aqui estou eu, indo para mais um post sobre Israel, recebi de um irmão e não posso deixar de adicionar, porque é um texto muito interessante e esclarecedor e abaixo vou colocar mais um de outro irmão e assim vamos indo, com Deus no controle de tudo.

Este texto foi recebido do irmão: Adail Campelo de Abreu.

Que Deus te abençoe irmão Adail por também amar esse povo de Deus, que são os judeus. Muitos não entendem o significado que Israel tem para Deus, e não entendem porque não leem a Bíblia do início ao fim, porque se assim o fizessem, sem dúvida estariam ao lado de Israel, assim como eu.

O povo judeu tem defeitos, sim, e muitos, alguns erram/pecam gravemente na presença de Deus. Mas quem não peca que atire a primeira pedra. Sim, dá para rir, porque não existe um ser humano, um sequer que possa atirar a primeira pedra, porque todos somos pecadores na presença do Poderoso Deus, o Deus de Israel.

Amo esse povo, não me interessa se é esse povo que comanda a implantação da Nova Ordem Mundial, não me interessa nada, porque atrás, na frente e dos lados, dos Illuminatis está Deus no comando de todas as coisas e usando dos próprios homens para o cumprimento de todas as Profecias Bíblicas.

Sim, o povo judeu, Israel, aquele paisinho tão pequeno é o centro de todas as atenções, é o cálice de tontear para todas as nações, são os melhores em quase tudo, muitos são ricos, inteligentes, etc..., porque esse povo, apesar de todos os erros, tem as bençãos de Deus.

Muitos deles irão parar no inferno, os Illuminatis com certeza, que em sua maioria são judeus, assim como o restante das nações também, muitos irão parar no inferno por rejeitarem a Deus. Mas tenham em mente, ISRAEL é o povo formado por Deus, e assim que acontecer o Arrebatamento da Igreja de Cristo, Deus se voltará para Israel e os judeus que se voltarem para Deus, e milhares de judeus se voltarão para Deus, estes serão redimidos, se reconciliarão com Deus e serão o seu povo amado de volta.

Então, antes de falar contra Israel, lembrem-se sempre que Israel é a menina dos olhos de Deus e é para este povo que Deus olha desde sempre. Quem fala contra Israel, erra por não conhecer as Escrituras Sagradas. Ai daquele que falar contra Israel, Deus castigará Israel sim, porém destruirá quem ficar contra Israel. 

Obs.: os que não gostam de Israel, não percam tempo em me responder falando contra eles, vão ler a Bíblia todinha, do início ao fim, e depois venham conversar sobre o povo formado por Deus = Israel. Porque o nosso Deus por muitas vezes na Bíblia é chamado por: Deus de Israel.

Oremos por Israel, amemos Israel, preguemos o Evangelho da Salvação de Jesus Cristo, e assim agradaremos ao Senhor nosso Deus, ao Deus de Israel.


DESTRUIR ISRAEL: MISSÃO IMPOSSÍVEL

Os judeus sempre se destacaram diante das missões aparentemente impossíveis. Vejamos alguns exemplos na história.

EXEMPLO 1 – O HOLOCAUSTO

Quem, olhando para os milhares de cadáveres de judeus assassinados pelo cruel regime nazista (seis milhões), seria capaz de prever que, dentro de três anos, aquele povo se tornaria uma nação próspera e inteligente? Como um povo cruelmente assassinado e perseguido seria capaz de dar a volta por cima?

Porém, apenas três anos depois o Estado de Israel renasceu, os fracos e oprimidos judeus tornaram-se um povo forte, inteligente, criativo e próspero. Atualmente, 60 anos depois, o Estado de Israel é um assombro para o mundo todo. Como isto foi possível?

EXEMPLO 2 – 1948, A GUERRA PELA INDEPENDÊNCIA
15 de maio de 1948 – Um dia depois de se tornar independente, Israel foi atacado por 5 nações árabes. Os árabes superavam Israel numa proporção de 4 para 1 em termos de população, de 100 para 1 em soldados e de 1.000 para 1 em equipamentos. Um país que acabava de renascer, sem nenhum exército preparado, nenhum armamento especial... como poderia vencer tantos inimigos? Os analistas internacionais eram unânimes em prever o prematuro fim de um Estado que acabara de nascer.

Mas, contrariando todas as previsões humanas, E SEM A AJUDA DE NENHUM PAÍS, o pequeno Israel venceu a guerra e o mundo ficou perplexo. Mais uma vez o pequeno Davi tinha vencido o gigante Golias.

EXEMPLO 3 - JUNHO DE 1967 – A GUERRA DOS 6 DIAS
Israel é atacado por todos os lados, por 5 nações árabes, numa ação fulminante. Novamente, a proporção de soldados e armamentos é gigantesca. Mais uma vez Israel terá de lutar sozinho. Os Estados Unidos apóiam Israel, mas temem entrar no conflito e provocar a União Soviética, que apóia os árabes. Israel está novamente diante de uma MISSÃO: IMPOSSIVEL.
A guerra durou somente 6 dias. Morreram 10.000 egípcios, 15.000 jordanianos e milhares de sírios, iraquianos e combatentes de outros países. Somente o Egito perdeu 400 aviões, 600 tanques e milhares de peças de artilharia, munições, armas leves e veículos, superando o valor de um bilhão e meio de dólares. Em toda a guerra somente 700 soldados judeus perderam a vida.
Em apenas 6 dias, Israel vence a guerra, humilha seus inimigos E AINDA RESGATA DELES A CIDADE DE JERUSALÉM, que estava há 2.500 anos nas mãos das nações estrangeiras.

EXEMPLO 4 – RESGATE IMPOSSIVEL
Uganda, 04 de julho de 1976, aeroporto de Entebbe. Mais de 100 passageiros, maioria judeus, reféns nas mãos de oito terroristas árabes. Qualquer tentativa de resgate e todos serão assassinados. Os terroristas são apoiados pelo presidente do país, o ditador IDI AMIN.

Numa arriscada ação relâmpago, em 99 minutos de operação, um comando especial israelense invadiu Uganda, enganou todos os soldados de Idi Amin e matou todos os terroristas. Na ocasião um soldado israelense se disfarçou do ditador de Uganda de forma perfeita, e isso foi decisivo para o êxito da missão. Os comandos israelenses ainda destruíram 11 MiGs da Força Aérea de Uganda que estavam na pista. Foram resgatados 106 reféns, registrando-se apenas três mortes, incluindo-se a de um dos comandantes da operação, o capitão Yoni Netanyahu, irmão do ex-primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

O resgate em Entebbe comoveu o mundo. Dezenas de livros foram escritos e muitos filmes foram feitos a respeito desse ousado resgate. Recentemente, o incrível resgate da francesa Ingrid Betancourt das mãos dos terroristas das FARCs fez muita gente lembrar das ações lendárias de Israel.

Agora vejam a notícia seguinte:
“EUA e Israel ajudaram no resgate de Ingrid Betancourt e mais 14 reféns das Farc... O resgate cinematográfico de Ingrid Betancourt e outros 14 reféns contou com a ajuda de equipes de Israel e dos Estados Unidos. Um grupo de quatro oficiais de alto escalão da reserva israelense treinou durante um ano e meio unidades de elite do Exército colombiano, implantando novas técnicas de combate, coleta de informações e inteligência em campo.”

COINCIDÊNCIAS?
Mais interessante ainda é o fato de que, meses atrás, durante a crise Colômbia e Equador, o afobado presidente venezuelano Hugo Chavez disse uma frase profética: “A COLOMBIA É O ISRAEL DA AMÉRICA LATINA” -

EXEMPLO 5 – A CAÇA AOS TERRORISTAS DO SETEMBRO NEGRO
Olimpíadas de Munique, Alemanha, 1972.
Terroristas palestinos, pertencentes a organização “SETEMBRO NEGRO” assassinam 11 atletas israelenses. Rapidamente o governo israelense prepara uma super operação secreta de caça aos terroristas – a operação é batizada de CÓLERA DE DEUS.
15 agentes são escolhidos a dedo, entre os melhores de Israel.
Missão: encontrar e eliminar todos os líderes e organizadores do “massacre de Munique”.

O objetivo principal era encontrar e eliminar ALI HASSAN SALAMEH, o chefão maior, conhecido como “PRINCIPE VERMELHO”, que poderia estar escondido em qualquer país do mundo.
Durante vários anos, mais de 12 líderes terroristas ligados ao “Setembro Negro”, foram misteriosamente assassinados em diferentes países.
Alguns anos depois (22 de janeiro de 1979) o chefão finalmente foi encontrado e morto, no Líbano, quando, misteriosamente, seu carro explodiu.

EXEMPLO 6 – A DESTRUIÇÃO DO REATOR NUCLEAR IRAQUIANO EM 1981

Missão: voar até o Iraque, sem ser detectado pelos radares árabes, destruir o reator nuclear iraquiano em questão de segundos e voltar para casa são e salvo.

A missão foi cumprida nos mínimos detalhes e causou perplexidade mundial – leia mais detalhes neste blog, no artigo “AS AMEÇAS DO IRÃ CONTRA ISRAEL – MAIS RAZÕES PARA VOCÊ CONSIDERAR AS PROFECIAS BÍBLICAS”.

EXEMPLO 7 – A GUERRA DO YOM KIPPUR
06 DE OUTUBRO DE 1973 – YOM KIPPUR, O FERIADO MAIS SAGRADO DE ISRAEL
Centenas de soldados estão de folga ou orando – as forças israelenses relaxam a vigilância.
De repente, Egito, Síria e Iraque lançam um ataque-surpresa.
A desvantagem de Israel é grande, além do fator surpresa.
- 1.010.000 soldados árabes contra 415.000 judeus;
- 4.500 tanques árabes contra 1.500 tanques israelenses;
- 3.800 blindados árabes contra 3.000 blindados israelenses;
- 1.113 aeronaves árabes contra 561 israelenses;
- 1.920 unidades de artilharia árabes contra 945 unidades de artilharia israelenses;
- 197 helicópteros árabes contra 84 israelenses;
- 125 barcos da marinha árabe contra 38 da marinha israelense;
Os americanos, novamente ficam de longe, aguardando o fim de Israel. Humanamente falando, Israel está sozinho.

Em desvantagens tão gigantescas e ainda pego de surpresa, ninguém aposta na sobrevivência de Israel. Vencer esta guerra é uma MISSÃO: IMPOSSIVEL.

Mas, quando a guerra parecia se dirigir a um trágico desfecho, Israel consegue retomar o controle. A situação foi tão drasticamente mudada que em pouco tempo o exército israelense já estava invadindo a Síria e o Egito.
Em 3 semanas a guerra foi vencida por Israel. Mas o preço foi alto.
Israel teve 2.656 mortos e 7.250 feridos contra15.000 mortos e 35.000 feridos do lado árabe. Há quem conteste esse número afirmando que os mortos árabes foram somente 8.528 e os feridos “apenas” 19.540 do lado árabe.

Mas é indiscutível o fato de que Israel foi atacado de surpresa, por um exército muito superior, e que, em apenas três semanas já estava invadindo os territórios de seus inimigos.


A relação ISRAEL – MISSÃO IMPOSSIVEL é muito antiga.
- Com apenas 318 homens Abraão resgatou seu sobrinho Ló das mãos dos reis da Mesopotâmia (5 nações coligadas) – Gênesis 14.
- Com apenas 300 homens Gideão partiu numa missão suicida, contra um exército numerosíssimo – como as areias da praia.

MISSÃO: IMPOSSIVEL
Existem centenas de exemplos na Bíblia e na História.
Qual o segredo por trás de todas as surpreendentes vitórias militares de Israel?

“Pois não servirão mais de presa aos gentios, nem as devorarão mais os animais da terra; mas habitarão seguramente, e ninguém haverá que as espante.” (Ezequiel 34.28)

“Não temas pois tu, servo meu, Jacó, diz o Senhor, nem te espantes, ó Israel; pois eis que te livrarei de terras longínquas, e à tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, e ficará tranqüilo e sossegado, e não haverá quem o atemorize.” (Jeremias 30.10)

“Mas não temas tu, servo meu, Jacó, nem te espantes, ó Israel; pois eis que te livrarei mesmo de longe, e a tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, e ficará tranqüilo e sossegado, e não haverá quem o atemorize.” (Jeremias 46.27)

01 – Amós 9.14-15:14 – “Também trarei do cativeiro o meu povo Israel; e eles reedificarão as cidades assoladas, e nelas habitarão; plantarão vinhas, e beberão o seu vinho; e farão pomares, e lhes comerão o fruto. Assim os plantarei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o senhor teu Deus.”

02 – Zacarias 12.6 – “Naquele dia porei os chefes de Judá como um braseiro ardente no meio de lenha, e como um facho entre gavelas; e eles devorarão à direita e à esquerda a todos os povos em redor; e Jerusalém será habitada outra vez no seu próprio lugar, mesmo em Jerusalém.”

03 – Zacarias 12.8 – “Naquele dia o Senhor defenderá os habitantes de Jerusalém, de sorte que o mais fraco dentre eles naquele dia será como Davi, e a casa de Davi será como Deus, como o anjo do Senhor diante deles.”

04 – Isaias 19.16-17- “Naquele dia os egípcios serão como mulheres, e tremerão e temerão por vibrar o Senhor dos exércitos a sua mão contra eles. E a terra de Judá será um espanto para o Egito; todo aquele a quem isso se anunciar se assombrará, por causa do propósito que o Senhor dos exércitos determinou contra eles.”

05 – Números 24.8-9 – “É Deus que os vem tirando do Egito; as suas forças são como as do boi selvagem; ele devorará as nações, seus adversários, lhes quebrará os ossos, e com as suas setas os atravessará. Agachou-se, deitou-se como leão, e como leoa; quem o despertará? Benditos os que te abençoarem, e malditos os que te amaldiçoarem.”

06 – Obadias 18 – “E a casa de Jacó será um fogo, e a casa de José uma chama, e a casa de Esaú restolho; aqueles se acenderão contra estes, e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú; porque o Senhor o disse.”

07 – Isaias 41.12-15 – “Quanto aos que pelejam contigo, buscá-los-ás, mas não os acharás; e os que guerreiam contigo tornar-se-ão em nada e perecerão. Porque eu, o Senhor teu Deus, te seguro pela tua mão direita, e te digo: Não temas; eu te ajudarei. Não temas, ó bichinho de Jacó, nem vós, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu redentor é o Santo de Israel. Eis que farei de ti um trilho novo, que tem dentes agudos; os montes trilharás e os moerás, e os outeiros tornarás como a pragana.”

“ISRAEL FARÁ PROEZAS” (Números 24.18) - Alguém é capaz de contestar?
A expressão “MISSÃO: IMPOSSIVEL” ficou famosa, com a criação de uma série de TV nos anos 70. Um grupo de agentes especiais que conseguiam resolver qualquer missão por mais impossível que aparentasse ser.
E, adivinhem quem criou essa série? O judeu BRUCE GELLER.
A música-tema ficou tão famosa, que aparece frequentemente na televisão sempre que alguém fala em algo aparentemente impossível.
Quem é o autor da música? O judeu LALO SCHIFRIN. Coincidência?

E tem mais: parte da equipe “FORÇA MISSÃO IMPOSSIVEL” era formada por atores judeus.
- STEVEN HILL, judeu; BARBARA BAIN, judia; MARTIN LANDAU, judeu; LEONARD NIMOY, judeu.

ISRAEL é um país menor do que Sergipe, o menor estado do Brasil. Os países árabe-muçulmanos são 640 vezes maiores. Israel não pode perder nenhuma guerra contra seus inimigos – seria fatal. Mas, de acordo com as profecias bíblicas, destruir Israel ... É UMA MISSÃO IMPOSSIVEL.

Postado por adailcampelo@hotmail.com
##############################################################################################
Outra mensagem que recebi sobre Israel, o comentário abaixo é do meu querido irmão L.B., é um português estudioso da Bíblia:
"Amigos,
recebi de uma amiga, que tem amigos judeus bem próximo, e de sua inteira confiança. Ela mesma, Brasileira, de ancestrais Portugueses, Espanhois, e outros, fez serviço voluntário em Israel; ela conseguiu isto com a ajuda de conhecidos judeus e uma carta de apresentaçao, ou seja, uma carta de recomendaçao, pois os judeus precisam saber quem realmente está indo fazer serviço voluntário. Ela fez isto para conviver a realidade do povo que a Bíblia fala tanto, consolidar o seu aprendizado da língua inglesa, e ter uma visao "in loco" da realidade do povo que reside em Israel. Inclusive ela tbm serviu em uma unidade do exército; assim, ela fez algumas amizades em Israel. Depois ela voltou para o Brasil, e continuou a vida.

Portanto, há de se fazer uma análise crítica dos fatos, principalmente do que se ouve no noticiário.

Obs: por que Israel deixa a Cruz Vermelha visitar os prisioneiros (teroristas) do Hamas ? E por que o Hamas nao deixa a Cruz Vermelha visitar o soldado capturado em Gaza ?

Israel nunca falou em exterminar o povo "chamado de palestino". Nem faz açoes de terrorismo para matar pessoas em restaurantes. Alguma vez, um país do mundo chamado Cristao, quiz exterminar os mulçumanos e tomar as terras deles ?
Agora, vc sabe qual o objetivo dos mulçumanos ? Vc sabe das invasoes de conquistas que eles fizeram na Europas e chegaram a dominar a peninsula Ibérica por mais de 2 séculos?

Vc sabe a origem das pessoas que hoje sao chamadas de "palestinas ?; veja bem, somente depois que Israel se estabeleceu na terra dos seus ancestrais e conquistou Jerusalem, é que estas pessoas foram identificadas como "palestinas". Isto nao faz nem 70 anos.
Um exemplo: 80% do território continuo dos USA foi tomado por guerra, e ninguém diz que eles teem que devolver estas terras, para o México, para a Espanha, para a França, por que sao terras ocupadas.
É conhecer a História.

Por que entao o Brasil nao é devolvido para Portugal, e depois se obriga Portugal a entregar o Brasil para o indigenas, os nativos?
Veja bem, O povo de Israel fundou o país há 3500 anos, e fundaram Jerusalém como sua capital há 3000 anos.
Eles foram expulsos da sua terra, mas sempre houveram judeus vivendo lá, e outros povos de outras nacionalidades tbm foram viver lá, mas nunca foi feito das terras de Israel um outro país; por que que agora que o povo judeu voltou para a sua terra, querem dividi-la com um grupo de pessoas controladas por terroristas e de desejosas de poder ? O objetivo real dos mulçunamos é destruir israel, e assim abrir caminho para subjugar o mundo "cristao", e depois o resto do mundo. Nao é isto que o Corao reza, e que os fudamentalistas seguem ? Veja bem, o Islamismo/ os mulçumanos, foi fundado há 1300 anos; Por que e comque objetivo ? Isto está registrado na História da humanidade; mas, quem lê ?!
Muitas dessas pessoas que viviam em Israel quando os judeus voltaram a ter sua terra como seu país, e que nao se deixaram levar pela "voz da sereia", (isto é história) hoje estao integrados na vida de Israel, assim como muitos Italianos, Alemaes, Espanhois, e outros vieram para o Brasil, a terra que os Portugueses conquistaram e construiram, (emboram muitos agora queiram negar isto) e hoje estao integrados ao povo Brasileiro; seus descendentes sao Brasileiros; e por povo Brasileiro, diz-se dos descendentes dos Portugueses que fizeram este país, dando-lhe a língua e tudo o mais que eles tinham para formar esta naçao. Agora os descendentes destes outros povos se integraram ao país e ao povo, enriquecendo a formaçao do povo do Brasil com costumes, palavras, cultura, e agora sao tbm Brasileiros.
Conheço muitos netos e bisnetos destes povos que estao voltando para os países de seus ancestrais; no caso, Alemaes, Italianos, Espanhois, Franceses, e adquirindo a cidadania destes países; sao Brasileiros, mas agora sao tbm cidadaos de outros países. E por que? Poque comprovaram a origem dos seus ancestrais.
Ainda temos muitos "nativos" que embora estejam no território do que hoje é o Brasil, continuando a habitar em espaços de terra de seus ancestrais, e tenham a identidade de Brasileiro", se identificam como "naçao indígena "tal"", com sua língua e costumes, e nao se integram ao povo Brasileiro.
Bem, esta história vai longe.
um abraço.
L. B."

---------- Mensagem encaminhada ----------
Assunto: Relato de uma médica brasileira que serve no Exercito de Israel
REPASSANDO.

É sempre bom ouvir o outro lado. Aí a gente entende. R E P A S S A N D O ! !
IMPERDIVEL, PARA SE LER UMA VERSÃO DE UM MOMENTO INTERNACIONAL QUE ESTÁ NA MÍDIA. Relato de uma brasileira que serve no Exercito de Israel

"Oi a todos!
Primeiro quero agradecer a todos os e-mails preocupados. Eu estou bem, ótima. Eu peço desculpas por não escrever mais frequentemente, mas no exército é assim. Não temos tempo para nada. Sei que todos já estão cansados de ouvir falar do que aconteceu em Gaza nesta semana, mas como ouvi muitas asneiras por aí, resolvi contar a vocês a minha versão da história. Eu não quero que pensem que virei alguma ativista ou algo do gênero. Eu continuo a mesma Ana de sempre. Mas por ter feito parte desse episódio, não posso me abster de falar a verdade dos fatos.
EU ESTAVA LÁ! NINGUÉM ME CONTOU. NÃO LI NO JORNAL. NÃO VI FOTOS NA INTERNET OU VÍDEOS NO YOUTUBE. VI TUDO COMO FOI MESMO, AO VIVO E COM MUITAS CORES. Como vocês sabem, eu estou servindo com médica na medicina de emergência do exército de Israel, departamento de trauma. Isso significa: medicina em campo.
4:30h da manhã de segunda-feira: meu telefone do exército começa a tocar. Possíveis conflito em Gaza? Pedido de ajuda da força médica, garantir que não faltarão médicos. Minha ordem: aprontar-me rapidamente e pegar suprimentos, o helicóptero virá me buscar na base. No caminho, me explicam a situação. Há um navio da ONU tentando furar a barreira em Gaza. Li todos os registros fornecidos pela inteligência do exército (até para entender o tamanho da situação).
O navio se aproximou da costa a caminho de Gaza.O acordo entre Israel e a ONU é que TODOS os barcos devem ser inspecionados no porto de Ashdod em Israel e todos os suprimentos devem ser transportados pelo NOSSO exército a Gaza. Isso porque AINDA HOJE, cerca de 14 mísseis tem sido lançados de Gaza contra Israel diariamente. E não podemos permitir que mais armamento e material para construção de bombas seja enviado ao Hamas, grupo terrorista que controla Gaza. Dessa forma, evitamos uma nova guerra. Ao menos por agora.
O navio se recusou a parar. Disseram que eles mesmo entregariam a carga a Gaza. Assim, diante de um navio com 95% de civis inocentes (os outros 5% são ativistas de grupos terroristas aliados ao Hamas, que tramaram toda essa confusão), Israel decidiu oferecer aos comandantes do navio que parassem para inspeção em alto mar. Mandaríamos soldados para inspecionar o navio e se não houvesse armamento ele poderia seguir rumo a Gaza.
ESSA FOI UMA ATITUDE EXTREMAMENTE PACIFISTA DO NOSSO EXÉRCITO, EM RESPEITO AOS CIVIS QUE ESTAVAM NO NAVIO. E, SE NÃO HÁ ARMAMENTO NO NAVIO, QUAL É O PROBLEMA DE QUE ELE SEJA INSPECIONADO?
Os comandantes do navio concordaram com a inspeção.
5:00h - Minha chegada em Gaza. Exatamente no momento em que os soldados estavam entrando nos barcos. E FORAM GRATUITAMENTE ATACADOS: tiveram suas armas roubadas, foram espancados e esfaqueados. Mais soldados foram enviados, desta vez para controlar o conflito. Cerca de 50 pessoas se envolveram no conflito, 9 morreram. Morreram aqueles que tentaram matar nossos soldados, aqueles que não eram civis pacifistas da ONU, mas sim militantes terroristas que comandavam o grupo. Todos os demais 22 feridos entre os tripulantes do navio, foram ATENDIDOS E RESGATADOS POR NÓS, EU E MINHA EQUIPE E ENVIADOS PARA OS MELHORES HOSPITAIS EM ISRAEL.
Entre nós, 9 feridos. Tiros, facadas e espancamento. Um deles ainda está em estado gravíssimo após concussão e 6 tiros no tronco. Meninos entre 18 e 22 anos, que tinham ordem para inspecionar um navio da ONU e não ferir ninguém. E não o fizeram. Israel não disparou nem o primeiro, nem o segundo tiro. Fomos punidos por confiar no suposto pacifismo da ONU. Se soubéssemos a intenção do grupo, jamais teríamos enviados nossos jovens praticamente desarmados para dentro do navio. Ele teria sim sido atacado pelo mar. E agora todos os que ainda levantam a voz contra Israel estariam no fundo mar.
Depois de atender os nossos soldados, me juntei a outra parte da nossa equipe que já cuidava dos tripulantes. Mesmo com braceletes dizendo MÉDICO em quatro línguas (inglês, turco, árabe e hebraico) e estetoscópios no pescoço, também a nós eles tentaram agredir. Um deles cuspiu no nosso cirurgião. Um outro deu um soco na enfermeira que tentava medicá-lo. ALÉM DE AGRESSORES, SÃO TAMBÉM INGRATOS.
Eu trabalhei por 6 horas seguidas atendendo somente tripulantes do navio. Todo o suprimento médico e ajuda foram oferecidos por Israel. Depois do final da confusão o navio foi finalmente inspecionado. LOTADO DE ARMAS BRANCAS E MATERIAL PARA CONFECÇÃO DE BOMBAS CASEIRAS. ONDE É QUE ESTÁ O PACIFISMO DA ONU???
Na terça-feira, fui visitar não só os nossos soldados, mas também os feridos do navio. Essa é a política que Israel tenta manter: nós não matamos civis como os terroristas árabes. Nós não nos recusamos a enviar ajuda a Gaza. Nós não queremos mais guerra. MAS JAMAIS VAMOS PERMITIR QUE MATEM OS NOSSOS SOLDADOS.
Só milionário idiota que acha lindo ser missionário da ONU não entende que guerra não é lugar para civis se meterem. Havia um bebê no barco (que saiu ileso, obviamente): alguém pode explicar por que uma mãe coloca um bebê em um navio a caminho de uma zona de guerra? Onde eles querem chegar com isso? ELES NÃO ENTENDEM QUE FORAM USADOS COMO FERRAMENTA CONTRA ISRAEL, E QUE A INTENÇÃO NUNCA FOI ENVIAR AJUDA A GAZA E SIM GERAR POLÊMICA E CRIAR AINDA MAIS OPOSIÇÃO INTERNACIONAL.
E CONTINUAM SEM ENTENDER QUE DAR FORÇA AO TERRORISMO DO HAMAS, DO HEZBOLLAH OU DO IRÃ SÓ SIGNIFICA MAIS PERIGO. NÃO SÓ A ISRAEL, MAS AO MUNDO TODO.
E o presidente Lula precisa também entender que desta guerra ele não entende. E QUE O BRASIL JÁ TEM PROBLEMAS DEMAIS SEM RESOLVER. TEM MAIS GENTE PASSANDO FOME QUE GAZA. TEM MUITO MAIS GENTE MORRENDO VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA NO RIO DO QUE MORTOS NAS GUERRAS DAQUI. E PASSAR A CUIDAR DOS PROBLEMAS DAÍ. DOS DAQUI, CUIDAMOS NÓS.
Eu sempre me orgulho de ser também brasileira. Mas nesta semana chorei. De raiva, de raiva de ver que especialmente no Brasil, muito mais do que em qualquer outro lugar, as notícias são absolutamente destorcidas. E isso é lamentável. Não me entendam mal. Eu não acho que todos os árabes são terroristas. MAS SEI QUE QUEM OS CONTROLA HOJE É. E que esta guerra não é só contra Israel. O Islamismo prega o EXTERMÍNIO de TODO o mundo não árabe. Nós só somos os primeiros da lista negra. Por favor encaminhem este e-mail aos que ainda não entendem que guerra é guerra e que os terroristas não são coitadinhos. Eu prometo escrever da próxima vez com melhores notícias e melhor humor. Tenho algumas boas aventuras pra contar.
Shabat Shalom
Ana

2 comentários:

  1. resumindo não importa o tamanho das adversidades, Israel Triunfa!!

    ResponderExcluir