Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Você pode passar a sua vida sem Jesus, mas vai ser terrível morrer sem Ele!!!

Paulo Junior:

Loading...

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

A melhor mensagem sobre Maria.


Palavra da Vida


A Melhor Mensagem sobre Maria.

Posted: 17 Dec 2013 09:33 AM PST

Para aqueles que querem conhecer a verdade num mundo de escrachada pedofilia, e outras coisas a mais, cuja origem estão nas abomináveis imagens da idolatria romana.
O testemunho abaixo é sobre um homem que escapou das terríveis garras.

Extraído.

O lado macabro da religião romana.
Você sabia disso?
Em Montreal existe uma esplêndida catedral, com capacidade para quinze mil pessoas. Preguei ali muitas vezes. Um dia, o bispo pediu-me que falasse sobre a Virgem Maria, e tive o prazer de fazê-lo. Disse àquela gente o que então eu pensava ser a verdade, bem como o que o sacerdote crê e prega em toda a parte. Aqui está o sermão que preguei:

"Meus prezados amigos, quando um homem se tem rebelado contra o seu rei ou tem cometido um grande crime contra o seu imperador, ele vai falar-lhe pessoalmente? Se tem um favor a pedir ao seu rei, ousa ele, em tais circunstâncias, comparecer à presença do seu soberano? Não, o rei o repreenderia e o puniria. Que faz ele, então? Em vez de ir ele mesmo, escolhe um dos amigos do rei, algum dos seus oficiais, porventura a irmã ou a mãe do rei, e põe a petição nas suas mãos. Eles vão e falam em favor do homem culpado. Pedem perdão para ele, pacificam a ira do rei, e muitas vezes este concede a estas pessoas o favor que recusaria ao homem culpado."

"Então, –disse eu–, todos nós somos pecadores. Todos nós temos ofendido o grande e poderoso Rei, o Rei dos reis. Temo-nos rebelado contra Ele. Temos calcado as Suas leis sob os nossos pés, e certamente Ele está irado contra nós. Que podemos fazer hoje? Iremos nós mesmos, pessoalmente, a Ele, com nossas mãos cheias de iniquidade? Não! Mas, graças a Deus, temos Maria, a mãe de Jesus, o nosso Rei, à sua mão direita, e como um obediente filho nunca recusa qualquer favor à sua querida mãe, assim, Jesus jamais negará qualquer favor a Maria. Ele nunca recusou atender qualquer petição que ela lhe apresentou quando estava na terra. Ele jamais, de modo algum, repreendeu a sua mãe. Que filho seria capaz de quebrantar o coração de uma terna mãe, estando em seu poder infundir-lhe gozo, concedendo-lhe o que ela desejasse? Digo então, Jesus, o Rei dos reis, não é somente Filho de Deus, mas Ele é também Filho de Maria, e ama a Sua mãe. E como nunca recusou a Maria coisa alguma, quando estava sobre a terra, não lha negará tão pouco no dia de hoje. Então, que devemos fazer? Oh! Nós não podemos apresentar-nos pessoalmente perante o grande Rei, cobertos como estamos de iniquidade. Apresentemos, pois, as nossas petições à sua santa mãe; ela mesma irá aos pés de Jesus, seu Deus e seu filho, e ela, certamente, receberá os favores que lhe pedir; ela pedirá perdão para nós, e obtê-lo-á. Pedirá um lugar para vós no Reino de Cristo, e vós o conseguireis. Pedirá a Jesus que Ele se esqueça das vossas iniquidades, que vos conceda o verdadeiro arrependimento, e Ele vos dará tudo o que a Sua mãe Lhe pedir."

Os meus ouvintes sentiram-se tão felizes com a ideia de terem uma tal advogada aos pés de Jesus, intercedendo por eles dia e noite, que todos eles se debulhavam em lágrimas, e estavam como que fora de si, comovidos com a ideia de que Maria podia pedir e obter o perdão para eles.

Pensava eu naquele tempo que esta era, não só a religião de Cristo, mas também a religião do bom senso, e que nada poderia ser articulado contra ela. Depois do sermão, o bispo veio a mim e abençoou-me, e, agradecendo-me, disse-me que o sermão iria fazer grande bem ao povo de Montreal.

Naquela noite ajoelhei-me, tomei a minha Bíblia, sentindo o meu coração cheio de júbilo pelo bom sermão que eu pregara pela manhã. Abri a Bíblia e li em Mateus 12:46-50 as seguintes palavras: "E falando ele ainda à multidão, eis que estavam fora sua mãe e seus irmãos, pretendendo falar-lhe. E disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, que querem falar-te. Porém ele, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem é minha mãe? E quem são meus irmãos? E, estendendo a sua mão para os seus discípulos, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos; Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão e irmã e mãe."

Quando li estas palavras, uma voz mais terrível do que um forte trovão falou-me, dizendo: "Chiniquy, pregaste uma mentira esta manhã, quando disseste que Maria sempre recebeu os favores que pediu a Jesus. Não vês que Maria vem pedir-Lhe um favor, que é o de ver a seu filho, durante cuja ausência se sentira solitária; a seu filho que a havia deixado durante muitos meses para ir pregar o Evangelho?" Quando Maria chegou ao lugar em que Jesus estava a pregar, o ajuntamento do povo era tão grande, que ela não pôde entrar. Que fez ela? Fez o que qualquer mãe faria em seu lugar. Ergueu a voz e pediu-Lhe que viesse vê-la; mas, ao ouvir a voz de Sua mãe e ao contemplá-la com os Seus olhos divinos, concedeu-lhe Jesus a petição? Não! Fechou os ouvidos à voz da mãe carinhosa e o Seu coração resistiu à sua petição. Foi uma repreensão em público, e ela sentiu-o acerbamente. O povo ficou atónito. Todos ficaram perplexos, quase escandalizados. Voltaram-se para Cristo e disseram-Lhe: "Porque não vais falar à tua mãe?" Que disse Jesus? Ele não deu senão esta extraordinária resposta: "Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?" E, olhando para os Seus discípulos: "Eis aqui minha mãe, meus irmãos e minhas irmãs." Quanto a Maria, é deixada sozinha, e publicamente censurada.

Então a voz falou-me de novo com o poder do trovão, dizendo-me que lesse outra vez Marcos 3:31-35. Encontrei o mesmo incidente também em Lucas 8:19-21. Em vez de conceder-lhe a petição, Jesus replica a Sua mãe, censurando-a publicamente. Então a voz falou-me com terrífico poder, dizendo-me que Jesus, enquanto fora criança, obedecera a José e à Sua mãe; mas quando Se apresentou ao mundo como o Filho de Deus, como o Salvador do mundo, como a grande Luz da humanidade, Maria teria de desaparecer. É somente para Jesus que os olhos do mundo se devem voltar, a fim de receberem a Luz e a Vida.

Links:

domingo, 26 de janeiro de 2014

Arrebatamento - Grande Tribulação - Armagedon



Palavra da Vida


A Bíblia de Deus.


Posted: 01 Jan 2014 08:18 PM PST
"Porque Deus  amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça mas tenha a vida eterna.
porque Deus enviou o seu filho ao mundo não para que condenasse o mundo mas para que o mundo fosse salvo por Ele." João 3:16 e 17.

Amado leitor o que você vai ler à partir de agora trata-se de algo terrível e que vai acontecer na terra. Mas você não precisa cair no juízo do cálice da ira de Deus.
Você pode escapar da ira, abraçando e recebendo de graça a Graça Maravilhosa da Salvação em seu filho Jesus, que morreu por você no calvário por que te ama.
O que está escrito, com toda certeza vai acontecer em nosso dias.
Boa leitura.

"Porque se a sua rejeição e a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão senão a vida dentre os mortos". Romanos 10:15.

ISRAEL
Israel é o relógio de Deus para o povo de Deus, que nos mostra "a que horas estamos da noite." Isaías 21:11–12

 O Motivo da Dispersão -
O Moriá, onde tudo começou
A Bíblia nos ensina que o Povo Judeu entrou em uma maldição quando na crucificação do Senhor Jesus os seus líderes assumiram a culpa pela sua morte e disseram a Pilatos, "que o sangue dele caia sobre nós e nossos filhos." (Aproximadamente anos 30 DC). A maldição não demorou muito, pois já no ano 70, Jerusalém então sob o domínio do Império Romano, foi invadida e queimada e saqueada pelo General Tito e suas tropas e o sangue dos sacerdotes mortos pelos romanos corria pelas portas do templo.

A perseguição e tentativa extermínio da raça -
Então os Judeus foram espalhados sobre toda a terra como uma semente maldita e a sociedade, voluntária ou involuntariamente, herdou um sentimento anti-semita que influenciou culturas.
Por exemplo, quando empregamos a palavra "judiar", que não se trata de um verbo, mas sim, o ato de agir como um judeu, ou seja, fazendo mal a alguém. Durante esses dois mil anos muita coisa aconteceu e grande foi a investida de satanás para destruir o povo Judeu. Vale mencionar a ação das Cruzadas para "libertação da terra santa", cujo objetivo da parte de Roma era a destruição o aniquilamento do povo Judeu.
Quando lemos Romanos capitulo 11 entendemos que "a rejeição do povo Judeu se deu em parte até a plenitude dos gentios seja alcançada." (A Igreja entra pela Porta da Graça - Rejeição temporária dos Judeus e admissão eterna da Igreja).
Já por volta do ano de 1900, os Judeus começaram a retornar à sua terra mesmo sobre intensa perseguição. Em Isaías 43 lemos sobre o retorno do povo judeu a sua terra.
Durante a Segunda Guerra Mundial que terminou em 1945, o endemoninhado Hitler (o quase Anti-Cristo) intentou destruir por completo o povo Judeu. As vítimas do holocausto chegam ao numero terrível de mais de seis milhões de judeus mortos fisicamente, assassinados antes e durante a guerra nos campos de concentração.

A Promessa do Deus Todo Poderoso -
Mas aquele que elegeu a Israel por amor ao seu Nome e também por amor ao seu amigo Abraão, não muda, não falha em suas promessas. "Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei. Com um pouco de ira escondi a minha face de ti por um momento; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o Senhor, o teu Redentor". Isaías 54:7-8.
O milagre aconteceu. Isaías deixou registrado no capitulo 66:8-9. "Poderia nascer uma terra, uma nação num só dia?" E precisamente no dia 14 de maio de 1948, três anos do término da guerra e holocausto, em uma reunião solene da ONU era fundado o Estado de Israel, ocasião em que o primeiro Primeiro-Ministro de Israel David Ben Gurion, disse ao mundo: "Hoje nasce o Estado de Israel". Glória a Deus. Louvado seja o Nome do Senhor, o Deus de Israel. Aleluias.
A ONU criou o Estado de Israel, mas a luta continuou e três dias depois Israel já estava em guerra, sendo atacado por diversos países. Como resposta, Israel rechaça o ataque e contra ataca conquistando e aumentando o seu território delimitado pela ONU em mais 50%. Sucessivamente Israel foi atacado e sempre derrotando seus agressores. Isaías 54:16-17.
Em 1967, após ser atacado de surpresa e na covardia, rechaçou os seus agressores, dominou a península do Sinai e já estava marchando para a conquista do Egito parando apenas por respeito a ONU que interviu na região. Colocando ali a Força de Paz do Suez.

O Tempo da aflição de Jacó e o Ódio Anti-semita que perdura até hoje -
O ódio contra Israel continua e agora o mundo se prepara para a chegada do Anti-Cristo e Israel tem sido envolvido com enganosas promessas de paz e segurança. "Pois que quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida e de modo nenhum escaparão". 1ª Tessalonicenses 5:3.
É chegado o tempo para Israel, é chegado o tempo da aflição de Jacó. Os sinais estão se cumprindo. Para todo lado calamidades e destruições e violência. A terra cambaleia. Isaías 24:20 (Leia todo o capítulo).
A Igreja do Senhor Jesus Cristo, os remidos de todas as nações, povos e línguas, será arrebatada da terra para encontrar o Senhor nos ares, acima das nuvens e somente assim o Anti-Cristo terá o seu caminho liberado para assumir o governo mundial, conforme está escrito: "E agora vós já sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; e então será revelado o iníquo a quem o Senhor desfará com o assopro da sua boca e aniquilará pelo resplendor da sua vinda...". 2ª Tessalonicenses 2:6-8. Leia todo o capitulo 2.
Observe o que está revelado de modo literal no texto a seguir: "E ouvi uma grande voz no céu que dizia: Agora é chegada a Salvação e a força e o reino do nosso Deus e o poder do seu Cristo; porque já ao acusador de nossos irmãos é derrubado o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. E eles o venceram pelo Sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até a morte. Pelo que alegrai-vos ó céus e vós que neles habitaisAi dos que habitam na terra e no mar, porque o diabo desceu a vós e tem grande ira sabendo que já tem pouco tempo." Apocalipse 12:10-12.
Num raciocínio lógico, hoje os servos de Deus em Cristo Jesus, falhos e imperfeitos são acusados constantemente diante de Deus por satanás. O próximo ato no cumprimento da palavra profética será o Arrebatamento da Igreja para o encontro glorioso com o Amado Salvador Jesus Cristo o Cordeiro acima das nuvens; E eis a causa do júbilo "E ouvi uma grande voz no céu que dizia: Agora é chegada a Salvação e a força e o reino do nosso Deus e o poder do seu Cristo... Pelo que alegrai-vos ó céus e vós que neles habitais." 

OBS:

Se você é um crente renascido na pessoa bendita de Jesus Cristo o Cordeiro e Filho Unigênito de Deus, salvo pela graça no sangue de Jesus, nesse ponto dos acontecimentos desta mensagem, você já não estará mais aqui na terra, mas nas nuvens com o Nosso Amado Senhor e Salvador para sempre e eternamente. Oh glória. 

Para um pouco e reflita sobre a sua vida e fé.

Apos o Arrebatamento da Igreja do Senhor -

Logicamente enquanto a igreja os remidos do Senhor, sobem para o encontro acima das nuvens, o acusador, satanás é derrubado para a terra (a trajetória de quem é derribado é para baixo e a de quem é elevado é para cima). Glória a Jesus. Eis a causa do ai e da lamentação para os que habitam na terra e no mar. "Ai dos que habitam na terra e no mar, porque o diabo desceu a vós e tem grande ira sabendo que já tem pouco tempo".
O fato de restar pouco tempo para o diabo é que as bodas do Cordeiro tem a duração de sete anos, após o que o Senhor Jesus Cristo o Cordeiro e Rei da Glória, desce à terra em Jerusalém em defesa de Israel com grande poder e glória e todo o olho o verá.
Simultaneamente  o diabo é preso por mil anos. Confira Apocalipse 20. Entendemos que os termos "terra e mar" aqui empregados estão relacionados a Israel (terra) e as outras nações (mar).

A nação de Israel cansada dos conflitos e sedenta de paz está sendo envolvida pelas falsas promessas e acordos de paz com seus vizinhos; Estão entregando territórios conquistados nas sucessivas guerras que enfrentou e vale lembrar sempre se defendendo.
Na realidade o desejo de seus vizinhos não é a posse de alguma terra, mas é destruir o Estado de Israel, exterminá-lo e tomar posse de suas terras.
A grande disputa por Jerusalém é profética, mas acontece que aquelas terras foram dadas a Israel pelo próprio Deus Altíssimo e Todo-Poderoso Criador do Céu e da Terra em promessa feita ao Patriarca Abraão quando este avançado em idade e nem ainda tinha filhos. 
"Sendo, pois Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o Senhor a Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito. E porei a minha aliança entre mim e ti e te multiplicarei grandissimamente. E te darei a ti e a tua descendência depois de ti a terra de tuas peregrinações toda a terra de Canaã em perpétua possessão e ser-lhes-ei o seu Deus". Gênesis 17:1-2 e 8. 
"Naquele mesmo dia fez o Senhor uma aliança com Abrão, dizendo: À tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates". Gênesis 15:18. Leia também Gênesis 12:7; 13:14-18.

A DECISÃO FINAL

Finalmente quando Israel for envolvido totalmente e após o Arrebatamento da Igreja, o monarca deste mundo, o Anti-Cristo que virá como uma solução para humanidade, prometendo paz e segurança começará a reinar. Trata-se do Quinto Império profetizado por Daniel, os pés da grande estátua vista por Nabucodonosor, tendo em sua composição o ferro e o barro.
E esse monarca o Anti-Cristo, será uma mescla de homem e demônio. O próprio satanás vai estar incorporado nele, formando com ele uma só natureza. "Quanto ao que viste do ferro misturado com o barro de lodo, misturar-se-ão com semente humana, mas não se ligarão um ao outro, assim como o ferro não se mistura com o barro". Daniel 2:41-43.

Comparando os tempos -
Vale lembrar que uma das características, que tornou o Império Romano famoso foi à conquista de direitos individuais de cidadania. Considere as pseudos conquistas de liberdades e direitos conseguidos pelo povo atualmente; ferindo princípios e estatutos norteados pela Palavra de Deus.
O palco para o Armagedom já está preparado. A Igreja do Senhor Jesus Cristo, a noiva do Cordeiro será arrebatada tendo início as bodas do Cordeiro por um período de sete anos, exatamente uma semana de anos, como no costume judaico para as bodas. Levítico 25:8.
 É bom lembrar que as setenta semanas de Daniel determinadas sobre o povo de Daniel mormente o povo judeu (Verso 24) (Confira Daniel 9:20-27). E trata-se de semanas de anos ou seja, cada semana vale sete anos.
Das Setenta Semanas já se passaram sessenta e nove semanas (Sete + Sessenta e dois) do tempo em que veio a Palavra do Senhor a Daniel até o dia do Pentecostes com nascimento da igreja e a abertura da Porta da Graça aos gentios. No Pentecostes, com o inicio da perseguição da Igreja, o Deus de Israel para de trabalhar somente com Israel e tem início o tempo dos gentios  e tempo da graça e tempo da igreja.
Então logicamente falta uma semana (sete anos) sobre o povo de Daniel (os Judeus) e esta semana só terá inicio quando o Senhor Jesus Cristo o Cordeiro cessar o seu trabalho com a sua igreja aqui na terra, arrebatando-a para si.
Com o arrebatamento da igreja o Senhor passa a ter olhos apenas para Israel, "o bichinho de Jacó povozinho de Israel". Isaías 41:13 e 14.

A duração do governo do Anti-Cristo será de sete anos, sendo que os três primeiros anos e meio será de sedução e paz aparente, verdadeiro cavalo branco, com mentiras bem sutis para enganar os que não tiveram amor à Verdade para se salvarem. 2ª Tessalonicenses 2:9-10.
Já no início de seu governo será radicalmente proibido falar no nome de Jesus Cristo (o que não será difícil para o Judeu, pois para eles Jesus Cristo não é o Messias).
Todas as nações estarão unidas sob uma mesma bandeira e debaixo das mãos do monarca como uma perfeita união mundial. Lembremos de Babel, onde todos falavam uma mesma língua, ou seja, se entendiam muito bem. Gênesis 11.
Porém na metade da semana (Primeiros três anos e meio) o Anti-Cristo irá mostrar suas garras querendo ser adorado como Deus. 2ª Tessalonicenses 2:3-4. Daniel 9:27.
Lembremos que o Senhor Deus Todo Poderoso elegeu a Israel e a sua eleição é irrevogável. Jeremias 33:16, 25 e 26.
No momento em que Israel não aceitar a posição do Anti-Cristo que se posicionará como um deus querendo ser adorado (O povo com seus princípios norteados pelas Escrituras, de adorar a um só Deus, o Criador de todas as coisas).
Assim haverá um rompimento na "harmonia da humanidade" e todas as nações se levantarão contra Jerusalém e Israel; E creio que inicialmente Israel sofrerá um ataque de tropas terrestres de todas as nações (Armas de infantaria e artilharia) para não haver muitos danos a terra e as riquezas.
Mas o Senhor Deus Todo Poderoso e Rei dos reis Jesus Cristo o Cordeiro pelejará por Israel.
"E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos que a carregarem certamente serão despedaçados; e ajuntar-se-ão contra ela todos os moradores da terra.
Naquele dia porei os governadores de Judá como um braseiro ardente no meio da lenha e como um facho de fogo entre gavelas (gravetos); e à direita e à esquerda consumirão todos os povos em redor, e Jerusalém será habitada outra vez no seu lugar, em Jerusalém.
 Naquele dia o Senhor protegerá os habitantes de Jerusalém e o mais fraco dentre eles naquele dia será como Davi, e a casa de Davi, será como Deus, como o anjo do Senhor diante deles.
E acontecerá naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém". Zacarias 12:3, 6, 8 e 9.

Observemos as comparações no texto acima:
1- Israel é colocado naquele dia como um braseiro no meio da lenha e como uma tocha de fogo entre gravetos. "e ajuntar-se-ão contra ela todos os moradores da terra. Naquele dia porei os governadores de Judá como um braseiro ardente no meio da lenha e como um facho de fogo entre gavelas ".
2- Israel domina para a direita e para a esquerda, consumindo todos os povos em redor. "à direita e à esquerda consumirão todos os povos em redor, e Jerusalém será habitada outra vez no seu lugar". Mais uma vez creio que Israel domina toda a terra de Canaã prometida a Abraão no princípio. "Naquele mesmo dia fez o Senhor uma aliança com Abrão, dizendo: À tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates". Gênesis 15:18. Confira Gênesis 22:16-17.
3- Aos olhos das nações que vierem contra Israel naquele dia, o mais fraco de Judá será como Davi e a casa de Davi como o próprio Deus, como o Anjo do Senhor. "o mais fraco dentre eles naquele dia será como Davi, e a casa de Davi, será como Deus, como o anjo do Senhor diante deles".

O Armagedom -
Diante da derrota na guerra convencional (Armas de Infantaria e Artilharia) o governo mundial (as nações) mudam as estratégias de guerra e concluem que Israel é um enorme perigo e por isso deve ser destruído e eliminado totalmente.
Assim tem início o grande conflito atômico, a III Guerra Mundial, na qual a terça parte da humanidade será dizimada. Ali serão todas as nações da terra contra Israel, contra o bichinho de Jacó, povozinho de Israel.
"E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos que a carregarem certamente serão despedaçados; e ajuntar-se-ão contra ela todos os moradores da terra. Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém". Zacarias 12:3 / 14:2.
Naquele dia será grande a aflição para o povo de Israel. "Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E se aqueles dias não fossem abreviados nenhuma carne se salvaria, mas por causa dos escolhidos aqueles dias serão abreviados". Mateus 24:21-22.

A Pressão dos Inimigos e o Pedido de Socorro -
Israel geme.
E o Senhor e Rei da Glória, vê e ouve o seu gemido e derrama sobre Israel o Espírito de graça, de clamor e súplica. "Mas sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim a quem transpassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele como quem pranteia pelo filho unigênito e chorarão amargamente por ele como se chora amargamente pelo primogênito...". Zacarias 12:10–14.
Observe a semelhança entre o choro e pranto aí descrito e o encontro de José com seus irmãos filhos de Jacó, na terra de Faraó.
José fora vendido como escravo e dado como morto, mas o Senhor Deus de Israel o elevou a príncipe no Egito.
O Unigênito de Deus Jesus Cristo de Nazaré foi vendido e dado por morto por seus irmãos, mas o Pai Celestial o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome. Gênesis 45. Filipenses 2:5-11. Leia toda a história do capitulo 37 ao 47.
Link:

"O meu socorro vem do Senhor" –
O Senhor Deus Todo Poderoso e Rei dos reis pelejará por Israel e quando todas as nações empreenderem destruir Israel com bombas, inclusive Atômicas, da parte do Senhor dos Exércitos virá uma confusão de coordenadas no lançamento de tais bombas e os inimigos de Israel matar-se-ão uns aos outros como foi nos dias de Gideão. "ESPADA DO SENHOR E DE GIDEÃO". Juízes 7.
 Acontecerá que quando um país jogar uma bomba em Israel ela cairá em outro país.
Considerando que as guerras modernas são feitas na total dependência dos computadores; Estes ficarão confusos na "Babel dos últimos dias", será uma verdadeira loucura.
"Naquele dia o Senhor sairá e pelejará contra estas nações, como pelejou, sim, no dia da batalha.
 E naquele dia estarão os seus pés sobre o Monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o Monte das Oliveiras será fendido pelo meio para o oriente e para o ocidente e haverá um vale muito grande e metade do monte se apartará para o norte e a outra metade dele para o sul. E fugireis pelo vale dos meus montes, pois o vale dos montes chegará até Azel; e fugireis assim como fugistes de diante do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá.
Então virá o Senhor meu Deus e todos os santos contigo." Zacarias 14:1-5.
Creio que o povo de Israel se abrigará contra a irradiação nos subterrâneos oriundos da fenda do monte.
Enquanto Israel estará protegido pelo Senhor Seu Deus. A terra estará sob imensa destruição e irradiação atômica.
Confira: "E esta será a praga com que o Senhor ferirá a todos os povos que guerrearem contra Jerusalém: A sua carne apodrecerá estando eles em pé e lhes apodrecerão os olhos nas suas órbitas e a língua lhes apodrecerá na sua boca". Zacarias 14:12.
        A grande aflição e tribulação terminam com a Volta Gloriosa do Senhor Jesus Cristo o Cordeiro que é o Deus de Israel, aquele a quem eles transpassaram; Virá das nuvens com os santos (a igreja que fora arrebatada sete anos antes) e todo o olho o verá.
O Senhor Jesus Cristo o Cordeiro, de Jerusalém regerá todas as nações. Apocalipse 19.
Satanás estará preso por mil anos. Apocalipse 20.
Tem início o Milênio de Cristo, que se encerrará com a batalha de Gogue e Magogue, quando a terra será totalmente destruída por fogo.
Segue-se o juízo final e haverá um novo Céu e uma nova terra.
Por favor, leia: Zacarias 14:16-21, Apocalipse 20, Ezequiel 38 e 39, Mateus 25:31-46 e Apocalipse 21.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Oração e Salvação

Palavra da Vida


Posted: 16 Jan 2014 08:26 AM PST
O doce convite de Jesus Cristo o Senhor e Salvador Amado que deu sua vida pelo pecador no calvário continua firme e inabalável, "Vinde a mim todos vos que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei; Quem tem sede venha e beba de graça da água da vida."  Mateus 11:28.


Nesse exato momento você pode sentir e ouvir o Senhor Jesus Cristo falando ao seu coração e te convidando; Ai esta a prova maravilhosa de seu
grande amor por nós; E que Jesus Cristo, é diferente de todos os
"Provai e vede que o Senhor é bom."
Salmos 34:8
fundadores de religiões, pois Ele está vivo, mesmo tendo sido morto pelos nossos pecados. Aleluia.

 Abra  agora o seu coração para Jesus Cristo, e Ele entrará em sua vida, perdoará os seus pecados, te salvará e te abençoará  com bençãos celestiais.

Jesus Cristo não veio consertar ou melhorar a sociedade humana; Ele veio como regatador para fazer nova todas as coisas, pela Sua Palavra de poder. O que é nascido da carne é carne, é terra e voltará para o pó; O que é nascido da Água e do Espírito, é nascido de Deus e para Deus.

 Você pode sentir o Senhor Jesus Cristo o Cordeiro te abraçar agora e te dar a paz ao coração.
Não o estou convidando para abraçar um  simbolo religioso como uma cruz; Estou te convidando para você deixar o Salvador Jesus entrar e fazer morada em seu coração e te dar vida e vida eterna. Faça-o agora.
Ore assim.
(Senhor Jesus, eu creio que tu és o Filho de Deus; Creio que por amor morreste por mim,  pelos meus pecados;  Por isso quero entregar a ti a minha vida e recebe-lo como Meu Salvador pessoal para sempre. Obrigado Senhor. Muito obrigado. Amém.)

Posted: 15 Jan 2014 07:00 PM PST


-- 
Auris Mendes
-- 

"E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna" ( 1 Jo 5:20 ).

"Porque, se anuncio o Evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o Evangelho!"  1 Cor 9:16

Não repassem mensagens com conteúdo que desagrade a Deus (pornografias, idolatrias, etc...), vai chegar o dia em que você lamentará por ter feito isso.

HAVERÁ SALVAÇÃO PARA OS QUE FICAREM PARA A GRANDE TRIBULAÇÃO?

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Antonio Calil <acaliln@globo.com>
Data: 7 de outubro de 2013 23:16

HAVERÁ SALVAÇÃO PARA OS QUE FICAREM PARA A GRANDE TRIBULAÇÃO?

Primeiramente, vale lembrar que a Noiva de Jesus Cristo está ansiosa pelo seu encontro com o Noivo, via Arrebatamento: tudo é muito iminente.

Mas a Noiva do Senhor também é chamada pelo Mestre para cumprir sua missão de salvar almas. Estamos vivendo um tempo que será marcado por um grande divisor de águas: o próprio Arrebatamento. Enquanto o Arrebatamento não chega, as pessoas são chamadas à santidade, à obediência e à misericórdia para se habilitarem a fazerem parte da Noiva que será elevada aos céus.

E o que a Bíblia diz a respeito dos que vão ficar?

Inicialmente, é importante saber que, depois do Arrebatamento, os cristãos que ficarem serão terrivelmente perseguidos, pois será o período mais horrível da história da humanidade - chamado de a Grande Aflição ou a Grande Tribulação - ao qual Jesus Cristo assim se referiu:

“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.”   Mateus 24:21

Também é importante saber que será um tempo em que, devido à grande perseguição dos cristãos, a Bíblia e as reuniões cristãs serão restritas ou até proibidas, cumprindo a Palavra do Senhor dada pelo profeta Amós:

Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR.”    Amós 8:11

Amados, a Noiva está no limite do seu tempo nesta Terra, pois, a qualquer momento, vai ser tocada a última trombeta do tempo da graça. E nos dias que se seguirão ao Arrebatamento, o que será dos que ficarem para trás?

Nos dias depois do Arrebatamento, as palavras pregadas por nós serão de fundamental importância para os que ficarem, pois elas serão um verdadeiro fundamento para que resistam às terríveis tribulações pelas quais terão que passar.

Desta forma, a principal pergunta que aqueles que ficarem vão fazer será: AINDA HAVERÁ UMA OUTRA OPORTUNIDADE?

Qualquer pessoa só poderá responder esta pergunta se estiver baseada na Bíblia, mais especificamente no Livro do Apocalipse.

Mas antes de respondermos esta Pergunta com base nas Escrituras Sagradas, é importantíssimo que nos lembremos das Palavras de Jesus Cristo no final do Livro do Apocalipse, a respeito da grande importância dada pelo Senhor a cada palavra do Livro do Apocalipse:

“Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;

E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.”      Apocalipse 22:18-19

Como lido acima, Jesus Cristo é decisivo ao alertar que ninguém pode alterar o que está escrito no livro do Apocalipse, pois se o fizer sofrerá as seguintes consequências:

1)      Se alguém acrescentar alguma coisa ao que está escrito no livro do Apocalipse, Jesus Cristo diz que fará vir sobre tal pessoa as pragas que estão escritas neste livro, ou seja, Jesus Cristo não arrebatará tal pessoa, deixando-a para a Grande Tribulação para passar por tais pragas;

2)      Se alguém tirar quaisquer das palavras escritas no livro do Apocalipse, Jesus Cristo diz que tirará a sua parte do livro da vida, ou seja, tal pessoa terá o seu nome riscado do livro da vida e, portanto, não será arrebatada, ficando para a Grande Tribulação.  

Logo, devemos ter muito cuidado e responsabilidade com o Senhor Jesus a respeito dos que ficarem para trás. E como não estaremos mais aqui para falarmos pessoalmente com eles, uma das formas com que poderemos pregar aos que ficarem será através de um texto ou estudo bíblico como este que estamos escrevendo. Façamos a nossa parte que, depois do Arrebatamento, o próprio Senhor Jesus, Rei dos reis, e Senhor dos senhores, completará o serviço fazendo com que este e outros estudos importantes cheguem às mãos daqueles que ficarem.

Também deve-se deixar bem claro que, no Livro do Apocalipse, não está previsto um segundo Arrebatamento para os que ficarem durante a Grande Tribulação, pois o Arrebatamento da Igreja de Jesus Cristo será único e ocorrerá ANTES da Grande Tribulação (Lc 17:26-29, Is 57:1, Ap 3:10, I Ts 5:9, etc).  Como veremos mais adiante, a salvação na Grande Tribulação será de outra forma, não será por Arrebatamento, pois, como já exposto, o Arrebatamento da Igreja do Senhor será um só.

Amados, ninguém no Céu, nem na Terra, nem debaixo da Terra tem poder para alterar a Palavra de Deus registrada no Livro do Apocalipse. Logo, qualquer resposta à pergunta “se haverá uma outra oportunidade para os que ficarem” só poderá ser dada de acordo com o que está escrito no Livro do Apocalipse. Vamos, então, responder esta pergunta utilizando única e exclusivamente as palavras registradas nas Escrituras Sagradas do Livro do Apocalipse, pois é assim que Jesus Cristo quer que seja feito, de acordo com seu alerta registrado em Ap 22:18-19.  

1ª PERGUNTA: “HAVERÁ SALVAÇÃO DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO?

Irmãos, de acordo com o Livro do Apocalipse, há vários textos que podem responder esta pergunta. Vamos examinar cinco trechos destas importantes Escriturasfrisando que, no Livro do Apocalipse, a Grande Tribulação é revelada do Capítulo 6 até o Capítulo 19. 

I) 1ª EVIDÊNCIA: APOCALIPSE CAP. 6 VERSÍCULOS 9-11

“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?

foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.”     Apocalipse 6:9-11

A abertura do quinto selo ocorre durante a primeira metade da Grande Tribulação. Há um grupo de pessoas no Céu - cujas almas se encontram debaixo do altar de Deus - as quais foram mortas por amor da palavra de Deus. Alguém ainda poderia pensar que estas almas são de pessoas que morreram por amor da Palavra em outras épocas, MAS O ÚLTIMO VERSÍCULO 11 TIRA TODAS AS DÚVIDAS, pois revela que foi-lhes dito que repousassem um pouco de tempo pois ainda se completaria o número de seus conservos que haviam de ser mortos como eles foram. O TEXTO DE APOCALIPSE CAP. 6, PRINCIPALMENTE O DO VERSÍCULO 11, DEIXA BEM CLARO, QUE HAVERÁ PESSOAS QUE SERÃO MORTAS, A PARTIR DAQUELE MOMENTO, DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO, POR AMOR À PALAVRA E QUE SE JUNTARÃO AOS SALVOS QUE ESTÃO DEBAIXO DO ALTAR NO CÉU, CONFIRMANDO QUE HAVERÁ SALVAÇÃO PARA OS QUE FICAREM E FOREM MORTOS PELA SUA OBEDIÊNCIA À PALAVRA DE JESUS CRISTO durante a Tribulação.

II) 2ª EVIDÊNCIA: APOCALIPSE CAP. 7 VERSÍCULOS 13-17

“E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são, e de onde vieram?

E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: ESTES SÃO OS QUE VIERAM DA GRANDE TRIBULAÇÃO, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.

Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra.

Nunca mais terão fome, nunca mais terão sede; nem sol nem calma alguma cairá sobre eles.

Porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará, e lhes servirá de guia para as fontes vivas das águas; e DEUS LIMPARÁ DE SEUS OLHOS TODA A LÁGRIMA.     Apocalipse 7:13-17

Ainda durante a primeira metade da Grande Tribulação, entre a abertura do sexto e do sétimo selos, haverá uma multidão de pessoas no Céu vestidas de vestes brancas (são do mesmo grupo de Ap 6:11 pois estão com vestes brancas) que estarão diante do trono de Deus no Céu. Neste momento, um dos anciãos chega até João e lhe revela que essas pessoas vieram da Grande Tribulação e lavaram suas vestes no sangue do Cordeiro. Ora, se a própria Bíblia revela que o sangue de Jesus purificará aquelas pessoas que estarão no Céu vindas da Grande Tribulação, quem poderá negar a eficácia do sangue de Jesus para salvar os mártires da Grande Tribulação? O TEXTO DE APOCALIPSE CAP.7, PRINCIPALMENTE O DO VERSÍCULO 14, DEIXA BEM CLARO, QUE AINDA HAVERÁ PESSOAS QUE TERÃO DE SER MORTAS DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO, BRANQUEANDO SUAS VESTES NO SANGUE DO CORDEIRO, O QUAL LHES SERVIRÁ DE GUIA PARA AS FONTES DAS ÁGUAS DA VIDA NO CÉU E DEUS LIMPARÁ DE SEUS OLHOS TODA A LÁGRIMA.           

III) 3ª EVIDÊNCIA: APOCALIPSE CAP. 14 VERSÍCULOS 9-13

“E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão,

Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.

E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.

Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.

E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que DESDE AGORA morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem.”   Apocalipse 14:9-13

Esta passagem ocorre por volta da metade da Grande Tribulação. Primeiramente, nos versículos de 9-11, o anjo revela que, se alguém receber a marca da besta na testa ou na mão, será atormentado para todo sempre com fogo e enxofre, ou seja, estará condenado a passar a eternidade no inferno e no lago de fogo. Em seguida, no versículo 12, é feita uma ressalva em que, neste ponto ou momento da profecia (no texto este momento da profecia é traduzido pela palavra “aqui”), será exigida paciência dos santos que ficarem, os quais, a esta altura da Grande Tribulação, são tratados pelo Senhor como aqueles que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus. Logo, é importante frisar que, na metade da Grande Tribulação, haverá pessoas, as quais a Bíblia Sagrada se refere como obedientes aos mandamentos do Senhor. AMADOS, AGORA O MAIS IMPORTANTE: O VERSÍCULO 13 REVELA QUE O PRÓPRIO ESPÍRITO SANTO DE DEUS DIZ QUE SERÃO “BEM-AVENTURADOS” (ISTO É, SERÃO SALVOS), “DESDE AGORA” (DESDE AQUELE MOMENTO NA METADE DA GRANDE TRIBULAÇÃO EM DIANTE) OS QUE FOREM MORTOS (OS QUE RECUSAREM A MARCA DA BESTA E SERÃO MORTOS). IRMÃOS, É O PRÓPRIO ESPÍRITO SANTO QUEM DIZ QUE HAVERÁ BEM-AVENTURANÇA PARA OS QUE MORREREM EM CRISTO NA GRANDE TRIBULAÇÃO, CONFIRMANDO PLENAMENTE QUE HAVERÁ SALVAÇÃO NA GRANDE TRIBULAÇÃO. EM OUTRAS PALAVRAS, NEGAR SALVAÇÃO PARA OS QUE MORREREM NO SENHOR DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO É O MESMO QUE SE LEVANTAR CONTRA O ESPÍRITO SANTO. 

Não podemos ir contra aquilo que o Espírito Santo diz na própria Bíblia Sagrada. Se Ele diz que serão bem-aventurados os que morrerem a partir daquele momento na metade da Grande Tribulação por recusarem a marca da besta, então é porque os mortos serão salvos mesmo na Grande Tribulação. E esta Palavra, a Bíblia diz que é dada pelo Espírito Santo e quem negar esta Palavra, pregando que não haveria salvação na Grande Tribulação, estará, na verdade, indo contra o Espírito Santo.

IV) 4ª EVIDÊNCIA: APOCALIPSE CAP. 15 VERSÍCULOS 1-4

E vi outro grande e admirável sinal no céu: sete anjos, que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus.

E vi um como mar de vidro misturado com fogo; e também os que saíram vitoriosos da besta, e da sua imagem, e do seu sinal, e do número do seu nome, que estavam junto ao mar de vidro, e tinham as harpas de Deus.

E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor Deus Todo-Poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei dos santos.

Quem te não temerá, ó Senhor, e não magnificará o teu nome? Porque só tu és santo; por isso todas as nações virão, e se prostrarão diante de ti, porque os teus juízos são manifestos.”   Apocalipse 15:1-4

Esta passagem ocorre no início da segunda metade da Grande Tribulação. No Céu, estão aqueles que recusaram a marca da besta e foram mortos como descrito em Ap 14:12-13. João revela que viu no Céu sete valorosos anjos do Senhor preparando-se para derramarem as últimas pragas da Grande Tribulação e também “aqueles que saíram vitoriosos da besta, e da sua imagem, e do seu sinal, e do número do seu nome, que estavam junto ao mar de vidro, e tinham as harpas de Deus”. Sim, é dito que saíram vitoriosos do sinal da besta porque se recusaram a recebê-lo em obediência ao Espírito Santo, preferindo entregarem suas vidas para glorificar o Nome do Senhor Jesus. Ora, a Escritura do Apocalipse volta a confirmar que haverá salvação para os que ficarem, se eles recusarem a marca da besta em obediência à Palavra de Deus.

O Profeta também recebe a revelação de que esses que, durante a Grande Tribulação, rejeitarem a marca da besta, serão salvos e, estarão tão felizes que cantarão o cântico de Moisés no Céu.

Ora, se o Senhor decidiu que estes serão salvos durante a Grande Tribulação por terem sido fiéis até a morte, quem somos nós para dizer o contrário? E o pior para os que pregam contrariamente à salvação durante a Grande Tribulação. Alguns pensam que estão fazendo um bem em tentar esconder a oportunidade dos que não foram arrebatados, mas não estão... porque todo pregador deve lealdade primeiramente ao Senhor e à sua Palavra da Escritura, pois não se pode mudar a Palavra do Senhor, ainda mais do Apocalipse, livro este que possui no seu final, em Ap 22:18-19, uma séria de advertência do próprio Jesus Cristo de que aquele que alterar qualquer Palavra escrita no Apocalipse terá o seu nome riscado do Livro da Vida (Ap 22:18-19).

Amados, Jesus Cristo não precisa de que se esconda a verdade sobre a salvação durante a Grande Tribulação, para que o seu povo fique firme para o Arrebatamento, pois, NA VERDADE, Ele manterá firme quem Ele quiser. JESUS É SOBERANO E DETENTOR DE TODO O PODER. Pela nossa fidelidade em pregar a VERDADE de que é possível a salvação durante a Grande Tribulação, Jesus pode fazer, por exemplo, que TODAS as pessoas que ouvem nossa pregação fiquem mais firmes ainda e sejam arrebatadas naquele dia. Paulo já sabia deste mistério quando, inspirado pelo Espírito Santo, escreveu aos Coríntios, em sua primeira carta:            

“Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.

Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.”     1 Coríntios 3:6-7

Paulo bem sabia que, para Jesus Cristo, não importam estratégias humanas, pois Ele é plenamente Soberano para decidir quem quer salvar e como salvar. Prova disto é que, contra toda a lógica humana, Jesus Cristo disse para os príncipes dos sacerdotes e os anciãos do povo:

“Disse-lhes Jesus: Em verdade vos digo que os publicanos e as meretrizes entram adiante de vós no Reino de Deus.”     Mateus 21:31

Assim, Jesus, em sua época, convertia as meretrizes e os publicanos, que passavam a andar conforme o seu ensino e, quanto aos sacerdotes e anciãos os deixou para depois, pois estavam endurecidos no coração. Pensem, irmãos, que esta também é uma séria advertência para os nossos tempos em que, alguns pregadores, tendo se “esquecido” de pregar a Palavra Profética de acordo com as Escrituras Sagradas, serão deixados para trás; ao passo que meretrizes e publicanos de nossos dias estão se convertendo ao Senhor e passando a viver uma vida de obediência e santificação nos moldes preconizados pelas Escrituras!        

V) 5ª EVIDÊNCIA: APOCALIPSE CAP. 20 VERSÍCULO 4

“E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que FORAM DEGOLADOS pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e NÃO RECEBERAM O SINAL EM SUAS TESTAS NEM EM SUAS MÃOS; e VIVERAM, e REINARAM com Cristo durante mil anos.”    Apocalipse 20:4

Esta passagem ocorre depois de terminada a Grande Tribulação. Amados, eis a quinta e claríssima evidência de que haverá salvação após o Arrebatamento.O trecho se refere àqueles que não serão arrebatados e, no meio da Grande Tribulação, recusarão a marca da besta e, portanto, serão salvos, ao entregarem suas vidas para serem mortos por amor a Jesus. Mas isto não será o seu fim. Jesus Cristo é fiel, vai ressuscitá-los e eles viverão e reinarão com o Senhor no Milênio de Paz como diz o versículo 4

Amados, há outras passagens no Livro do Apocalipse sobre a salvação dos que ficarem para a Grande Tribulação, mas, para não alongar o estudo, entendi serem suficientes as citações e os comentários a respeito dos cinco textos acima. A seguir, eis uma outra questão muito importante para ser esclarecida à luz das Escrituras Sagradas.   

2ª PERGUNTA: “OS MÁRTIRES SALVOS NA GRANDE TRIBULAÇÃO FARÃO PARTE DA ESPOSA DE JESUS CRISTO?

Amados, apesar de os mártires da Grande Tribulação serem salvos por Jesus Cristo, de acordo com as Escrituras do Livro do Apocalipse, os mesmos não terão o mesmo status de glória que os arrebatados, somente os Arrebatados vão participar das Bodas do Cordeiro no Céu.

Primeiramente, é fundamental entender que somente os arrebatados fazem parte da Esposa de Jesus CristoÉ muito fácil comprovar isto nas Escrituras do Apocalipse. Observe, por exemplo, que, no Capítulo 19 do Livro do Apocalipse,no final da Grande Tribulação, a Esposa (formada pelos arrebatados) já está pronta (completa sem faltar mais ninguém) no Céu para retornar junto com o Senhor Jesus para a Terra para destruir o Anticristo e seus exércitos. Eis o texto:

“Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as Bodas do Cordeiro, e JÁ A SUA ESPOSA SE APRONTOU.

E foi-lhe dado que se vestisse de LINHO FINO, PURO E RESPLANDECENTEporque o linho fino são as justiças dos santos.

E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.”   Apocalipse 19:7-9

Observe que a Esposa de Jesus Cristo, antes de descer com o Senhor, recebe vestes de LINHO FINO, PURO E RESPLANDESCENTE. Observe que o LINHO FINO é identificado como a justiça dos SANTOS.

Na sequência do capítulo 19, nos versículos 11 em diante, Jesus Cristo passa então a ser contemplado descendo do Céu, juntamente com um grupo de pessoas as quais o apóstolo João descreve como um exército. Observe o texto:

E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.

E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.

E estava vestido de veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de Deus.

E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e VESTIDOS DE LINHO FINO, BRANCO E PURO.”      Apocalipse 19:11-14

É importante frisar que o escritor do Apocalipse, ao identificar o exército que seguia Jesus no versículo 14, se referiu às suas vestes DE LINHO FINO E PURO, exatamente igual às vestes dadas à Esposa de Jesus Cristo no versículo 7  DE LINHO FINO E PURO. Desta forma, não há dúvidas que João viu Jesus Cristo descendo do Céu acompanhado pela sua Esposa. E isto comprova as próprias Palavras do Senhor Jesus Cristo:

“E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei (arrebatarei) para mim mesmo, para que ONDE EU ESTIVER ESTEJAIS VÓS TAMBÉM.”     João 14:3          

Fica claro que Jesus Cristo nos ensina que, depois do Arrebatamento, os arrebatados estarão sempre ao lado do Senhor, onde Ele estiver, pois afinal os arrebatados foram escolhidos pelo Noivo para comporem sua Esposa para toda a eternidade. Assim sendo, não há qualquer dúvida de que, quando Jesus Cristo vier, a Esposa do Senhor composta unicamente pelos arrebatados o seguirá tal qual um exército. Esposa = Igreja.

Neste momento, no capítulo 19 do Apocalipse, em que Jesus Cristo desce com sua Esposa para destruir os exércitos do Anticristo, as almas daqueles que foram mortos e salvos na Grande Tribulação obviamente não descerão com Ele, pois ainda não terão recebido corpo espiritual, uma vez que ainda não terão ressuscitado. Assim, os mortos salvos na Grande Tribulação, por ocasião da descida de Jesus com sua Esposa para a Terra, ainda permanecerão na forma de almas por algum tempo no Céu, pois verdadeiramente não fazem parte da Esposa de Jesus.

Na sequência, chegaremos ao final do capítulo 19 do Apocalipse com Jesus Cristo lançando o Anticristo e o Falso Profeta no lago de fogo e, em seguida, destruindo todas as pessoas que seguiram o Anticristo e receberam a marca da besta. Observe o texto:

E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem.Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.

E os demais foram mortos com a espada que saía da boca do que estava assentado sobre o cavalo, e todas as aves se fartaram das suas carnes.”   Apocalipse 19:20-21

Na continuação, terminada a Grande Tribulação, já na preparação para o início do Reino Milenar de Jesus Cristo nesta Terra, no princípio do capítulo 20 do Apocalipse, com o planeta Terra praticamente despovoado, Satanás é preso no abismo pelo anjo do Senhor, a Esposa do Senhor (composta unicamente pelos arrebatados) se assenta nos tronos do juízo para julgar os que sobraram vivos das nações e, somente então, os salvos na Grande Tribulação, que foram degolados por terem recusado a marca da besta, ressuscitarão para participar do Reino Milenar de Cristo. Importante também frisar que a ressurreição dos salvos na Grande Tribulação é aquela que a Bíblia chama de “a primeira ressurreição”. E mais importante ainda se falar que estes salvos, apesar de não fazerem parte da Esposa de Jesus Cristo, são declarados no cap. 20 versículo 6 como bem-aventurados e lhes é prometido que serão sacerdotes do Senhor e reinarão com Ele no seu Reino Milenar.  Eis o texto:

“E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão.

Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos.

E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.

E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas DAQUELES QUE FORAM DEGOLADOS PELO TESTEMUNHO DE JESUS, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e VIVERAM (RESSUSCITARAM), E REINARAM COM CRISTO DURANTE MIL ANOS.

Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. ESTA É A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO.

Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; MAS SERÃO SACERDOTES DE DEUS E DE CRISTO, E REINARÃO COM ELE MIL ANOS.”   Apocalipse 20:1-6

Amados, conforme estudamos, pausadamente, acima, nos capítulos 19 e 20 do Livro do Apocalipse, os salvos que forem mortos na Grande Tribulação não farão parte da Esposa de Jesus Cristo, pois ela já estará pronta (completa) em Apocalipse 19:7 antes de Jesus Cristo voltar à Terra; ao passo que aqueles salvos mortos na Grande Tribulação somente ressuscitarão em Apocalipse 20:4, ou seja, em momento posterior à volta de Jesus Cristo e sua Esposa à Terra, já terminada a Grande Tribulação, tendo já o Anticristo sido lançado no lago de fogo, assim como terá já sido destruído todos os seus exércitos na  batalha do Armagedom.

Outra passagem fundamental para explicar que os que ficarem não farão parte da Esposa de Jesus se encontra na importantíssima parábola das dez virgens (Mt 25:1-12). Eis os versículos 6-12:

“6. Mas, à meia-noite, ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo! Saí-lhe ao encontro!

7.  Então, todas aquelas virgens se levantaram e prepararam as suas lâmpadas.

8. E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam.

9. Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós; ide, antes, aos que o vendem e comprai-o para vós.

10 E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.

11. E, depois, chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, senhor, abre-nos a porta!

12. E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço.”

Observem amados que, quando o Esposo vier à meia-noite para recolher (arrebatar) as virgens para as bodas, somente as prudentes serão recolhidas, as loucas serão deixadas para trás. O TEXTO É MUITÍSSIMO CLARO, POIS QUANDO É DITO QUE “FECHOU-SE A PORTA”, A BÍBLIA ESTÁ SE REFERINDO QUE A PORTA PARA AQUELES QUE DESEJAREM FAZER PARTE DA ESPOSA DE JESUS CRISTO REALMENTE FECHARÁ COM O ARREBATAMENTO, POIS, OS QUE FICAREM, MESMO OS QUE FOREM MORTOS E SALVOS NA GRANDE TRIBULAÇÃO, NUNCA FARÃO PARTE DA ESPOSA DE JESUS CRISTO. O tratamento para as prudentes será sempre muito especial, pois somente estas farão parte da Esposa de Jesus Cristo.

Assim sendo, é importante frisar que a glória dos arrebatados será incomparavelmente maior, pois fazem parte, com exclusividade, da Esposa de Jesus Cristo. Para os arrebatados estão reservados: a) a prerrogativa de se sentar no trono do Senhor Jesus (Ap 3:21); b) a glória de ser coluna no templo do Deus Todo-Poderoso (Ap 3:12); c) o poder de reger as nações com vara de ferro (Ap 2:26-27); e d) uma grande honra: a de receber um novo nome escrito em uma pedra branca (Ap 2:17), pois tal qual, em algumas nações, por ocasião das bodas, a esposa recebe o sobrenome de seu marido; a Esposa de Jesus também receberá, em seu nome, o nome de seu Esposo, o Senhor Jesus Cristo, por ocasião das Bodas do Cordeiro, gerando um novo nome que será registrado oficialmente em uma pedra brancaAmados será coisa muito linda!!!

Quanto aos salvos mortos na Grande Tribulação, estes, apesar de salvos, terão bem menor galardão, pois a eles estão reservados apenas alguns benefícios, tais como: a) não receberão o dano da segunda morte (Ap 20:6); b) estarão diante do trono (Ap 7:15) e não sentados no trono como a Esposa estará; c) estarão debaixo do altar (Ap 6:9); d) no milênio, serão sacerdotes de Cristo servindo no templo (Ap 20:6), enquanto a Esposa estará regendo as nações do trono do Senhor.

CONSIDERAÇÕES FINAIS: A JUSTIÇA DO SENHOR JESUS CRISTO

Amados, acima está explicado o plano do Senhor para os arrebatados e para os que ficarem para a Grande Tribulação tendo por fonte exclusiva as Escrituras Sagradas. Para que sejam salvos, o Senhor Jesus Cristo exigirá dos que ficarem que resistam até a morte aos enganos do sistema anticristão. Sem derramamento de seu próprio sangue, os que ficarem não conseguirão ser salvos: esta é a regra do Apocalipse. Esta regra, entretanto, possui algumas exceções: 

a) o remanescente de Israel que será escondido e alimentado pelo Senhor no deserto durante a segunda metade da Grande Tribulação (Ap 12:6), sendo, ao final da mesma, salvo pelo Senhor da ira das nações e reinos anticristãos (Zc cap. 14); 

b) os 144.000 judeus que serão selados pelo Senhor para escaparem dos juízos da tribulação e ministrarem a Palavra do Senhor durante este tenebroso período (Ap 7:2-8); 

c) assim como as duas testemunhas (provavelmente Moisés e Elias) que ministrarão na primeira metade da Grande Tribulação (Ap 11:2-6); e 

d) os poucos não judeus que restarem das nações ao final da Grande Tribulação, os quais o Senhor diz que serão mais raros do que o ouro fino de Ofir de tão poucos que serão (Is 13:12), os quais não receberão a marca da besta e, mesmo assim, escaparão da morte, sendo que estes poucos ainda terão de se submeter, logo depois da Grande Tribulação, ao julgamento a ser realizado pelo Senhor Jesus e pela sua Esposa que os separarão em dois grupos: os bodes e as ovelhas (Mt 25:31-46), de modo que os bodes, mesmo tendo escapado da Grande Tribulação serão condenados pelo Senhor Jesus ao tormento eterno (Mt 25:46) por não terem ajudado os israelitas (os pequeninos irmãos de Jesus (Mt 25: 40 e 45) durante a perseguição pelo Anticristo na Grande Tribulação, ao passo que os que forem ovelhas, por terem ajudado os israelitas durante a Grande Tribulação, conquistarão a vida eterna (Mt 25:46).       

Amados, considerando que parte das exceções são para os israelitas e levando em conta que os que sobrarem das nações serão mais raros do que o ouro fino de Ofir (e mesmo assim estes muito poucos ainda terão de passar pelo julgamento das nações), passemos, agora, ao entendimento da Justiça de Jesus Cristo para a quase totalidade dos gentios (não judeus). A regra do juízo nas Escrituras é muito simples e está definida no Livro de Hebreus 9:27:

“E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo”.    Hebreus 9:27
     
Como vimos, a regra é clara: as pessoas somente serão julgadas após sua morte.É importante frisar que o Sangue de Jesus no Calvário é o Selo do Testamento Eterno e serve para esta e todas as dispensações futuras: o Sacrifício de Jesus é ÚNICO e PARA SEMPRE. Assim, se, depois do Arrebatamento, os que ficarem para trás forem considerados condenados de antemão, ainda vivos, sem nenhuma outra oportunidade, então eles estariam sendo “injustiçados”, à luz da Justiça divina, pois estariam sendo condenados antes de suas respectivas mortes, ou seja, teriam seus juízos antecipados, ao contrário de toda a humanidade desde Adão. Daí porque o Livro do Apocalipse registra em diversas passagens a salvação dos mortos que recusarem a marca da besta na Grande Tribulação, pois, desta forma, o juízo destas pessoas será literalmente após suas mortes, sem alteração da regra de Hb 9:27. E no caso desses mártires, o juízo, após suas mortes, será para salvação, pois a regra do Apocalipse é clara: Se entregarem suas vidas em obediência à Palavra de Deus, serão salvos após seu martírio. Uma salvação bem menos honrosa do que a da Esposa de Jesus.  

O Senhor é perfeito: de um lado, manteve a regra do juízo logo depois da morte prevista em Hb 9:27 para os fiéis que forem mortos na Grande Tribulação; e de outro, preservou a composição da Esposa de Jesus Cristo exclusivamente com aqueles que serão arrebatados, pois estes terão prerrogativas que somente a Esposa do Senhor terá. Glórias e honras ao Senhor Jesus Cristo. 

Amados, grande é a nossa responsabilidade nos dias atuais. Em nenhum outro tempo, os profetas do Senhor ministraram para dois povos que terão caminhos tão diferentes para terem seu encontro com o Senhor.

1)      Um povo é formado pelos que serão arrebatados, os quais formarão a Esposa de Jesus Cristo: estes estão se santificando cada vez mais, em obediência à ordem dada pelo próprio Jesus:

“Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda.”
Apocalipse 22:11

2)    O outro povo é formado pelos que ficarão para trás, os quais não se prepararam para fazer parte da Esposa de Jesus. Estes terão muitas dificuldades na Grande Tribulação, principalmente porque a Bíblia somente poderá ser lida clandestinamente, devido à perseguição desencadeada pelo Falso Profeta e pelo Anticristo. É importantíssimo que eles saibam que haverá ainda uma pequena oportunidade na Grande Tribulação, desde que eles resistam até a morte sem negar o Senhor Jesus e sem aceitar a marca da besta (que provavelmente será um biochip a ser implantado na mão direita ou na testa para que as pessoas somente possam comprar ou vender se tiverem esta marca, de acordo com Ap 13:16-17).

Irmãos, se não for pregada esta verdade sobre a salvação para os que ficarem, muitas dessas pessoas vão, sem resistência, aceitar seguir o Anticristo, exatamente porque não ouviram a verdade sobre esta segunda chance depois do Arrebatamento. Certamente, o sangue destas pessoas será cobrado de quem pôde pregar, mas não pregou esta Palavra, e também de quem até enganou as pessoas dizendo que não haveria mais oportunidade depois do Arrebatamento, fazendo, na verdade, a vontade de Satanás que, assim, nem precisará fazer esforço para implantar a marca da besta nessas pessoas, pois elas, enganadas, vão aceitar seguir o Anticristo por pensarem que não têm mais esperança de salvação.

Severo será o juízo para todos aqueles que negarem que há salvação para os que ficarem para a Grande Tribulação, pois, na verdade, estarão entregando estas almas sem esperança “de bandeja” para Satanás que, durante a Grande Tribulação, só vai ter o “trabalhinho” de “confirmar” esta mentira, dizendo que não tem mais jeito para eles durante a Grande Tribulação (quando, na verdade, Jesus Cristo deixou totalmente claro em diversas passagens do Livro do Apocalipse que, para os que ficarem, ainda haverá uma última oportunidade se O glorificarem, entregando suas vidas para serem mortos, rejeitando as ofertas do Falso Profeta e do Anticristo).

Amados, lembremo-nos que nós, como parte da futura Esposa de Jesus Cristo, fazemos parte do Exército de Jesus Cristo (Ap 19:14), razão pela qual temos um inimigo a combater. O combate é feito usando a Palavra de Deus. Jesus venceu Satanás no deserto usandoUNICAMENTE a Palavra de Deus, sempre declarando “está escrito” (Mt 4:4,7 e 10). Irmãos, ao pregarmos fielmente o que está escrito na Palavra Profética, estaremos tanto arrancando almas das garras de Satanás agora para o Arrebatamento, como também, nossas mensagens deixadas (já que não estaremos mais aqui) arrancarão almas das garras de Satanás durante a Grande Tribulação. Isto é o que Jesus Cristo, como nosso Rei, deseja de nós: que demos fruto e que o nosso fruto permaneçaEste é o fruto que permanece: a Palavra plantada agora e irá alcançar inclusive os que ficarem para a Grande Tribulação para que tenham coragem de resistir ao Anticristo. Eis o texto de Jesus Cristo:

“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.”   João 15:16

Amados, façamos a nossa parte divulgando este importante estudo para que nosso fruto permaneça. Durante a Grande Tribulação (quando aqui não estivermos mais), o Senhor Jesus Cristo se encarregará de fazer com que nossas palavras escritas, totalmente baseadas nas Escrituras, cheguem às mãos daqueles que Ele escolherá para O glorificarem com sua própria morte, arrancando-os das garras do Anticristo, pois Poderoso é o Senhor que deixou registradas todas estas palavras no Livro do Apocalipse.

Obs.: Vale aqui uma observação muito importante, bom seria que todos estejam preparados para o Arrebatamento hoje, porque nunca se sabe qual vai ser o nosso último minuto de vida, se você não está preparado para o Arrebatamento, se não aceitou o Senhor Jesus como seu Único e Legítimo Salvador, e morrer agora, então não terá a chance de se salvar na Grande Tribulação, esse é um grande perigo para perder a salvação eterna. Pense nisso e se volte para o Senhor Jesus agora, porque no minuto seguinte poderá ser tarde demais.

Que Deus os abençoe          

      Antonio Calil